Manchete nos Jornais desta Quarta-feira, 13 de Abril de 2022

0

O Estado de S. Paulo

  • Manchete: Liberação de cargas supera 20 dias; empresas cobram Guedes
  • Petrobras vota pacote que limita decisões do governo
  • Inflação anual nos EUA chega a 8,5% e é a maior em 41 anos
  • Pressionado pela inflação, volume de serviços recua 0,2% em fevereiro
  • ‘Sustentabilidade é um caminho sem volta’
  • Grupo com 300 empresários se une em proposta para recriar a CPMF
  • Adicional na conta de luz em época de seca pode subir 57%
  • No BC, servidores decidem manter greve
  • Atraso na liberação de cargas pode resultar em aumentos nos preços
  • Imunização urgente
  • ‘Surpresa’ inflacionária força duro ajuste
  • O efeito ‘calmante’ do orçamento secreto

O Globo

  • Manchete: Burocracia empurra concessão de aeroportos para 2024
  • Uma só dose da vacina contra HPV já previne câncer
  • Centro-Oeste tem maior alta do país nos registros de dengue
  • Bilionária pedindo dinheiro no ‘zap? É fraude, diz Luiza
  • Câmara aprova extensão do Pronampe até 2025
  • Brasil negocia nova redução tarifária no Mercosul
  • Guedes critica sanções
  • Uma nova reforma da Previdência?
  • Leilão de Congonhas já tem 13 interessados
  • Especialistas já veem uma recessão global ainda este ano
  • Aneel propõe reajuste de até 57% nas bandeiras tarifárias
  • Comitê da Petrobras recomenda aprovação de indicado de Bolsonaro
  • No RN, outorga não cobre ressarcimento de operador que está de saída
  • Pesquisa indica biopirataria a partir de saberes indígenas
  • Inep deixou de mapear falhas do Enem por pelo menos três anos
  • Entre direitos e culpas

Folha de S. Paulo

  • Manchete: Codevasf incha com emendas, lucra com taxa e perde foco
  • Conflito provoca duas mortes na terra indígena de Roraima
  • Garimpo leva medo e abuso sexual à terra indígena, diz relatório
  • Aneel propõe alta em bandeira tarifária, mas não prevê cobrança adicional em 2022
  • Dólar recua para R$ 4,68, e petróleo volta a superar os US$ 100
  • Vereadores da CPI dos Apps fazem diligência na sede do iFood
  • Inflação nos EUA é a maior em mais de 41 anos
  • Guedes critica guerra e sanções e defende organizações multilaterais
  • Câmara aprova extensão de programa de crédito para micro e pequenas
  • Gates propõe força-tarefa internacional para a prevenção de pandemias
  • Setor de serviços recua 0,2% em fevereiro e frustra previsões
  • Trabalho infantil no Brasil pode ser 7 vezes maior do que apontam pesquisas
  • Universidade do Porto demite professor após comentários xenófobos contra brasileiras
  • PCC controla crime de Pix em SP, diz polícia
  • Maioria é contra Carnaval fora de época no RJ e em SP, diz Datafolha
  • SP tem segundo caso de sarampo confirmado no ano

Valor Econômico

Inflação nos EUA aumenta o risco de recessão global
Aumento dos preços ao consumidor nos EUA superou 8% em 12 meses até março, maior taxa desde 1981, com a alta nos custos da energia e dos alimentos

IPCA elevado anula medidas de estímulo
Disparada dos preços deve praticamente anular impacto de medidas como a liberação de recursos do FGTS a partir deste mês

Casa da Moeda tem primeiro lucro em 5 anos
Retomada da produção de passaportes e recorde na produção de cédulas ajudaram no resultado

A reestatização da Eletrobras (Saldo líquido da era PT e atual)
PT tem algumas possibilidades no cardápio para retomar o controle da empresa

Oferta da Eletrobras tem margem para ajuste
Preço mínimo de referência está entre R$ 25 e R$ 30 por ação, mas expectativa é de valor maior

Cenário hídrico é favorável, mas Aneel propõe reajuste da bandeira tarifária
Para relator, reajuste decorre da necessidade de cobrir aumento de despesas devido à inflação

Repique da inflação corrói incentivos ao consumo e à renda
Para economistas, disparada dos preços anula impactos de medidas como saques do FGTS

Câmara prorroga uso de recursos emergenciais
Texto-base, aprovado com o apoio de 447 parlamentares, foi modificado e por isso volta ao Senado

Mais fábricas cortam produção em Xangai devido ao lockdown
Restrições à circulação dificultam o ingresso de caminhões na China e algumas fábricas não conseguem operar, apesar de terem adotao um sistema de bolha para os funcionários, por não conseguirem receber peças e insumos

EUA culpam choques externos por disparada da inflação
Guerra, lockdown na China e problemas nas cadeias geram pressão inflacionária nos EUA e na Alemanha

OMC corta previsão para o comércio global no ano
O crescimento em volume do comércio de mercadorias pode ficar em 3% neste ano, comparado a 4,7% estimado antes pela OMC. Para o ano que vem, as trocas podem aumentar 3,4%

Mercado teme que, para conter preços, Fed reforce política contracionista
Para analistas, será preciso esfriar muito a economia americana para que essa inflação possa ser controlada

Economia mundial corre risco de forte freada neste ano
Peterson Institute for International Economics (PIIE), combinação de fatores – que inclui a disparada dos preços do petróleo, a retração do consumo com a aceleração da inflação e a desaceleração do crescimento da China – aumenta as chances de uma contração global

Produção agroindustrial continua fraca
Índice calculado pelo FGV Agro subiu 1% em fevereiro em relação a janeiro, mas caiu 3,2% ante fevereiro do ano passado

Wall Street fecha no vermelho com investidor atento a inflação e petróleo
Índice Dow Jones fechou em queda de 0,26%, enquanto o S&P 500 perdeu 0,34% e o Nasdaq caiu 0,30%

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.