Relator propõe liberação total de terras para estrangeiros
Relator do projeto de lei que libera a compra de terras por empresas e investidores estrangeiros, o deputado Newton Cardoso Júnior (PMDB-MG) deve apresentar ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), substitutivo que retira o limite para negócios. O texto anterior limitava aquisição a 100 mil hectares por investidor e arrendamento de mais 100 mil hectares…


O Globo

Manchete: Defesas de Temer e Dilma tentarão adiar julgamento
Presidente e ex-presidente querem evitar leitura de voto do relator
Sessão do TSE para julgar chapa eleita em 2014 está marcada para a manhã de hoje; PSDB entrou com ação, mas Fernando Henrique afirma que eventual cassação causaria ‘mais confusão’ no país
No primeiro dia do julgamento da chapa Dilma-Temer no TSE, hoje, a estratégia dos advogados do presidente e os da ex-presidente será a mesma: pedir o adiamento da sessão marcada para analisar o processo de cassação dos dois eleitos em 2014. O pedido, feito com a apresentação de uma questão de ordem, será feito antes mesmo da leitura do relatório do ministro Herman Benjamin. O objetivo das defesas é tentar impedir o início da votação. Ontem, o ex-presidente Fernando Henrique disse que uma eventual cassação da chapa causaria “mais confusão” no país. A ação foi proposta pelo PSDB do tucano. (Pág. 3)

MERVAL PEREIRA
Tudo indica que resultado ficará para o Dia de São Nunca. (Pág. 4)

MÍRIAM LEITÃO
Crise não é motivo para impedir ação contra a chapa. (Pág. 20)

JOSÉ CASADO
Ação no TSE é sobre a força do dinheiro. (Pág. 17)

Aposentado terá regime especial
Para facilitar a contratação de trabalhadores já aposentados e com mais de 60 anos, o governo enviará ao Congresso projeto criando um regime especial de trabalho, informa GABRIELA VALENTE. Os aposentados poderão ser contratados por hora, sem vínculo empregatício, mas sem pagar INSS. (Pág. 19)

Delator liga Pezão a corrupção
Em delação, Jonas Lopes Neto, filho do ex-presidente do TCE, disse que Marcelo Amorim, subsecretário de Governo do Rio, contou ter pagado despesas de R$ 900 mil do governador com propina. Pezão nega. (Pág. 4)

OEA abre caminho para punir a Venezuela
A OEA aprovou a aplicação da Carta Democrática, numa decisão que abre caminho para a punição da Venezuela. Em Caracas, agressões e prisão de opositores mantiveram o clima tenso, conta a enviada JANAÍNA FIGUEIREDO. (Pág. 27)

No Equador, oposição alega fraude
Lenín Moreno, candidato do presidente Correa, venceu com 51,17% dos votos válidos, mas o oposicionista Guillermo Lasso levantou suspeita de fraude e pedirá recontagem. (Pág. 26)

Terror volta a desafiar a Rússia
Atentado no metrô de São Petersburgo mata 11 e fere 45
Quatro anos após os últimos grandes atentados na Rússia, o país voltou a ser alvo de ataque terrorista numa metrópole. Uma explosão matou 11 pessoas e feriu 45 no metrô de São Petersburgo, segunda maior cidade russa, onde estava o presidente Putin. Suspeitas apontam para terroristas islâmicos, que ameaçam o país pela intervenção na Síria. (Pág. 25)

Miguel de Almeida
Lava-Jato revelou o gatuno metido, que compra obras de arte. (Segundo Caderno)

Idoso morre após tomar vacina (Pág. 14)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Planalto espera pedido de vista para adiar julgamento no TSE
Para ex-presidente Fernando Henrique, eventual cassação de Temer traria ‘confusão’ ainda maior para o País
O Planalto aposta num pedido de vista para interromper hoje, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o julgamento do processo de cassação da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer. A expectativa é de que um ministro peça mais tempo para análise. O plano é tentar adiar o julgamento pelo maior prazo possível. Às vésperas da abertura do sigilo das delações da Odebrecht, o governo teme que o julgamento afugente investidores e prejudique votações. Ontem, a defesa de Temer pediu que depoimentos de ex-executivos não sejam considerados. Para o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), eventual cassação de Temer e consequente eleição indireta trariam “confusão” ainda maior. “Já temos tantas dificuldades hoje, o Congresso ainda vai eleger uma pessoa para ser presidente por um ano?” A ação foi proposta em 2014 pelo PSDB e avalia se houve abuso de poder na campanha. (POLÍTICA / PÁGS. A4 e A5)

‘Contrapartida’ milionária
O ex-presidente do Grupo Odebrecht Marcelo Odebrecht disse em depoimento ao TSE que o ex-ministro Paulo Bernardo pediu e recebeu “contrapartida” de R$ 64 milhões em 2009 por linha de crédito obtida pela empresa no governo. (PÁG. A5)

Relator propõe liberação total de terras para estrangeiros
Relator do projeto de lei que libera a compra de terras por empresas e investidores estrangeiros, o deputado Newton Cardoso Júnior (PMDB-MG) deve apresentar ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), substitutivo que retira o limite para negócios. O texto anterior limitava aquisição a 100 mil hectares por investidor e arrendamento de mais 100 mil hectares. (ECONOMIA / PÁG. B5)

Atentado no metrô de São Petersburgo deixa 11 mortos
Explosão de bomba no metrô de São Petersburgo, na Rússia, matou 11 pessoas e deixou pelo menos 45 feridas, segundo autoridades do país. Nenhum grupo reivindicou a autoria do atentado. No momento da explosão, por volta das 14h20 (8h20 em Brasília), o presidente russo, Vladimir Putin, estava a alguns quilômetros do local para se reunir com o líder bielo-russo, Alexander Lukashenko. (INTERNACIONAL / PÁG. A10)

Punição à Venezuela avança na OEA
O Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA) afirmou ser “essencial” a “restauração da plena ordem democrática” na Venezuela, em um revés para o presidente Nicolás Maduro. (INTERNACIONAL / PÁG. A11)

Fraudes no Bilhete Único crescem 820% em um ano
Dados obtidos pela Lei de Acesso à Informação apontam que 78.202 cartões do Bilhete Único foram apreendidos ou cancelados em 2016 em São Paulo por irregularidades. A alta foi de 820% em um ano, informa Luiz Fernando Toledo. A entrada do crime organizado é apontada como causa do crescimento das fraudes. A Prefeitura não informou o valor do prejuízo. (METRÓPOLE / PÁG. A10)

Bernard Appy
Ampliação do trabalho terceirizado pode reduzir as contribuições previdenciárias. (ECONOMIA / PÁG. B2)

Notas & Informações
Sem hesitação
Como contraponto ao desastre populista de Lula e Dilma, Michel Temer precisa seguir adiante com as reformas. (PÁG. A3)

Previdência, o maior ralo fiscal
O desastre da Previdência foi confirmado nas contas públicas do primeiro bimestre. (PÁG. A3)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Julgamento de Temer e Dilma no TSE começa com embates
Tribunal vai decidir a partir de hoje se cassará o mandato do presidente
O Tribunal Superior Eleitoral inicia hoje 0 julgamento da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer, vencedora da eleição de 2014, com disputas jurídicas entre 0 relator da cassação, ministro Herman Benjamin, e as defesas da petista e do peemedebista. A única certeza do dia ê que Benjamin pretende levar 0 julgamento adiante nesta terça-feira (4) e impedir que um pedido de mais prazo feito pela defesa da ex-presidente Dilma seja acatado no plenário.
A expectativa no tribunal, porém, ê que 0 julgamento seja suspenso por causa dessa solicitação ou em razão de pedido de um ministro para ter mais tempo para analisar 0 caso. Se aprovada a cassação, Temer terá de deixar 0 cargo e um novo presidente será escolhido pelo Congresso. Para 0 ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, a eleição indireta só geraria “mais confusão”. O presidente do TSE, Gilmar Mendes, disse que essa ê a única opção em caso de cassação. (Poder A4)

Entrevista a Dilma Rousseff
Marcelo Odebrecht inventou ficção em delação, diz petista (Poder A8 e A9)

Barreiras contra produtos do país disparam em 2016
O número de barreiras contra produtos brasileiros no exterior aumentou de forma significativa em 2016 e atingiu o nível mais alto desde o começo desta década. Foram aplicadas 15 medidas de defesa comercial contra produtos nacionais, cinco vezes o número de 2015, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. (Mercado A16)

Superávit comercial é recorde; venda de carne tem aumento (Mercado A16)

Explosão mata ao menos 11 em São Petersburgo
Uma explosão no metrô de São Petersburgo, na Rússia, matou ao menos 11 pessoas. Segundo a imprensa local, uma mala escondia o artefato que causou as mortes. A ação pode ter sido “crime ou terrorismo”, disse o presidente Vladimir Putin. A facção radical Estado Islâmico e rebeldes tchetchenos são suspeitos. (Mundo A13)

OEA dá 1o. passo para suspender Venezuela; oposição se mobiliza (Mundo A15)

Derrotado contesta resultado no Equador, e eleito prega conversa (Mundo A14)

Presidente paraguaio pede diálogo, mas não desiste de reeleição (Mundo A14)

As universidades são estufas de ressentimento
JOÃO PEREIRA COUTINHO
Muitas universidades tornaram-se o último bastião dos denotados. Incapazes de implantar seus projetos de dominação, resta aos intelectuais manipular o que se passa lá dentro: jovens com cabeças simplórias que são apenas marionetes. (Ilustrada C6)

Editoriais
“Eleição estatiza-da”, sobre gasto público no pleito de 2018; e “Inverno paulista”, acerca de domínio tucano na Assembleia Legislativa. (Opinião A2)

————————————————————————————

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.