O Globo

Manchete: Desmatamento cresce 60% na Amazônia
Inpe mostra perda de 762,3km2 de mata em junho. Acumulado de 2019 é o pior registro desde 2016
Dados atualizados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) revelam que o desmatamento na Amazônia aumentou, em junho, quase 60% em comparação ao mesmo período de 2018: a floresta perdeu 762,3km2 de mata nativa, contra 488,4km2 de junho do ano passado. No acumulado de 2019, a destruição corresponde a uma vez e meia a área da cidade de São Paulo: 2.273,6km². É o pior registro desde 2016. A divulgação dos números do Inpe acontece três dias depois do anúncio do acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul, que tem condicionantes ambientais, e põe em risco as metas do Brasil para o Acordo de Paris. O Ministério do Meio Ambiente não se pronunciou. (PÁGINA 20)
Governo admite deixar estados fora da reforma
Diante da dificuldade de acordo com governadores, o Planalto já admite deixar estados e municípios fora da reforma da Previdência. Governadores que apoiam a inclusão não têm força para obter votos necessários à aprovação do texto. As negociações continuaram na noite de ontem, e hoje haverá outra reunião. (PÁGINA 13)
Toffoli sobre manifestações: ‘Ministros têm que ter couro’
O presidente do STF minimizou pressão contra a Corte nos atos de domingo. “Quem está no Supremo tem que aguentar críticas”, disse Dias Toffoli. Deputados criticaram apoio de Bolsonaro às passeatas. (PÁGINA 4)
Paraty pode ganhar um título inédito
Município fluminense tenta se tornar o primeiro do país a virar patrimônio mundial da Unesco em categoria que une cultura e natureza. Contrapartida é a preservação. (PÁGINA 8)
Polícia Federal indicia trio por esquema de laranjas no PSL
A PF indiciou três assessores ligados ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, pelo esquema de candidaturas laranjas no PSL. Eles deixaram ontem a prisão. (PÁGINA 6)
Procurador é preso no Rio acusado de vender parecer
Acusado pelo MPF de dar parecer a favor de mudança no traçado do metrô do Rio em troca de propina de R$ 1,2 milhão, Renan Saad foi preso. (PÁGINA 7)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Professoras devem ter regra de aposentadoria mais branda
Relator da Comissão Especial deve propor tempo mínimo de contribuição de 25 anos e salário integral aos 57
O tempo mínimo de contribuição das professoras deve ser reduzido de 30 para 25 anos no texto final do relator da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara, Samuel Moreira (PSDB-SP), que será apresentado hoje. Elas também poderão ter o direito de se aposentar com o último salário (integralidade) aos 57 anos – na primeira versão do relatório, a exigência era de 60 anos. Moreira deve ainda manter taxação de 20% da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) dos bancos. Outro ponto em discussão, a inclusão de Estados e municípios na reforma é considerada “quase um milagre” entre políticos. A expectativa é de que o parecer, depois de lido, seja analisado na Comissão Especial entre amanhã e quinta, mas ainda pode ser empurrado para a semana que vem. Isso impossibilitaria a votação em plenário antes do recesso, previsto para começar no dia 18. (ECONOMIA / PÁGS. B1 e B3)

Pedro Fernando Nery
TCU decidiu que a OAB comprovará o tempo de advocacia que poderá ser levado em conta para aposentadoria de alguns juízes e promotores. Um certo deep state teima em sabotar as reformas. (PÁG. B6)

Mercosul-UE prevê elevação de tarifas em casos especiais
O acordo fechado por Mercosul e União Europeia (UE) prevê que os países dos dois blocos vão poder elevar tarifas caso haja “aumento inesperado e significativo” na importação de produtos agrícolas e industriais. A medida terá de ser temporária (dois anos, prorrogáveis por mais dois anos), mas poderá ser tomada até 18 anos após a entrada em vigor do tratado. (ECONOMIA / PÁG. B4)

‘Governo tem de dizer o que quer’
Para o ex-presidente do BNDES, que pediu demissão do cargo após críticas públicas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro, o governo precisa dar uma orientação clara sobre o que pretende para o futuro do banco. Levy afirma que faltou planejamento sobre o processo de venda de ações e participações do BNDES. “É preciso saber o que fazer com o dinheiro. O governo tem de dizer o que quer.” (ECONOMIA / PÁG. B5)

CPI sugere punição de ex-presidente da Vale
A CPI do Senado sobre o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho vai sugerir o indiciamento de 14 pessoas – entre elas Fábio Schvartsman, ex-presidente da empresa –, além da própria mineradora e da Tüv Süd, responsável por auditar a área. A Vale e Schvartsman só se pronunciarão após a apresentação hoje do relatório do senador Carlos Viana (PHS-MG). (METRÓPOLE / PÁG. A15)

SP faz projeto para regularizar 45 mil camelôs
Permissões de trabalho para camelôs serão válidas por 90 dias e será admitido um ambulante por quarteirão fora das áreas de grande concentração. Hoje, 7 mil camelôs estão legalizados – número deve subir para 45 mil. (METRÓPOLE / PÁG. A14)

Senado arquiva caso do 82º voto em eleição (POLÍTICA / PÁG. A10)

Delcídio se aposenta com R$ 11 mil mensais (POLÍTICA / PÁG. A10)

Notas&Informações
Agora, o jeito é modernizar
Modernizar é mais do que nunca um imperativo, uma condição de sobrevivência e de crescimento imposta pelo acordo entre Mercosul e União Europeia. (PÁG. A3)
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: União Européia vai reduzir tarifas mais rápido que Mercosul
Brasil negocia que acordo passe a valer após a ratificação pelo Legislativo do país, mesmo sem aprovação dos demais
O acordo assinado entre a União Européia e o Mercosul na sexta-feira (28) prevê que os europeus reduzam suas tarifas de importação de forma mais acelerada do que o corte tarifário exigido dos países sul-americanos. Cada categoria de produto terá uma regra específica. Na indústria, o bloco europeu tem até dez anos para eliminar as tarifas de importação para 100% dos manufaturados. Os membros do Mercosul terão dez anos para zerar as tarifas de 72% dos produtos industrializados e mais cinco anos para atingir o patamar de 90,8%. No setor agrícola, os europeus terão dez anos para acabar com tarifas de 81,8% das mercadorias, enquanto o Mercosul deverá cumprir um percentual de 67,4%. Partidos verdes no Parlamento Europeu ameaçam obstruir a aprovação do tratado. (Mercado A15, A16 e A18)
PF indicia 4 candidatas do PSL no caso dos laranjas
A PF indiciou quatro candidatas do PSL de Minas nas eleições de 2018, suspeitas de integrar um esquema de campanhas de laranjas para desviar verba pública. A Folha revelou o caso em fevereiro. Também foram indiciados um assessor e dois ex-auxiliares de Álvaro Antônio (Turismo), que dirigia o PSL mineiro. Sob prisão temporária, eles foram soltos ontem. (Poder A4)
Planalto não cogita saída de ministro ‘neste momento’ (A4)
Dias Toffoli tenta blindar Supremo no Congresso
Diante de propostas contra o “ativismo judicial”, o presidente do STF intensificou encontros no Legislativo. Sobre a hipótese de a corte soltar o ex-presidente Lula, disse que os ministros têm “couro suficiente” ante pressões. (Poder A8)
Ex-ministros da Ciência lançam manifesto contra governo (Bolsonaro B5)
Prevista há anos, venda de remédio fracionado é rara
Contemplada em decreto de 2006, a venda pelas farmácias de medicamentos de forma fracionada, p ara o cliente comprar só o número necessário de comprimidos, não ocorre na prática. A indústria cita dificuldade de rastrear e controlar lotes. (Cotidiano B1)
Editoriais
Corda bamba
Acerca de permanência do ministro do Turismo.
Ciência nas sombras
Sobre conhecimentos de jovens, segundo pesquisa. (Opinião A2)
————————————————————————————

________________________________________________________________
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.