Manchete nos Jornais desta Segunda-feira, 01 de Abril de 2019

0

O Globo

Manchete : Escritório em Jerusalém frustra Israel e gera reação de palestinos
No primeiro dia de viagem ao Oriente Médio, Jair Bolsonaro recua de transferência de embaixada
Em sua primeira viagem oficial a Israel, Jair Bolsonaro deixou insatisfeitos o premier do país, Benjamin Netanyahu, e também a Autoridade Palestina, que convocou de volta seu embaixador no Brasil para “consultas”. Apesar de não ter cumprido promessa de campanha de transferir a embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém, o presidente anunciou a abertura de um escritório de representação na cidade, disputada por palestinos e israelenses como sua capital. A mudança da embaixada, porém, ainda não foi descartada pelo brasileiro. (PÁGINA 27)

Planalto divulga vídeo que exalta Golpe de 1964
No aniversário do Golpe de 1964, o Palácio do Planalto compartilhou ontem um vídeo segundo o qual o Exército, naquela ocasião, “salvou” o Brasil. O material foi encaminhado a jornalistas, via aplicativo de celular, por um telefone da Secretaria de Comunicação da Presidência. (PÁGINA 6)

Na contramão do país, taxa de assassinatos cai em 9 estados
Em nove estados, investimentos em inteligência e integração das polícias levaram à redução da taxa de homicídios. (PÁGINA 4)
MORTE DE MARIELLE – Delegado diz que sua saída do caso foi ‘natural’ (PÁGINA 8)
Norueguesa ‘low cost’ deve ajudar a reduzir tarifas
A Norwegian fez seu primeiro voo ontem, reforçando o time das aéreas de baixo custo no Brasil — a chilena Sky opera desde novembro —, o que aumenta a expectativa de queda nos preços de passagens. As tarifas da norueguesa são, em média, 45% mais baratas que as de concorrentes na rota Rio-Londres. (PÁGINA 21)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Governo ainda não aprovou projeto próprio na Câmara
Em meio a clima hostil, Executivo enviou 16 propostas e medidas provisórias, que tramitam em ritmo lento
Nenhum dos 16 projetos e medidas provisórias enviados pelo governo Bolsonaro para o Congresso foi aprovado em quase cem dias de gestão. Todos tramitam em ritmo lento e, dos que estão na Câmara, apenas a proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência tem relator, nomeado duas semanas após chegar à Casa. Em meio a um ambiente hostil ao governo, a MP que modifica a estrutura dos ministérios, por exemplo, foi enviada à Câmara em janeiro, recebeu 539 emendas e ainda não tem relator – o texto tem de ser votado até 3 de junho, caso contrário, estruturas como a do Ministério da Economia, que aglutinou três pastas, terão de ser desmontadas. Para tentar driblar a paralisia, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, conseguiu, após acordo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que o pacote anticrime tramitasse paralelamente no Senado.POLÍTICA / PÁG. A4

Saneamento só deve chegar a todo o País após 2060
O Brasil investe, em média, R$ 10 bilhões por ano em saneamento básico, menos da metade do previsto para chegar a 2033 com 100% de cobertura de água e esgoto, como prevê o Plano Nacional de Saneamento Básico. No ritmo atual, dificilmente a universalização será atingida até 2060. Hoje, 100 milhões de brasileiros não têm acesso à coleta de esgoto. Caso da tia e da avó de Michelle Bolsonaro, que vivem na favela Sol Nascente, no DF.ECONOMIA / PÁG. B1

Bolsonaro vai definir dois novos ministros para o TSE
Alvo de ações no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o presidente Jair Bolsonaro vai ter de escolher dois novos ministros para a Corte. Os mandatos de Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira se encerram, respectivamente, em 27 de abril e 9 de maio. As escolhas têm importância porque tramitam na Justiça Eleitoral oito processos que apuram supostas irregularidades na campanha do então candidato do PSL ao Palácio do Planalto.POLÍTICA / PÁG. A7

Palestina reage a escritório em Jerusalém
Bolsonaro confirmou, em encontro com o primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, a criação de escritório de negócios em Jerusalém – a mudança da embaixada, por ora, está descartada. A Autoridade Palestina condenou a ação, chamada de “violação flagrante ao povo palestino”, e vai consultar embaixador no Brasil.INTERNACIONAL / PÁG. A10

Planalto distribui vídeo em defesa do golpe
O Palácio do Planalto distribuiu ontem vídeo de dois minutos, sem autoria, em defesa do golpe militar de 1964. “O Exército nos salvou, não há como negar”, diz o apresentador da peça. O Planalto não comentou, mas confirmou que o material foi distribuído por seu canal oficial no WhatsApp. Ontem, houve atos em dez capitais e no Distrito Federal contra e em defesa do golpe, que completou 55 anos.POLÍTICA / PÁG. A6

Governo federal cancela instalação de radares (Metrópole / Pág. A13)

Cida Damasco
Balança a união do presidente e seus apoiadores. A chave do reequilíbrio é a economia.ECONOMIA / PÁG. B7
Notas & Informações
O descaramento dos partidos
Anistiar as sanções aplicadas pela Justiça Eleitoral e pela Receita Federal aos partidos políticos é nada menos do que aplicar um duplo golpe nos cidadãos. PÁG. A3
Incompetência e descaso
O progresso científico e seus benefícios para a saúde da população esbarram na incúria do poder público. PÁG. A3
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Reforma garante privilégio para policiais e carcereiros
Base eleitoral de Bolsonaro, servidores terão direito a aposentadoria integral
A reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro recupera privilégios para grupos integrantes da base eleitoral do presidente: policiais civis e federais, além de agentes penitenciários e socioeducativos. Pelo texto enviado ao Congresso, eles terão direito a aposentadoria integral.
Esses servidores poderão se aposentar com o valor igual ao do salário recebido no último cargo, mesmo que tenham ingressado no setor público depois de dezembro de 2003. Naquela data, a aposentadoria do funcionalismo passou a ser calculada pela média dos salários recebidos. A diferença no valor pode chegar ao dobro, segundo estimativa. Além da aposentadoria integral, os reajustes terão paridade com os dos servidores da ativa. Para o funcionalismo público em geral, a reforma só prevê tais benefícios aos homens que atingirem 65 anos e às mulheres de 62 anos. Para isso, têm também de ter entrado até o fim de 2003. A razão do benefício não é explicada pelo governo. A Secretaria da Previdência afirmou apenas que manteve no texto o acordo feito na negociação da versão anterior da reforma, feita no governo de Michel Temer (MDB) em 2017. (Mercado A16)

Brasil frustra Israel e só terá um escritório em Jerusalém
Como já era esperado, Jair Bolsonaro recuou da mudança da embaixada brasileira em Israel de Tel Aviv para Jerusalém. Ele havia prometido o gesto, que na prática reconheceria a cidade como capital israelense, durante a campanha e também para o premiê Binyamin Netanyahu. Em seu primeiro dia de visita a Israel, Bolsonaro anunciou apenas um escritório comercial na cidade. “Eu gostaria de acreditar que esse é o primeiro passo para a abertura de uma embaixada”, disse Netanyahu, que contava com o anúncio para sua campanha eleitoral. O recuo ocorreu após a pressão de países muçulmanos importadores de carne, que consideram Jerusalém a capital da Palestina. A possibilidade de haver um boicote assustou o agronegócio brasileiro. (Mundo All)

ENTREVISTA DA 2a – Paulo Skaf
Nova política deve aceitar o diálogo entre os Poderes
Para o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, a chamada nova política defendida por Jair Bolsonaro não pode significar ausência de diálogo entre os Poderes. Na semana passada, Planalto e Câmara entraram em choque. “O único regime que aceitamos é a democracia, que pressupõe política e políticos”, diz. (A14)

Planalto divulga vídeo com elogio à ação dos militares em 64 (Poder A6)

Manifestações contra e a favor do golpe têm confrontos (Poder A6)
55 anos do golpe
Fernando Haddad
É preciso chamar horror pelo nome (Opinião A3)
Castello Branco
Exército atendeu a apelo do povo
Para falar de 64, é preciso contextualização histórica. As novas gerações devem entender que havia uma guerra (Opinião A3)
Análise – Igor Gielow
Para agradar aliados, presidente cria uma verdadeira jabuticaba diplomática (Mundo A12)
Contra abuso, farda da PM de São Paulo terá câmera
A PM paulista iniciou a implantação de um sistema de câmeras que serão acopladas ao ombro do uniforme dos policiais. O projeto inicial de R$ 5 milhões visa coibir abusos por parte de agentes e aumentar a qualidade das provas usadas em processos judiciais. (Cotidiano B1)
Editoriais
Talvez em 2020
Sobre expectativas para a retomada da economia (A2)
Preservar o Samu
Acerca de mudanças no serviço na cidade de SP (A2)
————————————————————————————

________________________________________________________________
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.