A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

O empresário João Djalma Prestes Júnior, viu “com bons olhos” a Lei Antidrogas sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, que permite a internação de dependentes químicos sem consentimento. A maioria é morador de rua que pratica delitos para manter o vício, afirma a entidade.

A nova lei, com diretrizes para o Sisnad (Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas), foi publicada na edição desta quinta-feira (6) do Diário Oficial da União (DOU). “A maioria dos moradores de rua de Curitiba são drogados que as famílias abandonaram. Vivem ao léu praticando furtos”, lembra João Djalma Prestes Júnior.

A partir da nova lei, usuários de drogas poderão ser levados para centros de tratamento contra a própria vontade com anuência de um médico. Ela pode acontecer a pedido de familiar, do responsável legal ou de servidor público da área de saúde ou do Sisnad.

Reincidentes
“A maioria dos furtos e arrombamentos, que estão sendo praticados em estabelecimentos da nossa categoria de comércio, envolve pessoas nestas condições de dependência”, diz. O empresário informa que existe farto material em vídeo comprovando a ligação.

“Muitos dependentes agem como mendigos e usam isso para roubar desde luminárias, cabos e outras coisas para trocar por drogas, que os mantém no vício”, completou João Djalma Prestes Júnior. A internação involuntária será realizada somente após aprovação médica e “perdurará apenas pelo tempo necessário à desintoxicação, no prazo máximo de 90 dias”.

O MP (Ministério Público) e a Defensoria Pública deverão ser informados da internação em até 72 horas. A família ou o representante legal poderão, a qualquer momento, requerer ao médico a interrupção do tratamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.