Dilma precisa informar de que lado vai ficar

O primeiro desafio do novo governo Dilma Rousseff é esclarecer para qual lado pretende ir. Aumentar imposto? Ok, mas de quem? Cortar gastos? Ok, mas onde a tesoura vai agir? Melhorar a produtividade? Ok, mas reduzindo lucros indecentes ou sacrificando salários? Já é hora de informar o público, não, presidente?

Bancos à espera de alta maior de juros

O PIB do terceiro do trimestre subiu apenas 0,1%, o que tira o país da recessão técnica. Mesmo assim os bancos apostam em alta de 0,50 ponto percentual na Selic esta semana. Para os analistas, os preços administrados e o câmbio ainda vão impactar a inflação…

Dilma busca apoio para mudar LDO

Em reunião hoje com líderes aliados na Câmara e no Senado, a presidente fará apelo para a votação do projeto que altera a meta fiscal prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) deste ano. Na semana passada, o governo foi derrotado devido a uma rebelião na base…

Leia mais: Se a LDO for aprovada a gastança não terá responsabilidade nenhuma em todos Municípios e Estados

O Globo

Manchete : Corrupção na Petrobras reduz ganho de acionistas

Parcela paga pela estatal pode cair à metade com ajuste contábil

Após recorde de R$ 8,7 bilhões no 1° semestre, valor destinado por petrolífera a investidores deverá diminuir com a revisão do balanço financeiro exigida pela auditoria. União e BNDES têm 60% dos papéis ON da empresa

O ajuste contábil que a Petrobras terá que fazer no seu balanço financeiro deverá reduzir os dividendos, ou seja, a parcela de lucro distribuída aos acionistas. Analistas estimam que, co colocar no balanço o custo da corrupção, a empresa reduzirá os dividendos para até R$ 0,17 por ação ON ou menos da metade do R$ 0,37 antes previsto. Essa queda virá após a empresa ter distribuído R$ 8,7 bilhões em dividendos no 1° semestre, o maior valor desde 2009. A União também será prejudicada porque, junto com o BNDES, detém cerca de 60% das ações ON da Petrobras. (Pág. 17)

Acusados aprovaram política contra propina

Ex-diretores presos na Lava-Jato aprovaram políticas de combate à corrupção da Petrobras. (Pág. 3)

‘Perdi para organização criminosa’, diz Aécio

Na TV, tucano disse que o crime organizado se instalou em empresas comandadas pelo PT. (Pág. 4)

Dilma busca apoio para mudar LDO

Em reunião hoje com líderes aliados na Câmara e no Senado, a presidente fará apelo para a votação do projeto que altera a meta fiscal prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) deste ano. Na semana passada, o governo foi derrotado devido a uma rebelião na base. (Pág. 18)

Beltrame ordena busca a assassinos de PMs

Secretário convoca reunião para combater onda de violência. este ano, 105 policiais já foram mortos

O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, convocou para hoje uma reunião com representantes da cúpula das polícias Civil e Militar para discutir estratégias de combate à onda de violência contra policiais. Em uma semana, cinco PMs foram assassinados no Rio, dos quais três na madrugada de ontem. (Págs. 7 e 8)

Vásquez vence com ampla vantagem

O candidato da Frente Ampla, Tabaré Vásquez, foi eleito pela segunda vez presidente do Uruguai, com 53% dos votos, apontou a boca de urna, que deu ao rival 41%. (Pág. 23)

Farc reabrem porta às negociações

A guerrilha atendeu ao presidente santos e soltou um general e 2 reféns, reabrindo caminho às conversas de paz na Colômbia. (Pág. 24)

Aids – Gays mais expostos

Trinta anos após a explosão da epidemia, preconceito faz dos gays os mais expostos: até 15% têm HIV, contra 0,6% da população toda. (Pág. 21)

Ricardo Noblat

Dilma vai às compras

Quem disse a maior bobagem da semana passada? Gilberto Carvalho, ministro-chefe da Secretaria-Geral da presidência da República, ao comentar a escolha de Joaquim Levy para futuro ministro da Fazenda? Aécio Neves, senador do PSDB, pelo mesmo motivo? Ou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que parece não ter assimilado a reeleição da presidente Dilma Rousseff e mais uma derrota do seu partido? (Pág. 2)

Editorial

Tema em discussão : O caso da refinaria de Pasadena

Uma falcatrua

Ao se começar a desvendar o esquema de corrupção na Petrobras, caiu por terra a defesa desse negócio. (Pág. 14)

O Estado de S.Paulo

– Quase todo o PP está ligado a propinas, acusa Youssef

– Tabaré, aliado de Mujica, é eleito no Uruguai

– Montadoras têm recorde de férias coletivas

– Farc libertam general e dois reféns na Colômbia

– Seca em SP se converte em questão da Fuvest

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete : Porto Alegre lidera casos de Aids no País

Informação será confirmada hoje pelo Ministério da Saúde. Rio Grande do Sul é considerado como local crítico por programa das Nações Unidas sobre a doença. (Sua Vida | 30 e 31)

Sem albergues, 2,3 mil presos ficam em casa

Justiça diz que situação foi do caos ao colapso na Grande Porto Alegre. (Notícias | 8 e 9)

————————————————————————————

Valor

Levy quer novo modelo de financiamento a empresas 

Ao mesmo tempo que prepara as medidas fiscais para viabilizar o superávit de 1,2% do PIB em 2015, o ministro indicado para a Fazenda, Joaquim Levy, foca a atenção também no desenho de um novo modelo de financiamento. O propósito é mitigar o efeito contracionista da política fiscal e viabilizar uma retomada mais rápida do crescimento em bases diversificadas e competitivas.

Restos a pagar já superam previsão de investimento 

O governo deve iniciar o próximo ano com uma previsão orçamentária para novos investimentos menor que o valor devido por obras já realizadas ou em execução. Relatório da Câmara revela que a rubrica “restos a pagar” (despesas cujo pagamento o governo adia para o ano seguinte) chegou a R$ 89,7 bilhões até o dia 10 de novembro. A previsão de investimento em 2015 é de R$ 67,2 bilhões.

Ambev luta contra multa bilionária 

O Conselho Administrativo de Recursos Fiscais condenou a Ambev a pagar uma multa bilionária relativa à amortização de ágio em operações relacionadas à tomada de controle da empresa pela belga Interbrew, em 2004. No balanço de 2013, a Ambev vincula à autuação o valor de R$ 3,9 bilhões, mas fontes dizem que o montante ultrapassa R$ 5 bilhões.

Fiança leva CEF e Santander à Justiça 

Um empréstimo concedido para a construção do Porto de Açu, da OSX, do empresário Eike Batista, contrapõe Caixa Econômica Federal e Santander em uma disputa na Justiça. Contrapõe Caixa Econômica Federal e Santander em uma disputa na Justiça. A Caixa, que fez o empréstimo em 2012, cobra R$ 515 milhões do Santander por conta da fiança prestada pelo banco espanhol para … . A Caixa informou à Justiça que, sem a fiança do Santander, terá reduzida em cerca de R$ 4,6 bilhões sua …

Cresce uso de máquinas em usinas de AL 

A mecanização nos canaviais avança nas terras planas do sul de Alagoas. É uma das poucas regiões nordestinas onde a cana pode ser plantada e colhida com máquinas. Ainda que com atraso em relação ao Centro-Sul, o uso de máquinas nas usinas da região está ajudando em uma redução de custos da ordem de 20% em relação à colheita manual. As regiões nordestinas onde a cana pode ser plantada e colhida com máquinas. Ainda que com atraso em relação ao Centro-Sul, o uso de máquinas nas usinas da região está ajudando em uma redução de custos da ordem de 20% em relação à colheita manual. Esse movimento ganhou impulso…

Brasil Econômico

Manchete : “Se Dilma for coerente, tem que tirar a banda podre da Petrobras”

Integrante da equipe energética do primeiro mandato de Lula, o diretor da Coppe/UFRJ Luiz Pinguelli Rosa se diz perplexo em relação às somas que vêm sendo relacionadas no escândalo de corrupção da Petrobras. E, também, com a falta de indignação do “sindicalismo de esquerda” diante das notícias sobre a maior estatal do país, que seria vítima de arranjos partidários e “processos viciados”. Para ele, Dilma Rousseff cometeu erros no setor elétrico, ao esperar demais para acionar as térmicas no ano passado. (Págs. 4 a 7)

Térmicas a gás dominam leilão da Aneel

Depois de três anos sem participar por causa de dificuldades na oferta do combustível, três usinas responderam por 61,5% dos 4,9 mil MW contratados em leilão para 2019. Parte do gás será importado. (Pág. 3)

Bancos à espera de alta maior de juros

O PIB do terceiro do trimestre subiu apenas 0,1%, o que tira o país da recessão técnica. Mesmo assim os bancos apostam em alta de 0,50 ponto percentual na Selic esta semana. Para os analistas, os preços administrados e o câmbio ainda vão impactar a inflação. (Págs. 8, 20 e Luiz Sérgio Guimarães Pág. 22)

Alta de 0,1% do PIB com sabor de estagnação

Variação positiva no terceiro trimestre não sinaliza recuperação da economia, dizem analistas. País deve fechar 2014 no azul, mas com crescimento bem pequeno, entre 0,2% a 0,3%. (Pág. 8)

Depois de cinco meses, governos têm superávit

Resultado, porém, é o pior em 12 anos e reforça aposta em ajuste pesado em 2015. (Pág. 9)

Mosaico Político

Gilberto Nascimento

SP: BÔNUS GERA INVESTIGAÇÃO

Diretores da estatal Companhia Paulista de Parcerias (CPP), do governo de São Paulo, são citados em um inquérito civil aberto no Ministério Público do Estado por receberem bônus (participação nos resultados) da empresa, supostamente, de forma ilegal. O MP paulista investiga a denúncia, que pode virar uma ação. (Pág. 2)

Olhar do Planalto

Sonia Filgueiras

JUNTOS NO PLANALTO

Trabalhando juntos na mesma sala, ao lado do gabinete da presidenta Dilma Rousseff no 3º andar do Palácio do Planalto, os futuros ministros da Fazenda, Joaquim Levy e do Planejamento, Nelson Barbosa, já estão examinando as medidas de redução de gastos capazes de produzir o superávit primário de 1,2% do PIB em 2015. (Pág. 11)

O mercado como ele é…

Luiz Sérgio Guimarães

COPOM DEVE ACELERAR SELIC

Em sua última reunião de 2014, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central deverá acelerar o ritmo de alta da Selic na próxima quarta-feira. (Pág. 22)

Ponto Final

Octávio Costa

O PT, O LIMÃO E A LIMONADA

No sábado à noite, talvez em homenagem à reunião do diretório Nacional do PT em Fortaleza, o Canal Brasil exibiu o filme “Entreatos”, de João Moreira Salles, que mostra bastidores da vitoriosa campanha de Lula à Presidência em 2002. (Pág. 32)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Plano prevê taxar mais importados e cosméticos

Medida pode gerar R$ 5 bi em 2015 para reequilibrar as contas federais

O governo federal estuda incluir no pacote de aumento de tributos para ajuste de suas contas a cobrança de PIS/Cofins sobre produtos importados e a alta na taxação de cosméticos. As duas medidas podem render R$ 5 bilhões extras em 2015. A volta da contribuição que regula preço dos combustíveis (Cide) também está no plano do ministro Guido Mantega e da nova equipe econômica. Cobrada no valor máximo (R$ 0,28 por litro), a taxa hoje zerada arrecadaria R$ 14 bilhões, mas retornará de forma gradual. Os novos ministros Joaquim Levy (Fazenda) e Nelson Barbosa (Planejamento) optaram pela elevação de tributos para fechar as contas públicas, informa Valdo Cruz, a fim de evitar cortes em áreas como educação e saúde. Até outubro houve déficit de R$ 11,5 bilhões. Levy e Barbosa preparam também um corte “significativo” de despesas no Orçamento de 2015, ainda não aprovado pelo Congresso, para encorpar o plano elaborado por Mantega. (Mercado B1)

Governadores já articulam movimento pela volta da CPMF. (Poder A4)

Neri Geller afirma que não vai deixar pasta da Agricultura (Poder A7)

Mineroduto leva devastação a rios de Minas Gerais

Inaugurado em outubro, o projeto Minas-Rio, que inclui mina, porto e o maior mineroduto do mundo (529 km), está cercado de problemas ambientais, informa Patrícia Campos Mello. Há nascentes desaparecidas, rios poluídos, mortalidade de peixes e casas trincadas. A Anglo American diz que impactos herdados da MMX acabarão logo. (Mercado B6 e B7)

Vereador da CPI dos Alvarás omite R$ 6 mi em imóveis

O vereador paulistano Adilson Amadeu (PTB) omitiu ao menos R$ 6 milhões em imóveis na declaração de bens que entregou à Justiça Eleitoral neste ano, ao se candidatar a deputado estadual. Integrante da CPI dos Alvarás de São Paulo, ele afirmou que o patrimônio não declarado faz parte do acordo de separação com a sua ex-mulher. (Cotidiano C1)

Líder da centro-esquerda, Vásquez é eleito no Uruguai

Candidato do presidente José Mujica, Tabaré Vasquez, 74, venceu o segundo turno da eleição uruguaia e voltará ao cargo que ocupou entre 2005 e 2010. Ele anunciou que lançará um pacote com medidas sociais e na área de segurança e que chamará nomes da oposição para o seu gabinete, no que chamou de “grande encontro nacional”. (Mundo A10)

Conferência do clima começa com aflição e otimismo (C5)

Ricardo Melo

Dilma precisa informar de que lado vai ficar

O primeiro desafio do novo governo Dilma Rousseff é esclarecer para qual lado pretende ir. Aumentar imposto? Ok, mas de quem? Cortar gastos? Ok, mas onde a tesoura vai agir? Melhorar a produtividade? Ok, mas reduzindo lucros indecentes ou sacrificando salários? Já é hora de informar o público, não, presidente? (Poder A6)

Editoriais

Leia “Divisor de águas”, a respeito da crise hídrica em São Paulo, e “Vitória sobre infecções”, acerca de mudança de padrão da mortalidade infantil. (Opinião A2)

EBC

Edição: Equipe Fenatracoop

________________________________________________________________
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.