Por que se matam presidentes? O assassinato de JFK, o suicídio de Vargas e a renúncia de Jânio roubaram-me o sentido de “coisas
definitivas” e me obrigaram a desconfiar do mundo…- PT inicia movimento contra Barbosa; PT iniciou movimento contra o presidente do STF, Joaquim Barbosa, colocando em dúvida seu “preparo ou boa-fé”, e conclamou os demais membros do Supremo a “reagir para não se tomar reféns de seu presidente”. O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disse não ter recebido comunicado da prisão de Genoino. Decidiu que a Casa não abrirá processo de cassação enquanto isso não ocorrer e adiantou que o salário do deputado será mantido até janeiro. Depois disso, ele poderá ser aposentado…

 

O Globo

Manchete: Nova ameaça – Mortes por dengue dobram no país

Vítimas passaram de 292, em 2012, para 573 este ano. Situação do Rio é de alto risco
Mapa da doença revela que 63% dos casos estão no Sudeste
Levantamento do Ministério da Saúde revela que, este ano, o número de mortes em decorrência da dengue já é de 573, um crescimento de 96% em comparação ao total de 2012 (292 registros). Os casos graves da doença passaram de 3.957 para 6.566 (aumento de 65%). Metade dos municípios pesquisados no país apresenta risco ou grau de alerta para a dengue. A maioria dos casos da doença foi registrada no Sudeste. No Estado do Rio, foram notificados 217.885 casos suspeitos, com 57 mortes confirmadas. Em 11 municípios fluminenses, entre eles a capital, Niterói e São Gonçalo, o índice de infestação do Aedes aegypti é considerado de alto risco. (Págs. 1 e 14)

Mensalão: Pizzolato teria fugido com papéis falsos

Governo italiano informou à PF que não forneceu 2ª via de passaporte a ex-diretor do BB condenado
Em documento enviado à PF, o governo italiano negou ter fornecido segunda via de passaporte ao ex-diretor do BB Henrique Pizzolato, condenado no mensalão e foragido da Justiça. A PF não descarta a hipótese de Pizzolato, que tem dupla cidadania, ter usado documentos falsos para sair do país. O ministro do STF Marco Aurélio Mello disse ser compreensível a fuga por causa da situação precária das cadeias. Ontem, foi ordenado o cumprimento das penas alternativas impostas a três outros condenados. (Págs. 1 e 3 a 10)
Da Câmara para a Papuda
Parlamentares petistas entram em van com destino ao Complexo Penitenciário da Papuda, para visitar mensaleiros presos. Mesmo não sendo dia de visita, eles ajudaram parentes de Genoino, Dirceu e Delúbio a ingressarem no presídio. Do lado de fora, familiares de presos comuns acampavam desde ontem em busca de senhas para a visita de hoje e reclamaram de privilégio aos mensaleiros. (Págs. 1 e 8)
Colunistas
Merval Pereira Fingir-se de preso político é escamotear a verdade. (Págs. 1 e 4)
Elio Gaspari Ninguém ganha pondo em risco a vida de Genoino. (Págs. 1 e 22)
Francisco Bosco Não foi a classe política a condenada. (Págs. 1 e Segundo Caderno)

MP é favorável à prisão domiciliar de Genoino

Deputado petista faz exame médico no IML de Brasília e retorna ao presídio
A procuradora-geral da República em exercício, Ela Wiecko, indicou que é favorável à prisão domiciliar do deputado José Genoino (PT-SP), que sofre de problemas cardíacos. Ontem, o deputado petista licenciado fez exames médicos no IML de Brasília por determinação do juiz da Vara de Execuções Penais, mas depois voltou para a Papuda, onde está preso em regime semiaberto. A decisão sobre Genoino caberá ao presidente do Supremo, Joaquim Barbosa. Ontem, o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, criticou a transferência dos condenados do mensalão para Brasília, determinada por Barbosa. Juristas e petistas divulgaram manifesto criticando a forma como ocorreram as prisões de Dirceu, Genoino, Delúbio Soares e outros 8 réus. (Págs. 1, 6 e 10)

Acordo com a base: Dilma firma pacto para impedir rombo fiscal

Reunidos ontem com a presidente Dilma, líderes de partidos aliados assinaram acordo para não aprovar projetos que poderiam causar rombo de até R$ 60 bilhões nos gastos públicos. Essas propostas, em tramitação no Congresso, aumentam despesas ou reduzem receitas. (Págs. 1 e 12)

Arrecadação federal recorde

O lucro maior das empresas fez a arrecadação de impostos federais atingir R$ 100 bi em outubro, alta de 5,4%. (Págs. 1 e 31)

UE corta Orçamento pela 1ª vez

Em crise econômica, a UE reduzirá verbas de programas de incentivo a emprego e até investimentos. (Págs. 1 e 27)

Mensagem ao Irã: Al-Qaeda assume ataque em Beirute

Uma facção do grupo sunita reivindicou o atentado que matou 23 pessoas na Embaixada do Irã no Líbano, incluindo um diplomata. A ação é represália à ingerência de xiitas na guerra síria. (Págs. 1 e 32)

Ativista presa na Rússia: Bióloga está perto de ser libertada

A bióloga brasileira Ana Paula Maciel, presa há dois meses na Rússia com mais 29 ativistas do Greenpeace, deverá ser solta no fim de semana, após pagamento de fiança de R$ 140 mil. (Págs. 1 e 13)

Emissões recordes

Levantamento divulgado na Conferência do Clima diz que emissões de gases-estufa estão aumentando. China é maior poluidora. (Págs. 1 e Ciência)

Colunistas: Ancelmo Gois

Joaquim Barbosa critica o abismo entre negros e brancos no país.(Págs. 1 e 19)

Colunistas: Artur Xexéo

Lewandowski se sobressai nos primeiros votos para a eleição de Mala do Ano. (Págs. 1 e Segundo Caderno)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Para acalmar mercado, Dilma faz pacto contra gastos

Acordo com líderes no Congresso é uma tentativa de mostrar compromisso com a austeridade fiscal
A presidente Dilma Rousseff e líderes de partidos da base aliada no Congresso firmaram ontem um pacto para evitar a aprovação de novos cortes de impostos e gastos sem previsão orçamentária. O acordo é uma tentativa de passar ao mercado e a investidores estrangeiros uma mensagem de compromisso com a austeridade fiscal. Em reunião no Palácio do Planalto, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, argumentou que há risco inflacionário e possibilidade de redução da nota de crédito do Brasil por agências internacionais para convencer os parlamentares a assumir o compromisso. Apesar da situação confortável em pesquisas eleitorais para 2014, Dilma vem enfrentando críticas na área econômica e o governo tem sido visto pelo mercado como “gastador”. (Págs. 1 e Economia B1)
Arrecadação cresce
A arrecadação de tributos pela Receita Federal atingiu R$ 100,99 bilhões e foi recorde para meses de outubro. (Págs. 1 e B4)

PT inicia movimento contra Barbosa

Mensalão – Em reação ao que considera “arbitrariedade” nas prisões, o PT iniciou movimento contra o presidente do STF, Joaquim Barbosa, colocando em dúvida seu “preparo ou boa-fé”, e conclamou os demais membros do Supremo a “reagir para não se tomar reféns de seu presidente”. Além de um manifesto de repúdio às prisões, petistas fizeram discursos na Câmara e no Senado. O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disse não ter recebido comunicado da prisão de Genoino. Decidiu que a Casa não abrirá processo de cassação enquanto isso não ocorrer e adiantou que o salário do deputado será mantido até janeiro. Depois disso, ele poderá ser aposentado. (Págs. 1 e Política A4, A6 e A7)
PGR cobra pedido de extradição de foragido
A Procuradoria-Geral da República quer que o STF peça formalmente a extradição de Henrique Pizzolato, condenado que fugiu para a Itália. (Págs. 1 e A7)

Subprefeito é exonerado após denúncia

Antonino Grasso (PV), ex-secretário da gestão Kassab, foi exonerado do cargo de subprefeito interino de Pinheiros após o Estado revelar que testemunha o ligou à quadrilha de fiscais que fraudavam impostos municipais. (Págs. 1e Metrópole A22)

Engenheiro da Siemens detalha ação de cartel

Em depoimento prestado à PF e obtido pelo Estado, o engenheiro da Siemens Peter Gõlitz deu detalhes sobre acerto prévio em três licitações dos governos tucanos, mas disse não ter conhecimento de pagamento de propinas. (Págs. 1 e Política A8)

Maduro ganha superpoderes na Venezuela

Aprovada ontem, “Lei Habilitante” dá ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, poder de baixar leis por decreto durante um ano para enfrentar problemas econômicos e corrupção. (Págs. 1 e Internacional A14)

Rússia manda soltar ativista do Greenpeace (Págs. 1 e Metrópole A33)

PF desmantela rede de pedofilia e prende 25 (Págs. 1 e Metrópole A28)

Dengue pode virar epidemia em 157 cidades (Págs. 1 e Metrópole A34)

Celso Ming

Tentativa e erro
As análises da oposição são descosturadas, mas o governo também não sabe consertar o que está errado e continua sendo surpreendido. (Págs. 1 e Economia B2)

Roberto DaMatta

Por que se matam presidentes?
O assassinato de JFK, o suicídio de Vargas e a renúncia de Jânio roubaram-me o sentido de “coisas definitivas” e me obrigaram a desconfiar do mundo. (Págs. 1 e Caderno 2, C10)

Notas & Informações

A oposição desconectada
Pesquisa Ibope mostra que o povo olha em volta e não vê na oposição quem assuma sua demanda. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Mensalão – Saúde de Genoino vira impasse

Exames indicam que deputado que pede transferência para prisão domiciliar tem doença grave. Procuradoria-Geral da República aguarda outra avaliação médica para decidir destino de petista. (Págs. 1, 8 e 14)

Sorriso para a liberdade

Bióloga gaúcha Ana Paula Maciel está entre os 12 ativistas do Greenpeace beneficiados com a liberdade sob fiança pela Rússia. (Págs. 1, 34 e 35)
“Estou feliz. Temos agora uma esperança. Mas precisamos ver que tipo de liberdade ela vai ter.” Rosangela Maciel, mãe de Ana Paula

Piso regional: Piratini anuncia alta de 12,7% e inclui técnicos

Proposta de reajuste levada à Assembleia cria faixa com remuneração de R$ 1,1 mil. (Págs. 1, 12 e 22)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.