A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

O Globo

Manchete : Coaf aponta 48 depósitos suspeitos em um mês para Flávio Bolsonaro
Ingresso de R$ 96 mil em dinheiro vivo foi realizado entre junho e julho de 2017, em caixa na Alerj
Novo relatório do Coaf revela 48 depósitos efetuados em dinheiro vivo na conta do deputado estadual Flávio Bolsonaro, totalizando R$ 96 mil, entre junho e julho de 2017, informou o Jornal Nacional. O dinheiro foi depositado em terminal de autoatendimento na Alerj. O relatório não identifica quem fez as operações, mas, segundo o Coaf, o fracionamento pode ter tido a intenção de ocultar a origem dos recursos. Flávio Bolsonaro não comentou. Ontem o ministro do STF Marco Aurélio Mello indicou que deverá manter na primeira instância a investigação sobre Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio. (PÁGINA 4)

Palocci: Lula recebeu propina dentro de avião presidencial
Em novo depoimento, o ex-ministro Antonio Palocci afirmou que o ex-presidente recebeu propina em dinheiro no Aerolula e em caixas de uísque. Segundo o relato, ao explicar porque teria despistado compra de tríplex no Guarujá, Lula lhe disse que um apartamento na praia não cabia em sua biografia. Lula nega. (PÁGINA 9)

Governo estuda demitir servidor por ineficiência (PÁGINA 17)

Evo Morales entre Bolsonaro e o chavismo (PÁGINA 21)

Enem: Governo vai vetar questões de ‘ideologia forte’ no exame (PÁGINA 24)

Prefeitura reduz aulas de português e matemática
Sem discussão, e a duas semanas do início do ano letivo, a Secretaria municipal de Educação decidiu reduzir a carga horária de português e matemática, do 6º ao 9º anos da rede, para introduzir a disciplina Sustentabilidade Cidadã. Educadores questionam a medida. (PÁGINA 13)

Colunistas
MERVAL PEREIRA
Desgaste político de caso Queiroz para presidente não cessa (PÁGINA 2)

JOSÉ EDUARDO AGUALUSA
O drama de uma sociedade armada (SEGUNDO CADERNO)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Investigação do MP sobre Queiroz apura lavagem de dinheiro
Promotoria também suspeita de ‘ocultação de bens, direitos e valores’ no gabinete de Flávio Bolsonaro, que não é investigado; outros 21 procedimentos foram abertos na Alerj
Autos do procedimento de investigação criminal aos quais o Estado teve acesso mostram que a investigação sobre a movimentação financeira de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), foi iniciada há seis meses e tem como foco de apuração a suspeita de prática de lavagem de dinheiro ou “ocultação de bens, direitos e valores” no gabinete do então deputado estadual – hoje senador eleito – na Assembleia Legislativa do Rio. A base deste e de outros 21 procedimentos criminais abertos na Alerj é um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), de janeiro de 2018, que apontou movimentação atípica de funcionários e ex-funcionários do Legislativo fluminense. O relatório mostrou que Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão no período de janeiro de 2016 e janeiro de 2017. O Ministério Público diz que Flávio Bolsonaro não é investigado e não consta como investigado.(POLÍTICA / PÁG. A4)

Marco Aurélio: ‘Lei vale para todos’
Ministro do STF indicou que deve rejeitar pedido de Flávio Bolsonaro para que investigação sobre movimentação financeira de Fabrício Queiroz seja suspensa.(PÁG. A6)

Coaf aponta 48 depósitos na conta de Flávio, diz TV
Relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) aponta que, entre junho e julho de 2017, 48 depósitos de R$ 2 mil cada foram feitos em conta de Flávio Bolsonaro na agência bancária que funciona na Alerj, segundo reportagem do Jornal Nacional, da TV Globo. O Coaf informou que não foi possível identificar o depositante. O relatório afirma que o fato de os depósitos terem sido feitos de forma fracionada desperta suspeita de ocultação da origem do dinheiro.(POLÍTICA / PÁG. A6)

Palocci depõe e ataca Dilma
Ex-ministro disse em delação que nomeação de Graça Foster para a Petrobrás contrariou Lula e “deu corda” para aprofundamento das investigações da Lava Jato sobre ex-presidente.(PÁG. A8)

TCU cobra, mas militares omitem dados previdenciários
O custo das aposentadorias e pensões nas Forças Armadas ainda é uma caixa-preta, apesar de a proposta da reforma da Previdência estar em fase final de elaboração. O Ministério da Defesa não fornece todos os dados sobre a aposentadoria dos militares. O Tribunal de Contas da União cobra o cálculo do “déficit atuarial”, que apontará a projeção de despesas com os inativos no longo prazo. O argumento é de que o sigilo se deve a questões de segurança nacional.(ECONOMIA / PÁGS. B1 e B4)

Pente-fino no INSS
O governo espera economizar R$ 9,8 bilhões em 12 meses com as iniciativas antifraudes em benefícios previstas em MP assinada ontem pelo presidente Jair Bolsonaro.(PÁG. B4)

Doria anuncia PPP para novas penitenciárias
O governador João Doria (PSDB) quer passar quatro presídios em obras e a construção de outros três para a iniciativa privada. O Estado tem 230 mil presos, 50 mil a mais do que a capacidade das 186 unidades prisionais.
(METRÓPOLE / PÁG. A14)

João Domingos
Em temos de produção de crises, o governo de Jair Bolsonaro, com apenas 19 dias, tem superado as expectativas.
(POLÍTICA / PÁG. A6)

Adriana Fernandes
Na proposta de reforma da Previdência, governo vai deixar gordura para queimar nas negociações no Congresso.
(ECONOMIA / PÁG. B4)

Notas & Informações
A hora da reforma política
A sociedade, por meio do Congresso, precisa se debruçar seriamente sobre diversas distorções do atual sistema. O momento de arejar a política é agora.(PÁG. A3)

O discurso e a prática
Eleitos como paladinos da moralidade, os Bolsonaros têm de dar justificativas para o caso da movimentação financeira. (PÁG. A3)
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : País tem queda na chegada de dinheiro novo em 2018
Retração de investimento estrangeiro até novembro foi de 9%, segundo o BC
A percepção de que o governo de Jair Bolsonaro (PSL) começa em meio a aumento na atração de capital externo não se sustenta pelos números oficiais. Segundo dados do Banco Central, o investimento considerado novo perdeu força em 2018. A instituição registrou queda de 9% nesse montante, que somou US$ 58,4 bilhões. O IDP, indicador que mede o volume de recursos vindo de fora, mostra que o Brasil recebeu US$ 12,2 bilhões a mais, até novembro, em relação a igual período de 2017. Só que a maior parte desse dinheiro foi enviada por filiais de companhias brasileiras no exterior, boa parte para o pagamento de dívidas. Segundo Luís Afonso Fernandes Lima, especialista em contas externas, o cenário gera preocupação. “Esses recursos significam desinvestimento no exterior e não nova aposta no Brasil”, afirma o economista da Mapfre Investimentos. Analistas dizem, porém, que se as reformas avançarem o país pode melhorar o fluxo de investimento externo. (Mercado A17)

Decisões de Marco Aurélio indicam derrota para Flávio
Decisões recentes do ministro Marco Aurélio Mello indicam que ele deve rejeitar pedido do senador eleito Flávio Bolsonaro para que investigação que envolve seu gabinete tramite no STF. O caso se refere a movimentações suspeitas de R$ 1,2 milhão feitas em 2016 e 2017 por Fabrício Queiroz, ex-assessor do filho do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia do Rio. (Poder A4)

Funcionária que enviou WhatsApp ganha um cargo
Funcionária da agência de comunicação que contratou disparos em massa de mensagens de WhatsApp para a campanha presidencial de Jair Bolsonaro (PSL) foi nomeada para um cargo comissionado na Secretaria-Geral da Presidência.
Questionado, o governo declarou que a contratação se deu por critérios técnicos. (Poder A6)

Quilombolas em litígio com a Marinha temem ações do governo Bolsonaro
Olinda Oliveira, 59, e sua mãe, Maria, 96, uma das mais antigas moradoras do Quilombo Rio dos Macacos, entre Salvador e Simões Filho; confronto pela posse da terra já dura 5 décadas (Poder A8)

Doria anuncia concessão de novos presídios em SP (Cotidiano B4)

Cartão internacional de vacinação poderá ser impresso em casa (B5)

Mario Sergio Conti
A liberdade e as prisões de Battisti em vários lugares
Aqui, verdade, justiça e solidariedade tendem a ser tidas por irrelevâncias. O beletrismo ostentatório conta mais que argumentos fundados em fatos. Fâmulos da Embaixada da Itália se dedicam ao estridente linchamento de Battisti e ninguém os confronta. (Ilustrada C6)

HQ do demolidor associa vilão que espalha fake news a Bolsonaro (C3)

Editoriais
Convite à moderação
Sobre pautas mais ideológicas de Jair Bolsonaro (A2)

Vida nova à Lua
Acerca de programa de exploração espacial chinês (A2)
————————————————————————————

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.