O Governo do Estado vai executar serviços de conservação e recuperação de rodovias nas regiões de Londrina, Ponta Grossa e Cascavel. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) está liberando sete novas ordens de serviço para os trabalhos, nos quais o governo aplicará R$ 202,2 milhões. As obras começam nos próximos dias e devem durar dois anos.

Na região de Londrina, as obras visam melhorar o estado do pavimento das estradas. São duas ordens de serviço, uma no valor de R$ 62.046.339,11 e outra no valor de R$ 30.801.469,42. O primeiro grupo de obras inclui operações tapa-buraco e recuperação de pista, além de drenagem de pavimento e selagem de trincas. Também estão previstas sinalização provisória e ações para melhorar a segurança do usuário. Os trechos descontínuos das rodovias estaduais serão definidos conforme prioridade de tráfego e condições da pista.

Os serviços do Grupo 2 contemplam melhorias no nível de conforto das rodovias, com intervenções visando aumentar a durabilidade do pavimento. Para tanto serão utilizados microrrevestimento asfáltico e outros materiais de conservação e recuperação de rodovias. Os trabalhos de restauro na malha estadual da região de Londrina estão previstos para este mês e se estendem ao longo dos próximos dois anos.

PONTA GROSSA – Na região de Ponta Grossa serão aplicados R$ 5.254.178,47 na execução de reparos superficiais e profundos. Para tanto, serão feitos serviços em seguimentos descontínuos de rodovias regionais, numa extensão de 332,3 quilômetros, cujo estado do pavimento esteja de regular a péssimo. O DER vai fazer trabalhos de drenagem.

Também para as estradas estaduais localizados na região dos Campos Gerais foi emitida ordem de serviço que contempla outros 444,2 quilômetros de serviços de conservação rodoviária de pavimentos. O investimento do Governo do Estado será de R$ 16.614.554,27. Ambas as operações na região de Ponta Grossa estão previstas para iniciar este mês e se estendem ao longo dos próximos dois anos.

CASCAVEL – As intervenções na região de Cascavel também visam melhorar o estado do pavimento. O governo destinará R$ 53.353.152,06 para as obras, divididas em dois grupos, com prioridade para pistas de rolamento com maior volume médio de tráfego.

Serão feitas operações tapa-buracos, drenagem e selagem de trincas. Também estão previstas sinalização provisória e outras ações para melhorar a segurança do usuário (Grupo 1). Serão ainda realizadas melhorias no nível de conforto das rodovias e ações para melhorar a durabilidade do pavimento (Grupo 2). Os trabalhos de restauro estão previstos para este mês e se estendem ao longo dos próximos dois anos.

Ainda para a região de Cascavel foi assinada ordem de serviço no valor de R$ 14.521.189,41, que autoriza a execução de reparos superficiais e profundos, em seguimentos descontínuos de rodovias locais, numa extensão de 494,44 quilômetros, cujo estado do pavimento esteja de regular a péssimo. O DER também vai fazer trabalhos de drenagem.

Os mesmos serviços, também para a região Oeste, foram autorizados em ordem de serviço para conservação rodoviária de outros 475,5 quilômetros. Esse pacote representa um aporte de R$ 19.734.668,31 e terá a duração de dois anos.

Todas as seis ordens de serviço integram o esforço concentrado do Governo do Estado para recuperar as rodovias estaduais paranaenses constantes no plano de R$ 840 milhões denominado Programa Estadual de Recuperação e Conservação de Estradas (PERC), anunciado pelo governador Beto Richa no primeiro semestre de 2012, e que é administrado pela Secretaria de Infraestrutura e Logística e DER.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.