Supremo julga hoje pedido de prisão de Aécio feito pela PGR
A 1.ª Turma do STF julga hoje os recursos contra a decisão do ministro Edson Fachin de afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) do cargo e o pedido de prisão do tucano feito pela Procuradoria-Geral da República. A defesa de Aécio solicitou que o Supremo devolva a ele as funções parlamentares. Considerado crucial nas decisões do Senado, o PMDB dá sinais de que não garantirá apoio ao tucano. …

Polícia Federal vê indícios de corrupção passiva de Temer
Base foram áudios de conversas do presidente com Rocha Loures; vídeo de mala com R$ 500 mil foi considerado
Em conclusão encaminhada ao STF, a Polícia Federal aponta indícios de corrupção passiva do presidente Michel Temer e de um de seus ex-assessores mais próximos, o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), no inquérito aberto com base na delação do empresário Joesley Batista, da JBS.


O Globo

Manchete: Para PF, houve corrupção no caso Temer e Loures
Policiais pedem mais prazo para investigar obstrução de Justiça
Conversas entre diretor da JBS e ex-deputado são apresentadas como prova; presidente entra com ação contra Joesley por calúnia e difamação e afirma, em vídeo, que ‘criminosos não sairão impunes’
Em relatório parcial enviado ao STF, a Polícia Federal conclui que o presidente Temer cometeu crime de corrupção passiva no caso investigado a partir da delação de Joesley Batista, dono da JBS. Entre as provas há duas conversas do diretor da JBS Ricardo Saud com o ex-deputado Rocha Loures, ex-assessor de Temer e que recebeu mala com R$ 500 mil. A PF pediu ao ministro Fachin mais cinco dias para concluir a parte do inquérito sobre obstrução de Justiça e finalizar perícia na gravação da conversa entre Temer e Joesley. O presidente entrou com ação contra o dono da JBS por calúnia e difamação. (Pág. 3)

Cunha: Joesley e Lula eram próximos
Em carta da prisão, o ex-deputado Eduardo Cunha disse que Joesley mentiu em entrevista à “Época” ao falar de Lula. Segundo ele, encontros de Joesley e Lula eram frequentes. (Pág. 4)

STF deve manter Aécio fora do Senado
O julgamento da Primeira Turma do STF sobre o pedido de prisão do senador afastado Aécio Neves, hoje, vai determinar o futuro do tucano. (Pág. 5)

Janot vai propor distinção do caixa 2
O procurador-geral, Rodrigo Janot, vai oferecer a suspensão condicional do processo a deputados e senadores que são acusados de usar, em campanhas eleitorais, o caixa dois não vinculado a atos de corrupção. O MPF considera diferentes os casos em que candidatos receberam doações não registradas sem oferecer contrapartidas aos doadores. Pelo menos 50 parlamentares poderão ser beneficiados. O STF decidirá amanhã se os ministros podem rever pontos específicos da homologação de delações premiadas, como a de Joesley Batista, dono da JBS. (Pág. 6)

Reforma deve elevar emprego
Estudo prevê que a reforma trabalhista permitirá a criação de 2,3 milhões de empregos. A pesquisa, do Santander, estima em R$ 37 bilhões o custo para os empresários, por ano, da rigidez na legislação. Analistas alertam, porém, que deve haver perdas para trabalhadores menos qualificados. (Pág. 17)

A marca Moreno
Artigo – Ali Kamel
“Moreno conseguia fazer de todo trabalho um prazer, conseguia um motivo para rir e fazer rir, sem que isso o impedisse de correr, e muito, atrás de furos.” (Pág. 8)

Colunistas
MERVAL PEREIRA
Distinguir caixa 2 e propina é separar o joio do trigo. (Pág. 4)

MÍRIAM LEITÃO
O autorretrato inverossímil de Joesley. (Pág. 18)

JOSÉ CASADO
Pressão sobre MP se estende a outros países. (Pág. 15)

LYDIA MEDEIROS
Ministros do STF podem mudar rumo da Lava-Jato. (Pág. 2)

GIL CASTELLO BRANCO
Lava-Jato torna mais arriscado ser corrupto. (Pág. 14)

ELIANE OLIVEIRA
Temer defenderá na Rússia exportações de Joesley. (Pág. 4)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Polícia Federal vê indícios de corrupção passiva de Temer
Base foram áudios de conversas do presidente com Rocha Loures; vídeo de mala com R$ 500 mil foi considerado
Em conclusão encaminhada ao STF, a Polícia Federal aponta indícios de corrupção passiva do presidente Michel Temer e de um de seus ex-assessores mais próximos, o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), no inquérito aberto com base na delação do empresário Joesley Batista, da JBS. A PF pediu mais cinco dias de prazo para encerrar a investigação sobre os crimes de organização criminosa e obstrução à Justiça porque o laudo final da perícia nos áudios gravados por Joesley não foi concluído. O ministro Edson Fachin, relator do caso e da Lava Jato no STF, deve se manifestar hoje. A conclusão ligada ao indício de corrupção teve como base laudo referente a duas conversas gravadas entre o executivo Ricardo Saud, da J&F, e Rocha Loures. Além disso, foi incluída análise do vídeo em que o ex-deputado é flagrado com uma mala contendo R$ 500 mil. (POLÍTICA / PÁG. A4)

Gilmar e Janot trocam farpas
O ministro do STF e presidente do TSE, Gilmar Mendes, disse que o País não pode “despencar para um modelo de Estado policial”. O procurador Rodrigo Janot afirmou que a instituição está “em guerra contra um inimigo sem face”. (PÁG. A6)

Supremo julga hoje pedido de prisão de Aécio feito pela PGR
A 1.ª Turma do STF julga hoje os recursos contra a decisão do ministro Edson Fachin de afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) do cargo e o pedido de prisão do tucano feito pela Procuradoria-Geral da República. A defesa de Aécio solicitou que o Supremo devolva a ele as funções parlamentares. Considerado crucial nas decisões do Senado, o PMDB dá sinais de que não garantirá apoio ao tucano. (POLÍTICA / PÁG. A8)

Cunha rebate Joesley e fala em reunião com Lula em 2016
O deputado cassado Eduardo Cunha contradisse ontem afirmação de Joesley Batista, da JBS. Em carta enviada de Curitiba, onde está preso, cita reunião com o empresário e com o ex-presidente Lula, em março de 2016, para discutir o impeachment de Dilma Rousseff. Em entrevista, Joesley disse que se encontrou com Lula em duas ocasiões, em 2006 e em 2013. (POLÍTICA / PÁG. A4)

Governo limita repasses de estatais para o Tesouro
O governo vai limitar a parcela dos ganhos das estatais enviada para o Tesouro Nacional. O BNDES será o primeiro da lista e poderá repassar até 60% do lucro líquido, seguido por BNDESPar, Banco do Brasil e Petrobrás. O objetivo é proteger o caixa das empresas e evitar volume de transferências que possam, no futuro, representar problemas para os investimentos. (ECONOMIA / PÁG. B1)

Eliane Cantanhêde
Mesmo com o presidente Michel Temer na Rússia e na Noruega, a crise só piora. (POLÍTICA / PÁG. A6)

Notas & Informações
O que o sr. Joesley não disse
O Brasil quer saber por que o empresário preservou os reais parceiros de sua trajetória de pilhagens, os verdadeiros contatos de seu submundo. (PÁG. A3)

A resistência da economia
É como se ela estivesse, ainda que parcialmente, se descolando da política. (PÁG. A3)

————————————————————————————

Valor Econômico

Manchete: Supremo decide amanhã validade da delação da JBS
O Supremo Tribunal Federal (STF) decide amanhã se o acordo de delação dos executivos da JBS será revisto. A questão é crucial para o futuro da Operação Lava-Jato e também do presidente Michel Temer, atingido por denúncias do empresário Joesley Batista

Petrobras fez acordos nos EUA de US$ 445 mi
A Petrobras fechou acordo para encerrar ação individual movida pela gestora Vanguard Group no tribunal federal do Estado da Pensilvânia, nos EUA. Este foi o 20º acordo firmado pela estatal com investidores individuais. Até agora, a Petrobras provisionou US$ 445 milhões em seu balanço para pagar indenizações

Juristas apoiam ‘suspensão de processo’ no caso de caixa 2
A proposta do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para distinguir os crimes de corrupção e de caixa dois em campanhas eleitorais – por meio da suspensão condicional do processo neste segundo caso -, foi elogiada por juristas consultados pelo Valor

Michel Euler/AP
Voos mais altos
O presidente Emmanuel Macron experimenta o cockpit de um caça Rafale, na feira aeroespacial de Le Bourget: vitória de seu partido na eleição parlamentar do fim de semana garante maioria para aprovar reformas em troca de uma política fiscal mais expansionista da Alemanha

Triunfo vende sua fatia na Portonave
A Triunfo Participações e Investimentos fechou acordo para vender sua participação de 50% no terminal portuário Portonave (SC), o segundo maior em movimentação de contêineres do país, para sua sócia Terminal Investment Limited (TIL) por R$ 1,3 bilhão

Paulistanos vão à Justiça contra o ITBI
Compradores de imóveis na capital paulista têm recorrido à Justiça para pagar menos Imposto de Transmissão de Bens Inter Vivos (ITBI). É que a Prefeitura de São Paulo vem usando uma fórmula de cálculo do tributo mais favorável para sua arrecadação
Investimentos anunciados em SP no 1º tri chegam a US$ 6,7 bi, 80% do total de 2016
Apesar da recuperação, recursos estão longe de repetir o desempenho dos melhores anos

A esquecida economia de escala 2
País limita-se a explorar suas vantagens comparativas na produção de alimentos e matérias-primas
Conjuntura Indicadores de maio sinalizam economia ainda resistente à crise
Segmentos como comércio e serviços, mais dependentes de renda, seguem dando sinais de recuperação
Governo já estima ritmo menor de expansão no 4º tri
Focus projeta para junho primeira deflação em 11 anos
Inflação baixa neste ano beneficia projeções para 2018
Balança acumula, no ano, superávit de US$ 32,6 bi
Energia Regras de concessão de gasodutos podem ser flexibilizadas
Governo também avalia medidas de redução forçada da concentração da Petrobras no mercado, questões tributárias e a criação de um operador independente do sistema
Tarifa na autoprodução suscita debate acalorado
Consumo de gás natural aumenta 8,5% em abril

Sem previsão de novos acordos, Temer inicia hoje visita à Rússia
Na lista dos 180 participantes do fórum empresarial a ser encerrado pelo presidente brasileiro, há um único CEO, ainda assim da unidade russa da empresa brasileira WEG

País do futuro cada vez mais distante
As reformas em andamento não têm a profundidade necessária para garantir esse salto do crescimento

A ascensão dos barões dos alimentos
Atualmente, metade dos 800 milhões de pessoas famintas no mundo são pequenos agricultores e trabalhadores
vinculados ao setor agrícola

Insumos Cresce defesa contra ferrugem da soja
Segundo a consultoria Spark, fungicidas de contato foram aplicados em cerca de 38% dos campos do grão dos principais Estados produtores do Brasil em 2016/17

Balanço Derivativos engordam lucro líquido da Raízen
No quarto trimestre da safra 2016/17, resultado da empresa aumentou 38% e alcançou R$ 1,404 bilhão

Silvia Costanti/Valor
Tributário Justiça derruba cálculo de ITBI com base em pesquisa de mercado
Magistrados consideram que método afronta a Constituição Federal e o CTN

Finanças
Regulação CVM quer debate público sobre MP 784
Discussões com o mercado devem ter início ainda no segundo semestre
Mercados Juro futuro recua a mínima desde início da crise política
Sinalização do BC e leituras de preços benignas ditam quedas
Ilan reforça ideia de continuidade do ciclo de corte da Selic
Segundo presidente do BC, discussão atual é sobre ritmo e até que ponto a Selic pode cair
Presidente veta lei que reduziria áreas de proteção ambiental no país
Política

Rosinei Coutinho/SCO/STF
Judiciário STF decide amanhã se homologação de delação será revista 2
Plenário irá examinar recurso apresentado pelo governador do Mato Grosso do Sul
“Expandiu-se demais as investigações, além dos limites”, diz Gilmar Mendes
Segundo Luiz Fux, “não é anômalo imaginar” revisão de termos do acordo
Crise não a apavora, afirma Cármen Lúcia
Inquérito da PF sobre Temer conclui que houve corrupção
A primeira sentença de Lula na Lava-Jato
Condenação de Lula extrapola em muito o PT
Temer aciona Joesley na Justiça e diz que “criminosos não sairão impunes”
Faz parte de estratégia judicial do presidente tentar anular homologação de delação da JBS
Cunha ataca empresário e menciona reunião com Lula

Política comportamento
Alckmin e Doria condicionam apoio tucano
Judiciário Temer indicará negociador de acordo da J&F
Após criticar acordo com MPF, presidente nomeará chefe da CGU, que aplica Lei Anticorrupção
Para especialista, proposta de Janot evita impunidade
Investigados por caixa dois não têm interesse em assumir culpa

Aloisio Mauricio/Fotoarena/Agência O Globo
Congresso Câmara deve votar denúncia contra Temer antes da reforma, diz relator
Para Arthur Maia, aprovação fica mais difícil conforme eleições se aproximam
Cinco projetos são pautados em semana esvaziada
Representação contra Aécio chega a Conselho

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.