Um ‘motel’ na cadeia da Lava Jato
Suítes destinadas a visitas íntimas tinham camas de casal, paredes rosa, TV e luzes vermelhas na Cadeia Pública José Frederico Marques, no Rio, onde estão presos da Lava Jato. O Ministério Público vai investigar o caso. .
Futuro de 52% dos jovens do País está em risco, diz estudo
Relatório do Banco Mundial mostra que 25 milhões de brasileiros entre 19 e 25 anos não trabalham nem estudam ou frequentam a escola com atraso e estão vulneráveis à pobreza
Mais da metade dos jovens brasileiros entre 19 e 25 anos tem o futuro profissional ameaçado e, com isso, está mais vulnerável à pobreza. É o que mostra relatório do Banco Mundial, divulgado ontem. O documento inclui entre os 25 milhões de pessoas em risco de ficar fora do circuito de bons empregos os 11 milhões de “nem-nem”, aqueles que nem trabalham nem estudam; os que frequentam a escola, mas com atraso na formação, e os que trabalham na informalidade…
———————————————————————–

O Globo

Manchete: País leva 52% de seus jovens à exclusão do mercado
Maioria está destinada ao subemprego
Pesquisa do Bird mostra que ensino no Brasil é precário e distante do setor produtivo
Pesquisa do Banco Mundial (Bird) mostra que a educação falha e desconectada das necessidades do setor produtivo é a principal razão para que 52,2% dos jovens entre 15 e 29 anos percam o interesse pelo estudo, correndo o risco de não se inserirem no mercado formal de trabalho. De acordo com o Bird, esses jovens deixam a escola e não conseguem voltar, ou optam por conciliar estudos com trabalho informal, ou são afetados pela defasagem idade/série. (PÁGINA 17)

Obstáculos no caminho da segurança
Interventor quer usar dinheiro recuperado pela Lava-Jato
Espécie de cobaia na intervenção, a Vila Kennedy foi alvo da quarta operação das Força Armadas, sem efeitos imediatos. Em nenhuma das incursões houve apreensão de armas. Mesmo assim, especialistas apoiam a estratégia. O interventor, general Braga Netto, pedirá hoje ao juiz Marcelo Bretas que o dinheiro recuperado do esquema de corrupção de Sérgio Cabral seja destinado à área de segurança. Na Cidade de Deus, garis da Comlurb colocaram de volta as barricadas do tráfico, após retirá-las para que pudessem ter acesso à favela. (PÁGINAS 8, 9 e 10)

Um motel aconchegante na cadeia em Benfica
O MP estadual investiga a origem de seis suítes para visitas íntimas na cadeia de Benfica. Dois presos da Lava-Jato tinham autorização para usar os quartos. (PÁGINA 3)

Bendine é condenado a 11 anos de prisão
O juiz Sergio Moro condenou Aldemir Bendini, ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil, a 11 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. (PÁGINA 4)

Fálcon critica abstenção na eleição da Venezuela
Ex-chavista e ex-integrante do Mesa de Unidade Democrática (MUD), Henri Fálcon, candidato do Partido Progressista à Presidência da Venezuela, diz que abstenção favorece Maduro. (PÁGINA 22)

Negras têm menos chance de ocupar cargo de chefia
Estudo do IBGE mostra queda na ocupação de postos gerenciais por mulheres de 2012 a 2016. Mas negras perderam mais cargos que brancas: 4,7 contra 1,2 pontos percentuais. (PÁGINA 25)

FLÁVIA OLIVEIRA
Mulheres precisam derrubar barreiras ao empreendedorismo. (PÁGINA 25)

Penas mais severas
A Câmara aprovou projeto de lei que torna mais duras as penas por estupro coletivo e tipifica como crime a divulgação de cenas do ato. O projeto irá ao Senado. (PÁGINA 26)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Futuro de 52% dos jovens do País está em risco, diz estudo
Relatório do Banco Mundial mostra que 25 milhões de brasileiros entre 19 e 25 anos não trabalham nem estudam ou frequentam a escola com atraso e estão vulneráveis à pobreza
Mais da metade dos jovens brasileiros entre 19 e 25 anos tem o futuro profissional ameaçado e, com isso, está mais vulnerável à pobreza. É o que mostra relatório do Banco Mundial, divulgado ontem. O documento inclui entre os 25 milhões de pessoas em risco de ficar fora do circuito de bons empregos os 11 milhões de “nem-nem”, aqueles que nem trabalham nem estudam; os que frequentam a escola, mas com atraso na formação, e os que trabalham na informalidade. Além do futuro dos jovens, o problema coloca em risco o crescimento da economia, porque o País vai depender do trabalho deles para continuar produzindo. O relatório lista medidas que podem ser adotadas para reverter a situação: elas vão desde programas para reduzir a gravidez na adolescência até a criação de um piso salarial menor para incentivar o primeiro emprego. O estudo do Banco Mundial também aponta que 6 milhões de brasileiros poderiam sair da linha da pobreza e o Produto Interno Bruto (PIB) teria um incremento de 1% se o País abrisse mais a economia e incentivasse a realização de reformas. (ECONOMIA / PÁGS. B1, B3 e B4)

União tem R$ 37 bi em ‘restos a pagar’ a prefeituras
Os municípios brasileiros têm hoje R$ 37,1 bilhões de despesas comprometidas no Orçamento do governo federal, mostra estudo da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), obtido pelo Estado. São os chamados “restos a pagar”, valores empenhados e não liquidados. Prefeitos reclamam que a situação leva a quadro generalizado de obras inacabadas no País. (ECONOMIA / PÁG. B6)

Senado libera oferta de voos de Brasil e EUA
O Senado aprovou acordo de céus abertos entre Brasil e EUA, tema que divide as companhias aéreas brasileiras. A medida, que libera a oferta de voos entre os dois países, era demanda da Latam para operar com a American Airlines. (ECONOMIA / PÁG. B27)

DEM lança Rodrigo Maia ao Planalto (POLÍTICA / PÁG. A4)

Um ‘motel’ na cadeia da Lava Jato
Suítes destinadas a visitas íntimas tinham camas de casal, paredes rosa, TV e luzes vermelhas na Cadeia Pública José Frederico Marques, no Rio, onde estão presos da Lava Jato. O Ministério Público vai investigar o caso. (POLÍTICA / PÁG. A12)

Celso Ming
A encrenca do preço da gasolina não está no custo do refino e na margem dos postos, mas na carga tributária. (ECONOMIA / PÁG. B2)

Notas & Informações
Washington, capital dos riscos
Duas ameaças à economia mundial partem da Casa Branca e do Congresso dos EUA: a guerra comercial, com as barreiras tarifárias, e o afrouxamento de regras bancárias. (PÁG. A3)

Um grande avanço ambiental
Temer cria duas gigantescas áreas de proteção marinha. (PÁG. A3)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Salário desigual entre mulheres e homens reduz PIB, diz estudo
Renda per capita nas cidades deixa de subir 1,5% a cada 10% de aumento na diferença entre remunerações
A discriminação contra a mulher no mercado de trabalho reduz a atividade econômica, mostra estudo sobre o período de 2007 a 2014. Segundo a pesquisa, cada 10% de aumento na diferença entre salários de homens e mulheres —que tenha relação com o preconceito de gênero— reduz em cerca de 1,5% a expansão do PIB (Produto Interno Bruto) per capita dos municípios. Entre as capitais, a maior diferença no ano inicial do levantamento ocorria em Curitiba: o sexo do trabalhador explicava 28% da distância entre remunerações. São Paulo exibia o terceiro pior indicador, 23%. Se a capital paulista tivesse, em 2007, a mesma taxa de Florianópolis (15,4%), a renda média anual dos paulistanos subiria de R$ 52.797 para R$ 53.258 em 2014. Para calcular a discriminação, o estatístico Rafael Ribeiro dos Santos utilizou a Rais, que reúne dados do mercado formal. Ele isolou o impacto de outros fatores que influenciam os salários. “A discriminação contra a mulher não é apenas questão de injustiça social. Também gera ineficiência econômica”, afirma Regina Madalozzo, que orientou Santos no Insper. (Mercado A13)

Moro condena Bendine por corrupção na Petrobras
Aldemir Bendine, ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil, foi condenado nesta quarta (7) pelo juiz Sergio Moro a 11 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele foi acusado de cobrar propina de R$ 3 milhões da Odebrecht em contratos da Petrobras. Bendine está preso desde julho de 2017. A defesa diz que não houve ato de corrupção e vai recorrer da decisão. (Poder A6)

Presidente rebate Barroso e diz ter acessado dados no site do STF (Poder A4)

Serei candidato até o fim, mesmo contra Temer, afirma Maia
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), afirmou que caso a candidatura de Michel Temer se concretize, disputará com ele até o fim. Em entrevista à Folha, Maia disse que não será garoto-propaganda do Planalto, mas também não esconderá acertos do governo. (Poder A8)

Pena maior para estupro coletivo passa na Câmara (Cotidiano B5)

EUA criam exceção a novas tarifas de importação de aço
Os EUA admitiram ontem que alguns países podem ser excluídos das tarifas de importação sobre aço e alumínio. O Brasil, segundo maior exportador de aço para o país, não foi listado entre as exceções. (Mercado A24)

Doria vai ressarcir Prefeitura de SP por segurança da PM (Cotidiano B3)

Editoriais
Leia “Lula e a loteria do STF” , acerca da situação jurídica do ex-presidente, e “Trapalhada de Doria” , sobre decreto que garante segurança de ex-prefeitos. (Opinião A2)

————————————————————————————

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.