O novo mínimo turbina-economia – Onde investir em 2012 – A era da inteligência social – Brasil: Seio siliconado inquieta mulheres – Governo demonstra uma preocupação em conter a alta da criminalidade – Brasil vira um eldorado para jovem europeu – Oposição pede a Bezerra Coelho explicações sobre emendas – Produção levada pela enxurrada – Corações e pés enlameados – Aposentadoria, nem pensar!…

O Globo

Manchete: A vida que renasce da tragédia

Um ano depois, sobreviventes da enxurrada na Serra ainda lutam para retomar a rotina

Um ano após a tragédia na Serra, que deixou 918 mortos e 215 desaparecidos, Verônica Dutra e o marido, Fernando Pfister, preparam-se para a chegada de um bebê. Verônica, que perdeu os quatro filhos na enxurrada e não podia mais engravidar, fez inseminação artificial, paga por um empresário, que também doou uma casa para a família. Como outros sobreviventes, o casal tenta reconstruir a vida. Já a reconstrução das cidades patina na lama. O cenário é quase o mesmo de um ano atrás.

Aproveitadores encheram os bolsos com a catástrofe.

União cobra de volta R$ 10 milhões que foram desviados. (Pág. 1 e Caderno Especial)

Coiotes alimentam tráfico de haitianos

Imigrantes ilegais relatam casos de roubo, estupros e mortes na viagem para o Brasil

Um mesmo roteiro foi seguido pelos quase 2 mil haitianos que entraram ilegalmente no Acre. Todos compraram um pacote de viagem por 2,6 mil numa agência da República Dominicana, viajaram para Panamá, Lima e, de ônibus ou a pé, entraram no Brasil. Muitos, no meio do trajeto, caíram nas mãos de coiotes – agentes de rede de tráfico de pessoas, mais comumente vistos na fronteira entre México e EUA. Os haitianos pagaram seguidos pedágios de US$ 50, foram roubados e há relatos de estupros e mortes no caminho. No Brasil, o sonho de ganhar salários de até R$ 4 mil virou decepção, conta CLEIDE CARVALHO. (Págs. 1, 3 e 4)

Caetano Veloso

Apesar da fase sombria, a Bahia manda dizer que está viva. (Pág. 1 e Segundo Caderno)

O martírio público do Senhor Diretas

Como Ulysses sofreu com os boatos e especulações sobre sua doença. (Págs. 1 e 14)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Brasil entra em 2012 como preferido dos investidores

Captação externa mostra que otimismo com o País permanece, mas situação europeia é ameaça

Nos cinco primeiros dias úteis de 2012, o Tesouro e duas empresas privadas captaram juntos US$ 2,6 bilhões no mercado externo, o que mostra que o Brasil se mantém no centro do interesse dos investidores globais. Se esse ritmo fosse mantido pelas outras 51 semanas do ano, seria três vezes superior ao de 2011, quando as emissões atingiram US$ 38,5 bilhões. O Estado apurou que muitas empresas, entre as quais Itaú, Banco do Brasil e Petrobrás, estão na fila aguardando a chance de levantar dinheiro. Mas a situação europeia pode comprometer essa janela de oportunidade. Executivos alertam que, de fevereiro a abril, países problemáticos – Espanha, Itália, Portugal e Grécia – terão altos volumes de dívida para refinanciar. (Págs. 1 e Economia, B1)

Economia sustentável

O economista Edmar Bacha diz que o Brasil precisa aproveitar a alta das commodities para promover o crescimento sustentável. (Págs. 1 e Economia, B4)

Especial: o Brasil que inova

Cidades onde nasce a tecnologia

O Estado inicia hoje uma série de reportagens sobre os polos tecnológicos do Brasil. Cidades como São José dos Campos (SP) veem surgir empresas de alta tecnologia ao redor de universidades. (Págs. 1 e Economia, B10 e B11)

Haiti: Lei da Selva

Dois anos depois do terremoto que arrasou o Haiti, 500 mil pessoas seguem vivendo em barracas e, na divisão da ajuda humanitária, prevalece a lei do mais forte, relata o enviado especial Lourival Sant’Anna. (Págs. 1 e Internacional, A17)

Fot-legenda: Marie-Claire: ‘A comida fica com os mais fortes’

Aliás

Tratada como um animal

Sobrevivente do regime repressivo da Coreia do Norte, Kim Hyesook relata a Jamil Chade as humilhações dos campos de concentração. Ela presenciou execuções e canibalismo. “Éramos animais.” (Págs. 1 e J8)

Ministro faz de Petrolina uma terra sem crise

O ministro Fernando Bezerra Coelho (Integração Nacional), que privilegiou Pernambuco na destinação de verbas, virou “embaixador” de Petrolina, onde pretende eleger o filho prefeito. Em dezembro, ele liberou R$ 35,7 milhões para obras. (Págs. 1 e Nacional, A4)

Brasileiras com prótese de mama serão rastreadas (Págs. 1 Vida, A23)

Exame revela que Cristina Kirchner não tinha câncer (Págs. 1 e Internacional, A18)

Mac Margolis

Novo polo de imigração

Reeditando a história, o Brasil escancara as portas para os imigrantes europeus, mas também para os latinos. Será que as manterá abertas? (Págs. 1 e Internacional, A18)

Dora Kramer

Casa de concordância

Tanto na Câmara quanto no Senado, o governo de Dilma conta com cerca de 80% dos parlamentares. Nem Lula conseguiu isso. (Págs. 1 e Nacional, A5)

Notas & Informações

A culpa não é das chuvas

A culpa da destruição não é do mau tempo, mas das autoridades, em todos os níveis de governo. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Supersalários? Só para Mantega & cia

Assessores de Dilma que mais se opõem a reajustes para servidores dão um jeitinho de ganhar bem acima do teto do funcionalismo

Para engordarem o contracheque e embolsarem rendimentos superiores a R$ 26,7 mil estipulados como teto constitucional, integrantes da equipe econômica e outros seletos funcionários do primeiro e segundo escalões contam com uma ajuda extra: as participações, também conhecidas como jetons, em conselhos administrativos e fiscais de instituições estatais e até privadas. Esse grupo de privilegiados recebe entre R$ 28,8 mil e R$ 45,7 mil, como mostra reportagem de Ana D’Angelo e Cristiane Bonfanti. (Págs. 1 e 8)

A grande família Bezerra

Ministro da Integração Nacional amplia sua área de influência com parentes em cargos estratégicos. (Págs. 1, 2 e 3)

Aposentadoria, nem pensar!

Para continuar ativos, idosos brasileiros apostam na abertura do próprio negócio. Hoje, eles já somam mais de 3 milhões de empreendedores no Brasil. Vera Regina de Oliveira está cheia de planos. Dona de um ateliê, a artista plástica aproveitará a Copa para fazer serigrafias em canecas e outros objetos. (Págs. 1, 12 e 13)

Jogo do bicho corre solto na Esplanada

Pelo menos mil pessoas trabalham para quatro bicheiros que comandam a jogatina na capital. As apostas são feitas abertamente perto dos prédios dos ministérios e nos centros das cidades do DF. Os contraventores locais têm forte ligação com os do Rio de Janeiro. (Págs. 1, 21 e 22)

Argentina

Biópsia descarta câncer de tireoide em Kirchner. (Págs. 1 e 18)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Víttimas de um eterno descaso

Restou à dona de casa Valdezita Caldeira dos Santos, além do apoio da família, o retrato dos seis filhos tragados pela tragédia. Ela e milhares de outros mineiros perderam parentes e bens não apenas nas torrentes de lama dos períodos chuvosos, mas também nos gabinetes da omissão, que há 17 anos têm negado recursos suficientes para obras de infraestrutura. Nem mesmo o peso político dos 853 municípios, segundo maior colégio eleitoral do país, influenciou as decisões do governo federal. Minas ocupa o quarto lugar em repasse de recursos. Perde para o Rio, São Paulo e até para o Distrito Federal. Enquanto isso, o medo predomina nas encostas, nas margens de rios e córregos e nas estradas ultrapassadas.

Foto-legenda: “Vivo porque minha família e a do meu novo companheiro não me deixam só, sem carinho. Mas a dor é eterna”.

Valdezita Caldeira dos Santos, de 46 anos, que perdeu os seis filhos em um deslizamento

Corações e pés enlameados

Mineiros que perderam parentes e bens em tragédias contam seus dramas e milhares de outros tentam se reerguer do caos dos últimos
dias. Cidades esvaziadas, cobertas de destroços, lama e chorando pelos seus mortos e prejuízos materiais puderam respirar ontem.

Não choveu forte em boa parte do estado. As águas começaram a baixar e em alguns municípios, como Betim, moradores saíram em busca de água e alimentos, enquanto as máquinas chegam para a limpeza das ruas. (Pág. 1)

Ministro vai explicar repasse de verbas (Págs. 1)

Heróis de uma noite trágica

Em quadrinhos, o EM reconta a ação de quatro policiais militares no resgate de moradores de um prédio no Bairro Caiçara, Região Noroeste de BH. Eles agiram no exato momento em que as paredes ruíam. Uma pessoa morreu. (Págs. 1, 3, 4, 7, 8 E 21 A 25)

Produção levada pela enxurrada

Fábricas destruídas, comércio esvaziado e mercadorias perdidas abrem um buraco na economia de municípios mineiros atingidos por temporais. (Págs, 1 e 14)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Nova classe média agora quer qualidade

Depois do acesso aos bens de consumo, como o aumento na renda e no crédito, famílias classificadas como classe C desejam produtos de valor agregado e serviços como diversão e cultura. (Pág. 1 e Economia, 4)

SUS vai bancar tratamento para AVC no Pelópidas da Silveira

Governo Federal custeará a terapia que injeta remédio para dissolver o coágulo e restabelecer o fluxo sanguíneo no cérebro. Unidade do Curado prepara-se para compor a rede nacional que vai disponibilizar o serviço. (Pág.1 e Cidades, 2)

Sisu já atraiu 1,2 milhão de inscrições

Sistema que relaciona candidatos que fizeram o Enem para as vagas nas universidades públicas têm número recorde de acessos. (Pág. 1 e 20)

Oposição pede a Bezerra Coelho explicações sobre emendas (Pág. 1, 11 e 13)

Acidente com ônibus e caminhão na Paraíba deixa sete mortos (Pág. 1 e 20)

Brasil vira um eldorado para jovem europeu

Com a crise econômica no Velho Continente, país se tornou um destino cobiçado para estudo ou trabalho. (Págs. 1 e Economia, 7)

Governo demonstra uma preocupação em conter a alta da criminalidade (Págs. 1 e Cidades, 2)

Brasil: Seio siliconado inquieta mulheres (Págs. 1 e Cidades, 2)

————————————————————————————

Veja

Manchete: O estouro do silicone

Uma marca de prótese defeituosa vira caso de polícia na França, afeta milhares de pacientes no Brasil e reabre a questão sobre a segurança da cirurgia cosmética mais popular entre as mulheres. (Pág. 1)

Kodak

Por que ela não sobreviveu na era digital. (Pág. 1)

Estados Unidos

O mórmon Mitt Romney pode desafiar Obama. (Pág. 1)

————————————————————————————

Época

Manchete: Use o Facebook para emagrecer…

… e também os blogs, o Twitter, os fóruns, as redes sociais e os aplicativos de celular.

– Novos estudos mostram por que é tão difícil perder peso

– As dez dicas de saúde de Marcio Atalla para 2012

– Walcyr Carrasco: “O prazer é gordo”. (Pág. 1)

O sedutor

Como o deputado Gabriel Chalita conquistou Dilma, Geraldo Alckmin e Michel Temer. (Pág. 1)

Tragédia

O eterno descaso do Poder Público e as enchentes de janeiro. (Pág. 1)

————————————————————————————

ISTOÉ

Manchete: A era da inteligência social

Novos estudos mostram como a capacidade de lidar com as outras pessoas e entender os sentimentos alheios pode definir o sucesso no trabalho, em família e na vida afetiva.

E mais:

– Como desenvolver as seis habilidades fundamentais da arte de se relacionar

– Cientistas descobrem o gene da gentileza. (Pág. 1)

Fichas manchadas

Centenas de prefeitos denunciados por corrupção tentam a reeleição. (Pág. 1)

————————————————————————————

ISTOÉ Dinheiro

Manchete: Onde investir em 2012

Ações – renda fixa – multimercados – long & short – previdêcia – dólar – consumo – rankings exclusivos. (Pág. 1)

Entrevista

Marcos Molina, CEO da Marfrig, conta como virou o jogo em 2011. (Pág. 1)

Comércio bilateral

Há algo de novo no ar entre o Brasil e os Estados Unidos. (Pág. 1)

————————————————————————————

Carta Capital

Manchete: O novo mínimo turbina-economia

Em meio a um cenário global incerto, o Brasil testa sua fórmula para manter o mercado robusto. (Pág. 1)

Favelas ricas

A vida cara expulsa os mais pobres. (Pág. 1)

Fundamentalismo

Sintomas de uma tendência geral. (Pág. 1)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Ahmadinejad prepara visita constrangedora ao Rio em junho

Embaixador do Irã diz a ZH que críticas de Dilma não alteram parceria com Brasil. (Págs. 1, 15 e 16)

Trânsito: Acidente deixa sete feridos na freeway

Em Capivari do Sul, outra colisão provocou ferimentos em mais cinco pessoas. (Págs. 1 e 25)

Concursos voltam à mira dos gaúchos

50 mil vagas federais, estaduais e municipais devem ser abertas. (Pág. 1)

Retrato do crime

40% dos presos são oriundos do tráfico. (Págs. 1, 28 e 29)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.