O secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, assinou uma resolução que cria o Programa Estadual de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos. O objetivo é regular e fiscalizar o uso dessas substâncias na produção de alimentos, já que o consumo de produtos com resíduos de agrotóxicos pode ser nocivo à saúde.

Caputo Neto alerta que, para evitar possíveis intoxicações, é necessário um monitoramento constante dos processos de produção. O programa, destaca o secretário, preza pela segurança alimentar da população.

“Serão coletadas amostras de alimentos em todo o Paraná e enviadas para análise no Laboratório Central do Estado”, explica. Posteriormente, outros laboratórios deverão ser credenciados para realização das análises. A coleta de amostras no comércio será feita por meio de parcerias entre a Secretaria de Estado da Saúde e as prefeituras.

Inicialmente o programa vai orientar produtores, comerciantes e consumidores sobre os riscos do manuseio de agrotóxicos e do consumo de alimentos com níveis elevados de contaminação.

De acordo com o coordenador do programa e chefe do departamento de Vigilância Sanitária, Paulo Costa Santana, a fiscalização no comércio ficará a cargo das equipes municipais de vigilância sanitária, que farão o rastreamento dos produtores. “Se o comércio não possuir um documento que ateste a origem do produto, o estabelecimento será autuado e estará sujeito às sanções vigentes”, alerta.

Santana também ressalta que os alimentos hortifrutigranjeiros serão o foco principal das fiscalizações, pois apresentam os maiores índices de intoxicações por agrotóxicos.

No caso da comprovação da existência de resíduos de agrotóxicos em níveis elevados ou substâncias proibidas pela Anvisa nas amostras, o produtor será notificado pela Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná e os produtos serão retirados imediatamente do mercado.

AEN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.