Mares desconhecidos

Assim como o então deputado federal André Vargas tornou-se um símbolo para os petistas ao afrontar, com o punho erguido no ar, o então presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa em uma solenidade no Congresso, transformou-se também em um símbolo ao ir para a cadeia na manhã de ontem…

Risco para famílias endividadas

A proposta que aumentou para 50% o limite de empréstimos com desconto em folha, aprovada na Câmara, foi incluída numa medida provisória após pressão de bancos. Especialistas temem mais endividamento das famílias…

————————————————————————————

O Globo

Manchete : Lava-Jato chega à Caixa e ao Ministério da Saúde

Três ex-deputados são presos, entre eles André Vargas (ex -PT)

Pedro Corrêa (PP), que cumpria pena em regime semiaberto pelo mensalão do PT , e Argôlo (SD) também foram levados para a PF em Curitiba

Em nova etapa da Lava-Jato, a PF prendeu ontem sete pessoas, entre elas três ex-deputados federais: o ex-vice- presidente da Câmara André Vargas, que era do PT e teve o mandato cassado por ligação com o doleiro Youssef, Luiz Argôlo (SD-PE) e Pedro Corrêa (PP-PE), condenado no mensalão do PT. Os três são acusados de envolvimento em esquema de corrupção que, além da Petrobras, desviou recursos da Caixa Econômica Federal e do Ministério da Saúde. Vargas, que teve um irmão também preso ontem, foi preso em sua casa em Londrina (PR), confiscada pela Justiça. (Págs. 3, 4, 5 e Merval Pereira)

Operação Zelotes terá nova fase, com mais envolvidos (Pág. 27)

Obama: sem interferência nos vizinhos

Para presidente, acabou época em que EUA impunham sua agenda

O presidente Barack Obama disse ontem na Cúpula das Américas, no Panamá, que acabou o tempo em que os Estados Unidos interferiam impunemente no continente para impor sua agenda. Ele deve se reunir hoje com o cubano Raúl Castro e também com a presidente Dilma Rousseff. O governo brasileiro afirmou não esperar um pedido de desculpas pela espionagem à presidente. (Págs. 35 e 36)

Risco para famílias endividadas

A proposta que aumentou para 50% o limite de empréstimos com desconto em folha, aprovada na Câmara, foi incluída numa medida provisória após pressão de bancos. Especialistas temem mais endividamento das famílias. (Pág. 25)

União ‘não dará as costas’ a estados

Os estados não conseguiram acordo para pôr fim à guerra fiscal. Mas a Fazenda discute compensações para quem perder na reforma do ICMS. “A União não virará as costas aos estados”, disse o ministro Levy. (Pág. 29 e Míriam Leitão)

No Rio, máfia alicia chineses

O Ministério Público do Trabalho investiga máfia que alicia chineses para trabalho escravo. Uma das vítimas, com sinais de violência, estava presa em pastelaria. No local, havia carne de cão congelada. (Pág. 12)

Ilimar Franco

Crise de partidos e de líderes

Analistas, equidistantes da paixão política, avaliam que os atos de rua, via meios digitais, mudaram a lógica da ação popular. Afirmam que os eleitores não precisam mais de líderes formais ou de organizações partidárias para defender seus interesses coletivos. E que, desse drama, ninguém escapa. Consideram que as redes sociais tiraram o PT do ar e que o PSDB não conseguiu entrar em sua órbita. (Pág. 2)

Jorge Bastos Moreno

MICHEL TEMER NÃO PISA NA GRAMA

Certa vez, durante um jantar em Brasília, Michel Temer, que se encontrava na varanda da casa, foi chamado pelo colega Luís Eduardo Magalhães, que fumava no jardim. Ele só atendeu ao chamado do amigo depois de pedir licença ao dono da casa para poder pisar na grama do jardim, pois não havia outro caminho alternativo. — Com esse excesso de delicadeza, você não poderá ser presidente da Câmara! — brincou o colega. Errou Luís Eduardo. Michel Temer foi presidente da Câmara por dois mandatos. Investido agora de novas missões republicanas, o que amplia o seu poder dentro do governo, Michel enfrenta a genialidade do Chico Caruso, mostrando em charges memoráveis a sua ascensão política. Acreditem! Ele anda visivelmente constrangido pela obra em série do artista , achando que isso possa, de certa for ma, constranger também a presidente, a quem é fiel por dever constitucional e princípio moral. (Pág. 3)

Merval Pereira

Mares desconhecidos

Assim como o então deputado federal André Vargas tornou-se um símbolo para os petistas ao afrontar, com o punho erguido no ar, o então presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa em uma solenidade no Congresso, transformou-se também em um símbolo ao ir para a cadeia na manhã de ontem. (Pág. 4)

Míriam Leitão

Pezão: falta diálogo

O mais amigável dos peemedebistas acha que a presidente Dilma não conversa com os aliados, e o PT não sabe dividir o poder . Assim, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, explica a atual crise política do Governo Federal. Ele diz que se identifica com a presidente, mas afirmou que vem dizendo a ela, desde a eleição, que “política é a arte de conversar”. (Pág. 26)

Editorial

Pedaladas fiscais prejudicam meta de superávit

Auditoria feita pelo Ministério Público no âmbito do TCU aponta para a postergação de bilhões em gastos, a fim de maquiar contas, o que começa a prejudicar o ajuste (Pág. 22)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Lava-Jato prende ex-deputados e apura fraudes na Saúde e na Caixa

Contratos de publicidade suspeitos levaram André Vargas (sem partido-PR) à prisão. Luiz Argôlo (SD-BA) e Pedro Corrêa (PP-PE) teriam recebido propina. (Notícias | 10 e 11)

Raúl Castro e Obama de encontram

Presidentes de Cuba e dos EUA, que anunciaram histórica reaproximação, trocaram aperto de mãos no Panamá. (Notícias | 18)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : PF prende ex-deputados na Lava Jato

Nova fase da operação leva à prisão dois políticos e investiga contratos de publicidade na Caixa e no Ministério da Saúde

Mais de um ano depois do início da Operação Lava Jato, a Polícia Federal levou à prisão nesta sexta-feira (10), pela primeira vez, políticos suspeitos de envolvimento em esquema de corrupção. Foram detidos na 11ª fase da operação os ex-deputados federais André Vargas (ex-PT, hoje sem partido), Luiz Argôlo (ex-PP, hoje Solidariedade-BA) e mais quatro pessoas ligadas a eles. Os políticos só puderam ser presos pela 1ª instância porque não têm mandato. Houve ainda ordem de prisão contra o ex-deputado Pedro Corrêa (PP), já preso em Pernambuco pelo mensalão. A nova etapa extrapola a Petrobras e estende a investigação à Caixa Econômica Federal e ao Ministério da Saúde, onde os supostos desvios eram feitos a partir de contratos de publicidade. Segundo a PF, 10% do valor dos negócios com a agência Borghi/Lowe eram desviados para empresas de fachada de Vargas e de seu irmão, também preso, a fim de obter vantagens. O advogado de Vargas disse que não há denúncia contra o político. A Caixa e o Ministério da Saúde informam que farão investigação. Os defensores dos demais não foram localizados. (Poder a4)

Juiz Moro lamenta ‘longevidade’ de políticos criminosos (Poder a8)

Para investigadores, suspeito usou pais para receber propina (Poder a6)

Consumo de itens da cesta básica cai no 1º bimestre

A crise econômica e o avanço da inflação já afetam o consumo de itens da cesta básica. Segundo pesquisa, no primeiro bimestre, produtos como farinha de trigo (-6,6%) e peixe enlatado (-3,6%) foram menos comprados em relação ao mesmo período de 2014. (Mercado 1 b1)

Diplomata sofre suspensão de 20 dias por fuga de político boliviano (Mundo A20)

Obama e Castro devem ter hoje reunião histórica

A Cúpula das Américas, no Panamá, deve promover hoje (11) encontro entre Barack Obama e Raúl Castro. Será a primeira reunião formal entre líderes de EUA e Cuba desde a quebra das relações dos países em 1961. A reaproximação foi iniciada em dezembro. (Mundo a14)

Solo úmido ajuda a encher Cantareira mesmo com chuva abaixo do esperado (Cotidiano 2 pág. 4)

Editoriais

Leia “Baderna e confissão”, a respeito de CPI da Petrobras, e “Não existe sacola grátis”, sobre regra para uso de embalagens plásticas em São Paulo. (Opinião A2)

————————————————————————————

EBC

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.