O Globo

Manchete : Amigos de Temer já foram denunciados à Justiça
Ação investiga ‘quadrilhão do PMDB’
Ministério Público acusou, no dia 21, José Yunes e coronel Lima de integrar organização criminosa ligada ao partido

Seis dias antes de o STF autorizar seus mandados de prisão, o advogado José Yunes e o coronel João Baptista Lima foram denunciados pelo Ministério Público à 12ª Vara Federal de Brasília. Amigos do presidente Michel Temer, eles foram acusados de integrar organização criminosa ligada ao PMDB, como intermediários de propina. As provas serão remetidas à Procuradoria-Geral da República para auxiliar nas investigações que envolvem Temer e elevam a pressão por acordos de delação. Em depoimento na investigação sobre o decreto dos portos, o dono da Rodrimar, Antonio Celso Grecco, reconheceu ter pedido ajuda a Temer, que teria respondido: “Vou ver o que posso fazer.” (PÁGINAS 3 a 6)

Indústria aquece emprego formal
Uma indústria diversificada e voltada à exportação garantiu a criação de emprego nas cidades que mais abriram vagas formais no Brasil em 2017. Em Joinville, campeã nacional, foram 5.467 postos de trabalho. No Estado do Rio, Resende foi o município de melhor desempenho, com 1.306 vagas. (PÁGINA 21)

Juízes e MP fazem manifesto
Mais de 500 juízes e procuradores assinaram manifesto que será entregue ao STF na segunda-feira a favor da prisão em 2ª instância. Na Corte, o julgamento que pode levar o ex-presidente Lula, condenado pelo TRF-4, à cadeia será realizado na quarta. (PÁGINA 8)

Rocinha vive guerra mais letal em 4 anos
Em seis meses, ocorreram 60% das mortes desde 2014
A Rocinha nunca esteve tão violenta. Desde que ganhou uma delegacia em 2014, a favela registrou 91 assassinatos. Desse total, 60% aconteceram só nos últimos seis meses de guerra. Anteontem, Davidson de Sousa foi morto a tiro com o filho nos braços. Em Copacabana, houve ato por crianças mortas. (PÁGINAS 10 a 13)

Míriam Leitão
LONGA NOITE
Falsificadores de passado inventam virtudes para a ditadura de 64. (PÁGINA 22)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Prisão em 2º grau mobiliza mais de mil juízes e promotores
Representantes do MP e da magistratura aderem a abaixo-assinado que será entregue aos ministros do Supremo
Representantes dos Ministérios Públicos e da magistratura de todo o País planejam entregar, segunda-feira, abaixo- assinado pela defesa da prisão após segunda instância aos 11 ministros do STF. Mais de mil promotores, procuradores e juízes haviam assinado o documento até a noite de ontem. Esta é a maior ofensiva de juristas pela execução de pena após segunda instância. Entre os signatários está o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força- tarefa da Lava Jato em Curitiba. Na próxima quarta-feira, o plenário do STF analisará o mérito do pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que, condenado a 12 anos e 1 mês de prisão, espera receber o aval para aguardar em liberdade a análise de todos os recursos que serão apresentados às instâncias superiores. Há nove dias, o STF concedeu liminar assegurando a liberdade do ex-presidente até o julgamento do habeas corpus. (POLÍTICA / PÁG. A8)

PF acha papéis com citação a Temer na Rodrimar
A Polícia Federal apreendeu na sede da Rodrimar, em Santos, folhas de papel com citação ao presidente Michel Temer e à Argeplan, controlada pelo coronel reformado José Baptista Lima Filho. A Rodrimar foi um dos alvos da Operação Skala, que apura supostos benefícios à empresa na edição do Decreto dos Portos. O Planalto disse em nota que Temer é vítima de uma trama para impedir sua candidatura à reeleição. (POLÍTICA / PÁG. A6)

Ministros usam cargo para fazer campanha
Os ministros que deixam o governo em abril para disputar as eleições agendam eventos públicos em seus redutos eleitorais ou em Brasília. Onze ministros intensificaram ações nas últimas semanas. O TSE deve ficar mais rigoroso na análise de casos de suspeita de propaganda antecipada. (POLÍTICA / PÁG. A4)

Maluf vai para casa
Em jatinho particular, deputado Paulo Maluf viajou de Brasília para SP, onde cumprirá pena em prisão domiciliar. (POLÍTICA / PÁG. A8)

Penduricalhos na conta de luz somam R$ 4 bi
Relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) mostra que o consumidor de energia pagou R$ 4 bilhões em 2017 por penduricalhos na conta de luz. As despesas incluem subsídios para produtores rurais e para empresas de água e esgoto. Segundo a Corte, a Aneel não fiscaliza os programas. (ECONOMIA / PAGS. B1 e B4)

João Domingos
Se Joaquim Barbosa tem potencial para crescer na eleição, seus pontos fracos são vários. (POLÍTICA / PÁG. A6)

Adriana Fernandes
Risco de denúncia contra Temer coloca para escanteio agenda de medidas econômicas. (ECONOMIA / PÁG. B7)

Notas&Informações
Que Supremo é este?
Os ministros transmitem à sociedade a mensagem de que a lei sãoeles, que decidem desta ou daquelaforma porque podem ou porque querem. (PÁG. A3)

O buraco negro do caminho
Uma crise de insolvência pública será um desastre para a economia nacional. (PÁG. A3)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Temer reage e diz que querem tirá-lo da vida pública
Após prisão de amigos do presidente, Planalto afirma em comunicado que autoridades usam métodos totalitários
Após a prisão de dois de seus amigos mais próximos, o presidente Michel Temer (MDB) reuniu-se com ministros e assessores no Palácio do Alvorada e divulgou nota com ataques a autoridades que, segundo ele, tentam destruir sua reputação por meio de métodos totalitários. “Sem ter fatos reais a investigar, autoridades tentam criar narrativas que gerem novas acusações”,diz o comunicado da Presidência. O texto segue linha de raciocínio adotada nos bastidores do Planalto. A tese é que as prisões foram decretadas para forçar delações premiadas que embasem uma terceira denúncia contra Temer — as duas anteriores, de 2017, foram rejeitadas pela Câmara do sDeputados. Preocupa o Planalto o foco da Polícia Federal no presidente. Ontem, foram tomados os primeiros depoimentos da Operação Skala. A nota também atribui fins políticos às investigações sobre o setor portuário. “O atropelo dos fatos e da verdade busca retirar o presidente da vida pública (…). Bastou a simples menção a possível candidatura para que forças obscuras surgissem para tecer novas t)ramas sobre velhos enredos.” Temer ainda estuda fazer um pronunciamento em rede nacional no início da próxima semana. (Poder a4

Taxa ao aço faria Brasil perder R$ 1,1 bi em exportação
A aplicação pelos americanos de uma sobretaxa ao aço importado do Brasil, anunciada por Donald Trump, afetaria pelo menos 13% das vendas externas e causaria perdas de US$ 350 milhões (cerca de R$ 1,1 bilhão) se comparadas a 2017. Os dados inéditos são do Ipea. A medida provocaria queda de 1,2% no nível de atividade no setor. Além do Brasil, os mais afetados são Japão, China e países europeus como a Alemanha. (Mercado a13)

Pré-candidato, Bolsonaro falta mais à Câmara
Com intensa agenda de pré-candidato à Presidência, Jair Bolsonaro (PSL) faltou a mais sessões obrigatórias da Câmara em 2017 do que nos anos anteriores. A taxa de ausências sem justificativa do deputado federal passou de 3,2%, em 2015 e 2016, para 13,5%. Além disso, as proposições de sua autoria em 2017 caíram pela metade em relação a 2016. (Poder a8)

Após decisão do Supremo, Maluf começa a cumprir pena nos Jardins (Poder a6)

Hélio Schwartsman
A figura do vice já não faz sentido e custa muito caro
Nos próximos dias, paulistanos seremos governados por três vices: Temer, Márcio França e Bruno Covas. É tolice contestar a legitimidade deles, mas é próprio da democracia discutir as normas. Defendo acabar com a figura dos vices. Eles são uma relíquia do século 19. (Opinião a2)

Oscar Vilhena Vieira
Políticos e Justiça travam batalha sem precedentes
Ao lançar políticos dos mais variados espectros no banco dos réus, o Poder Judiciário atraiu para si poderosos adversários, inclusive dentro dos próprios tribunais. Os recentes conflitos no Supremo não devem ser tomados como rixas ou destemperos pessoais. (Cotidiano b2)

Editoriais
Leia “Bancos em débito”, em defesa de concorrência no setor, e “Maus lençóis”, sobre desgaste de Trump após relato de atriz de filmes pornográficos. (Opinião a2)

————————————————————————————

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.