A Vigilância Sanitária Estadual interditou nesta quarta-feira (28) uma farmácia que vendia medicamentos do Sistema Único de Saúde (SUS) em Bandeirantes, no Norte Pioneiro. A interdição ocorreu após a Polícia Federal apreender medicamentos de venda proibida na terça-feira (27).

A resolução 166/2011 – assinada pelo secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, no dia 6 de julho – prevê que o estabelecimento seja fechado enquanto a investigação é feita pela polícia. “Comercializar medicamento de distribuição gratuita é crime. Por isso, determinamos que as vigilâncias interditem o estabelecimento”, enfatizou o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz. Se ao final da investigação for comprovada a responsabilidade do estabelecimento, poderá haver a cassação definitiva da licença sanitária.

Na farmácia ForteFarma foram apreendidas 50 cartelas de Pratiprazol, que estava sendo vendido a R$ 13,99. O medicamento é utilizado no tratamento de úlceras, esofagite de refluxo e hiperacidez gástrica, entre outros.

Em entrevista coletiva, o delegado da Polícia Federal Elvis Secco informou que a investigação foi iniciada a partir de uma denúncia. Um cidadão comprou o remédio e percebeu que na cartela estava escrito “Proibida a venda ao comércio”. A denúncia foi enviada por e-mail junto com a nota fiscal do medicamento.

De acordo com a investigação, os lotes apreendidos coincidem com os adquiridos através de licitação pelo Consórcio Paraná Saúde. O consórcio faz a compra destes medicamentos e distribui para as regionais e municípios. A Polícia Federal ainda investiga onde ocorreu o desvio do medicamento e se o responsável trabalha na regional de saúde ou na Prefeitura de Bandeirantes.

O farmacêutico responsável pela venda pode responder pelo crime de receptor qualificado, com pena de 3 a 8 anos de prisão. O dono da farmácia também será interrogado pela Polícia Federal.

MEDICAMENTOS GRATUITOS – Os medicamentos distribuídos pelo Sistema Único de Saúde nas unidades de saúde, hospitais públicos e farmácias especiais são gratuitos e de forma alguma poderão ser comercializados. Todos os medicamentos do SUS possuem a frase “Proibida a venda ao comércio”. As denúncias de venda de medicamentos deste tipo podem ser feitas através da ouvidoria estadual:

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.