Aumentam ataques a mulheres ao volante – 11 de Setembro – 10 anos depois – Chega de nos fazer de “palhaços”! – Vida cara: Custa muito ser da nova classe média – Cada vez mais quente e seco – Emenda 29: Senadores rejeitam a nova CPMF – Cerrado em grave risco de extinção – Infraestrutura: Prepare a vela e a paciência. Lá vem o apagão – Aposentados procuram nova vida profissional – PSD de Kassab é governo em 18 Estados – Lei Seca abordou 415 mil e condenou 6…

O Globo

Rio passa São Paulo e já atrai mais investimentos

Estado recebe US$ 18,4 bilhões em recursos estrangeiros e nacionais

Com os novos negócios do pré-sal, o reaquecimento da construção naval e da siderurgia, mais as obras previstas para as olimpíadas, o Rio passou à frente de São Paulo e de Minas, tornando-se o estado que mais recebeu investimentos no país em 2010. Levantamento de projetos anunciados por empresas estrangeiras e nacionais, elaborado pelo Ministério do Desenvolvimento, mostra que o Rio recebeu US$ 18,45 bilhões, enquanto São Paulo ficou com US$ 10,4 bilhões. Os americanos são os maiores investidores estrangeiros no estado. “O Rio hoje é a capital das novas oportunidades”, diz Cristiano Prado, gerente de Competitividade Industrial da Firjan. Mas economistas e empresários alertam que, para garantir um desenvolvimento sustentável, o estado precisa de melhorias em infraestrutura, educação e saúde, além de políticas voltadas para o fortalecimento de pequenas e médias empresas. (Págs. 1, 27 e 28)

Lei Seca abordou 415 mil e condenou 6

Em dois anos e meio, a Operação Lei Seca abordou 415 mil motoristas no Rio e prendeu 1.211 alcoolizados. Levantamento feito pelo Globo em 1.053 processos criminais abertos entre março de 2009 e junho deste ano revela que apenas seis resultaram em condenações por embriaguez ao volante. Dois projetos na Câmara pretendem tornar a Lei Seca mais rigorosa. (Págs. 1, 14 e 15)

2001 x 2011: A década sob o espectro do terror

Uma década depois do 11 de Setembro, Nova York – símbolo dos ataques – se recuperou, mas o trauma dos atentados deflagrou o medo, e os EUA ainda sofrem os efeitos daquela manhã em que o terrorismo virou uma ameaça global. Bin Laden está morto, mas o país amarga duas guerras, manchou sua reputação de superpotência democrática e os gastos trilionários da luta contra o terror agravaram a crise econômica, com consequências para o resto do mundo.

Dorrit Harazim: Bin Laden venceu porque fez os EUA darem as costas a seus princípios mais caros.

Nas artes, uma suave influência

No cinema, na literatura e na música, o 11/9 deixou marcas, mas não chegou a ser uma influência definitiva, como se previa.

Foto-legenda: Duas cenas fotografadas da mesma janela em Manhattan: 0 World Trade Center em chamas em 11/9/2001 e a nova torre em construção hoje. (Págs. 1 e Caderno Especial)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Indústria brasileira está sem crescer há três anos

Câmbio valorizado, custo Brasil e excesso de oferta mundial explicam paralisia do setor de transformação

A indústria de transformação brasileira parou de crescer há três anos, freada pelo câmbio valorizado, pelo custo Brasil e pelo excesso de oferta mundial, informa o repórter Fernando Dantas. Pelos números do PIB, a expansão da indústria de transformação de julho de 2008 a julho de 2011 foi de apenas 1%, comparada à da construção civil (7,8%) e à dos serviços (10,5%). O emprego industrial cresceu apenas 2,2% naquele mesmo período, ante 13,7% na construção civil e 11,8% nos serviços. A persistência dessa situação leva alguns economistas a defender a idéia de que o problema da indústria não é conjuntural, mas sim estrutural. (Págs. 1, e Economia, B1 e B3)

11/9 – Dez anos depois: NY relembra seu dia mais amargo

Sob forte esquema de segurança, cidade inaugura memorial às vítimas do atentado

A inauguração de um memorial em homenagem às vítimas do 11 de Setembro marca hoje em Nova York 0 10º aniversário do maior atentado terrorista da história, responsável pela morte de cerca de 3.000 pessoas. “Hoje, os EUA estão mais fortes e a Al-Qaeda está a caminho da derrota”, afirmou o presidente Barack Obama em comunicado. A polícia de Nova York montou um gigantesco esquema de segurança para evitar atentados. (Págs. 1 e Internacional, A12 e A13)

Chuva diminui e SC começa reconstrução

(Págs. 1 e Metrópole, C4 e C5)

PSD de Kassab é governo em 18 Estados

(Nacional/Págs. 1 e A4)

Crack: Rio interna 85 meninos viciados

Desde que a Prefeitura do Rio determinou a internação obrigatória de crianças viciadas em crack, 85 vivem em abrigos, relata Márcia Vieira. São tão carentes que abraçam quem aparece. (Metrópole/Págs. 1, C8 e C9)

Robert B. Reich

Pobre Classe Média

É possível reverter a tendência de décadas para a desiguldade e recuperar o sonho americano. (Págs. 1 e Visão Global, A21)

Pedro Malan

Ousadia e responsabilidade

Sem responsável ousadia não será possível assegurar o desejado declínio, sustentado ao longo do tempo, das taxas de juros no Brasil.

(Págs. 1 e Espaço Aberto, A2)

Mac Margolis

Numa democracia sob medida

A economia perde a bússola, os tribunais aceleram ao ritmo domandatário. A mídia e o parlamento experimem-se à vontade, desde que digam sim. (Págs. 1 e Internacional, A20)

Notas & Inormações

A ação sobre terras em Mato Grosso, iniciado há 52 anos, é retrato da Justiça brasileira. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Álcool seduz jovens e até crianças no DF

Nos últimos 15 meses, 170 estabelecimentos comerciais do Distrito Federal foram autuados por vender ou entregar bebida alcoólica a menores de 18 anos. O levantamento é só uma tímida amostra da disseminação do uso de álcool entre adolescentes e crianças. O Correio flagrou meninos e meninas se embriagando nas ruas do DF. (Págs. 1, 29 e 30)

FoOto-legenda: Brasília queima

O avião Hércules lança água em área próxima ao Aeroporto para combater as chamas. De janeiro até agora, o fogo consumiu 17,5 mil hectares de vegetação do cerrado no DF. Nenhuma outra área foi mais atingida do que a Floresta Nacional, que perdeu 85% de uma de suas quatro áreas. Instituto Chico Mendes vai pedir à PF que investigue se o incêndio foi criminoso. (Págs. 1, 31 e 32)

Dez anos de amargura e de medo

Apesar de Barack Obama declarar que os Estados Unidos estão mais fortes e que a Al-Qaeda segue no caminho da derrota, os norte-americanos acordam neste domingo com a sombra do que pode acontecer ao longo do dia e com a forte lembrança do pior atentado terrorista da história. (Págs. 1, 24 e 26)

Aposentados procuram nova vida profissional (Págs. 1 e Trabalho & Formação Profissional)

Infraestrutura: Prepare a vela e a paciência. Lá vem o apagão

O fim de ano se aproxima e, com ele, a estação de maior consumo de energia. Dada a fragilidade do setor elétrico no país, especialistas preveem, para os meses de dezembro a março, um recorde de interrupções no fornecimento de energia. (Págs. 1 e 14)

Emenda 29: No Senado, maioria rejeita nova CPMF

O governo terá muitas dificuldades para aprovar a criação de fonte de recursos para a Saúde. Levantamento feito pelo Correio com 59 dos 81 senadores mostra que, neste momento, 45 deles são contrários à cobrança de mais um imposto. (Págs. 1, 2 e 3)

Cerrado em grave risco de extinção

O bioma que abastece oito das 12 bacias hidrográficas brasileiras pode desaparecer até 2030, caso se mantenha o atual ritmo de degradação, alerta estudo da ONG Conservação Internacional Brasil. (Págs. 1 e Suplemento Especial)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Sofrimento sem fim

Dificuldade de punir responsáveis só aumenta a dor das famílias que perderam parentes nas rodovias

A precariedade, falta de sinalização adequada e deficiências técnicas de certos trechos da malha rodoviária federal que corta Minas (a maior do país), não param de produzir tragédias. Muitas famílias mineiras, como a de Helena Coelho Fidélis, que há cinco anos perdeu o terceiro filho na BR-040, todos atropelados, nunca conseguiram ao menos saber os nomes dos responsáveis pelos acidentes.

Autoridades da Justiça e da polícia explicam que boa parte dos motoristas dos caminhões e carretas que colhem vidas nessa estrada e na BR-381 (trecho entre BH e João Monlevade), campeãs de acidentes, moram em outros estados, o que torna os inquéritos trabalhosos e demorados. Raramente um caso vai a julgamento antes de três ou quatro anos depois de ocorrido desastre na rodovia. (Págs, 1, 25 e 27)

Cada vez mais quente e seco

Os 34,1 graus que fizeram de ontem o dia mais quente do ano em Belo Horizonte não são fato isolado. Concentração urbana que tem perdido áreas verdes em favor de edifícios que formam ilhas de calor, a cidade registra aumento na temperatura de 0,2 grau a cada 10 anos. A umidade relativa do ar, que no passado era indicada para tratamento médico, cai a níveis de deserto: neste sábado esteve em 13%. (Págs. 1 e 30)

Emenda 29: Senadores rejeitam a nova CPMF

Levantamento do Estado de Minas revela que, se chegasse hoje ao Senado, a criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS), substituta da CPMF, inserida na regulamentação da Emenda 29, seria derrotada por 45 dos 81 senadores, incluindo representantes da base aliada. Delcídio Amaral (PT-MS) e Clésio Andrade (PR-MG), por exemplo, são contra. (Págs. 1, 3 e 4)

Vida cara: Custa muito ser da nova classe média

Famílias que mal comemoraram o alcance de renda média mensal de R$ 2.295 deparam agora com um pacote de bens e serviços que lhes custam 60% ou mais do que ganham. Escola particular, carro na garagem, viagem de avião, internet e TV por assinatura e, como se não bastasse, até o Leão do Imposto de Renda passaram a pesar no orçamento. (Págs. 1, 16 e 17)

Terror relembrado

Nomes e mensagens em painel marcaram o clima de consternação em Nova York, às vésperas da passagem dos 10 anos do atentado às torres do World Trade Center. (Págs. 1, 7, 21, 22 e Em Cultura)

Avenida Saramenha:

Crescimento explosivo muda vida da região (Págs. 1, 28 e 29)

Minas Gerais: 447 cidades se, bancos perdem verbas federais (Págs. 1 e 11)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

11 nordestinos 10 anos depois (Pág. 1)

Diplomacia e alfinetadas no João X João (Pág. 1)

————————————————————————————

Veja

Manchete: O grande roubo das joias

No maior assalto do gênero no Brasil, uma quadrilha leva joias milionárias de 138 cofres de um banco em São Paulo. Foi o golpe mais ousado contra os bancos, que todos os dias têm agências roubadas. (Pág. 1)

Chega de nos fazer de “palhaços”!

VEJA ouviu 50 dos milhares de manifestantes que escolheram a Semana da Pátria para exigir nas ruas punição aos corruptos. (Pág. 1)

————————————————————————————

Época

Manchete: Exclusivo – O doutor e o álcool

O que o drama de Sócrates – jogador, médico e dependente da bebida – revela sobre a devastadora tragédia do alcoolismo no Brasil. (Pág. 1)

Corrupção

Mulher é mais honesta que homem? (Pág. 1)

————————————————————————————

ISTOÉ

Manchete: O inferno da bispa Sônia

Em sua primeira entrevista desde que deixou a prisão nos EUA em 2008, a líder evangélica diz à ISTOÉ como enfrenta o declínio da Igreja Renascer, que já fechou 70% dos templos e não tem dinheiro para pagar aluguéis. E mais:

– O calvário do filho em coma profundo há dois anos

– Os processos por formação de quadrilha e estelionato (Pág. 1)

Testemunha ameaçada

A história do empresário que entrou para o programa de proteção e acabou torturado. (Pág. 1)

————————————————————————————

ISTOÉ Dinheiro

O cozinheiro de R$ 1 bilhão

A incrível história do empresário gaúcho Hermes Gazzola, que vendeu a empresa de restaurantes corporativos Puras para o grupo francês Sodexo por R$ 1,2 bilhão. Saiba como ele construiu um império que serve um milhão de refeições por dia. (Pág. 1)

Cartões: O segredo do crescimento da Cielo (Pág. 1)

Aviação: O milagre da multiplicação na TAM (Pág. 1)

————————————————————————————

Carta Capital

Manchete: Especial 11 de Setembro – Bin Laden venceu

A xenofobia, a prepotência, a insegurança mundial e a decadência dos EUA não eram os objetivos? (Pág. 1)

Corrupção

As manifestações de 7 de Setembro visam a política. Mas o mal está na essência do País. (Pág. 1)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Aumentam ataques a mulheres ao volante

Em 2011, a cada quatro horas, ladrões de carros fizeram uma vítima feminina na Capital, um tipo de ocorrência que cresce o dobro do que entre homens. (Págs. 1, 28 e 29)

11 de Setembro – 10 anos depois

ZH volta aos personagens da histórica edição de 2001 e mostra, em caderno especial de 16 páginas, o mundo que se refaz do terror. (Págs. 1 e Caderno Cultural Especial)

Eleições 2012: Ibope mostra corrida à prefeitura da Capital

Levantamento aponta que, a quase um ano do pleito, a deputada Manuela D’Ávila e o prefeito José Fortunati largam na frente. (Págs. 1, 6, 8 e 10)

Foto-legenda: Vale de águas

Avanço da enchente eleva o drama na região de Itajaí, onde neste sábado o Exército conduziu parto em meio a resgate. (Págs. 1, 24 e 25)

Clipping Radiobrás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.