Economia do país encolhe 0,6% no 2º tri, em sinal de recessão

A economia brasileira encolheu 0,6% no segundo trimestre na comparação com os três primeiros meses deste ano, segundo o IBGE. Foi o segundo trimestre consecutivo de retração, um dos sintomas de uma recessão.
Os maiores responsáveis pela queda foram investimentos (-5,3%), indústria (-1,5%) e serviços (-0,5%). A presidente Dilma (PT) classificou o desempenho como momentâneo, atribuindo a fatores como a Copa…

Procurador abre investigação sobre avião de Campos

O procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot, abriu investigação sobre se houve irregularidades no uso do jato do acidente que matou Eduardo Campos. A PF avalia a hipótese de o avião ter sido comprado com dinheiro de caixa dois de empresários ou do PSB…

O Globo

Manchete: PIB cai 0,6% no 2° trimestre e Brasil enfrenta recessão

Investimento e indústria têm forte perda

Crise foi interna, com queda de 1,6% na demanda

Recuo do Brasil só não foi pior que o da Ucrânia

Mantega culpa cenário externo, Copa e seca

O PIB brasileiro caiu 0,6% entre abril e junho, na comparação com o trimestre anterior. E, ao revisar os dados para o desempenho da economia no primeiro trimestre, o IBGE agora apurou retração de 0,2%. Com dois períodos seguidos de queda no PIB, o Brasil teve recessão técnica. Só o consumo das famílias e a agropecuária avançaram. A indústria amargou perda de 1,5%, e os investimentos recuaram 5,3%, ambos no pior desempenho desde 2009, auge da crise global.

(Págs. 01 e 29 a 34)

Datafolha: Marina empata com Dilma e vence no 2° turno

Pesquisa Datafolha divulgada ontem mostra pela primeira vez, já no 1° turno, empate entre Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT), com 34% dos votos cada uma. A ex-senadora subiu 13 pontos, e a presidente caiu dois, dentro da margem de erro. Aécio Neves (PSDB) perdeu cinco e agora está com 15%. No segundo turno, Marina venceria Dilma por dez pontos de vantagem. (Págs. 01, 03, Merval Pereira, Ilmar Franco, Ricardo Noblat e Zuenir Ventura)

Programa do PSB prevê correção de preços ‘represados pelo governo’

O programa de governo da candidata Marina Silva, divulgado ontem, prevê “corrigir preços administrados que foram represados no atual governo’) em referência à gasolina e à energia elétrica. Propõe mandato para o presidente do BC, manutenção do tripé da economia, mudanças no sistema eleitoral e ampliação do Bolsa Família. (Págs. 01, 06 e 08)

Petista chama de retrógrada e obscurantista proposta de tirar prioridade do pré-sal. (Págs. 04)

País tem maior déficit fiscal em 13 anos: R$ 4,7 bi

Pelo terceiro mês seguido, o governo gastou mais do que arrecadou. União, estados, municípios e estatais tiveram um déficit fiscal de R$ 4,7 bilhões, o pior resultado para julho desde 2001. O BC atribuiu o resultado à economia fraca. (Págs. 01 e 33)
Zveiter será relator de recurso de André Vargas (Págs. 01 e 11)

————————————————————————————

Zero Hora

Após racismo, as punições.

Xingamentos ao goleiro Aranha (foto), do Santos, podem levar os autores a processo por injúria racial e penalizar o Grêmio. Torcedora identificada foi afastada do emprego. Jogo de volta na Copa do Brasil está suspenso.
(Págs. 01 e Opnião 4, 26, 27 e Esporte 34, 36)

O semestre que fez a economia encolher

Brasil fecha dois trimestres seguidos com recuo no PIB. Governo culpa cenário internacional, seca e número de feriados. (Págs. 01 e Notícias 16 a 8 e 25)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Marina cresce e empata com Dilma

Candidata do PSB sobe 13 pontos e chega a 34%, mesmo número da petista, mostra Datafolha; Aécio cai para 15%.

Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB) estão empatadas com 34% das intenções de voto, cada uma, na corrida à Presidência. É o que mostra pesquisa Datafolha finalizada ontem (29).

No segundo turno, Marina seria eleita com dez pontos percentuais de vantagem em relação à atual presidente: 50% contra 40%.

O cenário mostra o fortalecimento da candidatura da ex-ministra. No levantamento anterior, há duas semanas, Dilma tinha 36%, e Marina, 21% dos votos do eleitor no primeiro turno.(Págs. 01 e Poder 1,A4 e A6)

Análise Mauro Paulino e Alessandro Janoni: Ex-senadora tem agora seu melhor momento

Marina Silva (PSB) supera seu recall de 2010 (quando teve 18%) e sua melhor marca no Datafolha em 2014 (27% em abril). Sobre o segundo turno, é cedo para conclusões. A vitória da ex-ministra vai depender do grau de cristalização de seu novo eleitorado. (Págs. 01 e Poder 1 e A6)

Fernando Rodrigues: Resultado comporá imagem negativa de gestão da presidente (Págs. 01 e Mercado 01, B4)

Economia do país encolhe 0,6% no 2º tri, em sinal de recessão

A economia brasileira encolheu 0,6% no segundo trimestre na comparação com os três primeiros meses deste ano, segundo o IBGE. Foi o segundo trimestre consecutivo de retração, um dos sintomas de uma recessão.
Os maiores responsáveis pela queda foram investimentos (-5,3%), indústria (-1,5%) e serviços (-0,5%). A presidente Dilma (PT) classificou o desempenho como momentâneo, atribuindo a fatores como a Copa. (Págs. 01 e Mercado 1, B1)

Procurador abre investigação sobre avião de Campos

O procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot, abriu investigação sobre se houve irregularidades no uso do jato do acidente que matou Eduardo Campos. A PF avalia a hipótese de o avião ter sido comprado com dinheiro de caixa dois de empresários ou do PSB. (Págs. 01 e Poder 1 e A8)

Ministério Público Federal pede fim de inquérito sobre Chalita. (Págs. 01 e 03)

Procurador abre investigação sobre avião de Campos

O procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot, abriu investigação sobre se houve irregularidades no uso do jato do acidente que matou Eduardo Campos. A PF avalia a hipótese de o avião ter sido comprado com dinheiro de caixa dois de empresários ou do PSB. (Págs. 01 e Poder 1 e A8)

EBC

Edição: Equipe Fenatracoop

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.