A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

O Globo

Manchete: Reforma vai a 2º turno com economia de R$ 900 bi
Para o governo, suavização de regras reduziu ganho fiscal em até R$ 70 bi
Com a aprovação de destaques que modificaram o texto-base da reforma da Previdência, suavizando as regras para mulheres, homens,professores e policiais, além do pagamento de pensões, a equipe econômica estima que os ganhos fiscais serão reduzidos entre R$ 50 bilhões e R$ 70 bilhões em dez anos. “Teremos, aproximadamente, um saldo de R$ 900 bilhões”, disse o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho. A proposta de emenda constitucional enviada pelo governo previa economia de R$1,2 trilhão. Na sessão de ontem, a Câmara aprovou apenas um destaque, beneficiando os professores. Com o quorum do plenário em queda, o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), decidiu adiar o segundo turno da votação da reforma para depois do recesso parlamentar. (PÁGINA 19 e MÍRIAM LEITÃO)

STF e Senado no caminho da indicação de Eduardo
A possível indicação de Eduardo Bolsonaro para a Embaixada do Brasil nos EUA ficará nas mãos do Supremo e do Senado, instituições atacadas por bolsonaristas. Parlamentares da Comissão de Relações Exteriores veem dificuldade para aprovar a nomeação, e advogados já entraram na Justiça para impedi-la. (Página 24)

A pedido de Bolsonaro, Mourão se retrai
Depois de uma série de declarações contraditórias a Bolsonaro, o vice-presidente Mourão diminuiu sua exposição pública a pedido do próprio presidente, que felicitou, com bom humor, o silêncio do auxiliar. Um militar assumiu a comunicação da Vice-Presidência com a missão de dificultar entrevistas. (Página 6)

José Eduardo Agualusa
Brasileiros, africanos e portugueses agitam a vida cultural de Lisboa (Página 8)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Perda na Previdência deve ser compensada com MP do ‘pente-fino’
Medida antifraude nas aposentadorias pode trazer economia de R$ 220 bi em 10 anos
A Câmara encerrou ontem a votação em primeiro turno da reforma da Previdência com a análise dos destaques que alteram pontos da proposta. Entre as mudanças aprovadas, estão regras mais brandas para a aposentadoria de mulheres, professores e policiais e a redução de 20 para 15 anos do tempo mínimo de contribuição dos homens na iniciativa privada. Com isso, a previsão do governo é de que o ganho com as novas regras fique em torno de R$ 900 bilhões em dez anos, R$ 100 bilhões menos do que o piso de redução de gastos previsto pelo ministro Paulo Guedes (Economia). As perdas, no entanto, devem ser compensadas com a MP 871, de combate a fraudes previdenciárias. O governo projetava economia de R$ 9,8 bilhões no primeiro ano do pente-fino, mas novos cálculos mostram que esse valor pode chegar a R$ 22 bilhões, totalizando R$ 220 bilhões extras em dez anos, informa Adriana Fernandes. A votação da reforma em segundo turno na Câmara ficou para agosto. (ECONOMIA / PÁGS. B1, B3 e B4)

Comissão se divide sobre embaixada para Eduardo
Caso sua indicação para a embaixada do Brasil nos EUA seja confirmada, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) deve enfrentar resistência na Comissão de Relações Exteriores do Senado. Dos 17 integrantes da comissão, responsável por analisar o nome do indicado, seis disseram ser contrários, sete afirmaram ser favoráveis, três não quiseram comentar e uma senadora não se manifestou. (POLÍTICA / PÁG. A4)

Sem precedentes
Ex-embaixador nos EUA, Rubens Ricupero chamou a possível nomeação de Eduardo Bolsonaro de “medida sem precedentes na história diplomática de países civilizados”. (PÁG. A8)

Apesar de crítica de Bolsonaro, 4,2 mil novos trechos de estradas terão radar
O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, vai manter a instalação de radares em 4,2 mil trechos de estradas no País. A medida, confirmada em documento enviado à Câmara em resposta a questionamentos sobre o assunto, contraria determinação de Bolsonaro. Em março, o presidente foi às redes sociais protestar contra os equipamentos que, segundo ele, “têm o único intuito de retorno financeiro ao Estado”. Edital de 2016 prevê gasto de R$ 1 bilhão com a instalação dos equipamentos em 8 mil trechos. (METRÓPOLE / PÁG. A17)

TSE propõe voto distrital em 2020
Grupo coordenado pelo vice-presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, propôs à Câmara dos Deputados o sistema distrital misto, no qual cidades com mais de 200 mil habitantes seriam divididas em distritos, que elegeriam vereadores. (METRÓPOLE / PÁG. A10)

Ensino em casa não é evasão, diz ministra (METRÓPOLE / PÁG. A18)

Economista Thomas Piketty renunciou à discussão séria quando escreveu sobre reforma da Previdência no Brasil. (PÁG. B5)

Notas&Informações
As ruas e as instituições
As pesquisas mostram um anseio para que o governo enfrente seriamente os problemas nacionais, numa atuação coordenada com as outras esferas do Estado. (PÁG. A3)

O drama do analfabetismo
Enquanto o governo se preocupa com “marxismo cultural”, a batalha real contra o analfabetismo vem sendo perdida. (PÁG. A3)
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Câmara conclui voto da Previdência e amplia desidratação
Regras a professores também são suavizadas, e economia deve cair para R$ 900 bilhões; 2º turno fica para agosto
A Câmara concluiu ontem a votação, em primeiro turno, da reforma da Previdência, e os deputados ampliaram as concessões a algumas categorias, abrandando as regras do texto original. Após mulheres e policiais serem contemplados, professores já na ativa também foram beneficiados com a redução da idade mínima para a aposentadoria. Os dois dias de desidratação do texto-base reduziram em cerca de R$ 70 bilhões a economia prevista com a reforma, segundo cálculo do economista Paulo Tafner. Agora, o montante poupado deve ficar em torno de R$ 900 bilhões em dez anos. A apreciação da proposta em segundo turno ficou para agosto, quando a Câmara voltar do recesso. Inicialmente, o governo e o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), contavam com o fim da tramitação ainda nesta semana. (Mercado A19)

Eduardo cita hambúrguer, e Bolsonaro nega nepotismo
Cotado para a embaixada em Washington após o pai ter dito que vai indicá-lo, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) citou como experiência nos EUA ter feito intercâmbio e fritado hambúrguer. O presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem que não se trata de nepotismo: “Jamais faria isso”. Questionada, a CGU disse não ver irregularidade. (Mundo A12)

Presidente afirma ser censurado com limite no Whatsapp
Jair Bolsonaro criticou ontem a limitação no encaminhamento de mensagens pelo WhatsApp, considerando a medida uma forma de censurá-lo. O aplicativo anunciou em janeiro a redução no número de destinatários para envio de mensagens, permitindo cinco por vez. (Poder A10)

Tabata vira trunfo de Doria em choque interno do PSDB
Ameaçada de expulsão pelo PDT por ter votado pela reforma da Previdência, a deputada Tabata Amaral é cortejada pelo governador João Doria, que busca fazer dela a imagem do “novo PSDB”, em oposição à ala mais tradicional, centrada em FHC. (Poder A8)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.