Racha do MST ameaça criar grupo radical – O risco dos analgésicos – Material escolar sobe bem acima da inflação – Seis rodovias de SP terão faixas adicionais – Projeto foi adulterado no ministério, diz técnico – A dúvida da idade correta – A ajuda de Valério ainda vale milhões – Multas federais: R$ 23 bi não entram no cofre …

O Globo

Manchete: UPPs completam três anos e reduzem mortes em 50%

Rio teve menos 11 mil roubos em 38 bairros vizinhos às favelas

Um levantamento inédito, feito pelo GLOBO com base em estatísticas oficiais, revela que houve uma redução em média de 50% no número de homicídios nos 38 bairros onde favelas receberam 17 Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), projeto que completará três anos no próximo dia 19. No total, 270 vidas já foram salvas e houve menos 11 mil roubos. Mas o aumento da segurança, aliado a investimentos públicos e à oferta de serviços, está atraindo novos moradores, principalmente para as favelas Santa Marta e Cabritos. O governador Sérgio Cabral disse que a UPP da Rocinha será instalada até março ou abril. (Págs. 1 e 18 a 25)

Veja as entrevistas com o governador Sergio Cabral e a major que comanda os projetos de novas UPPs.

A ajuda de Valério ainda vale milhões

Operador do mensalão e um dos réus no STF, Marcos Valério de Souza despacha normalmente na T&M Consultoria, que ajudou uma empresa a obter R$ 52 milhões em contratos no governo federal. (Págs. 1 e 3)

Multas federais: R$ 23 bi não entram no cofre

O TCU revela que, em três anos, 17 órgãos, como Ibama e ANP, aplicaram multas somando R$ 24 bilhões, mas, devido a ações na Justiça, só receberam R$ 1,1 bilhão (4,7%). (Págs. 1, 33 a 35 e Logo, 36)

A história de mora

Um depoimento de Tancredo sobre fatos que marcaram o país. (Págs. 1 e 16)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Em 6 meses, triplica risco dos bancos de EUA e Europa

Temor de calote encarece capital nos países ricos e reduz captação de empresas brasileiras no exterior

Desde o início de maio, o risco dos principais bancos europeus e norte-americanos, medido por um produto financeiro que funciona como seguro contra calotes, triplicou. A razão é a deterioração econômica e financeira dos países ricos e, principalmente, a ameaça crescente de uma ruptura desordenada na zona do euro. O encarecimento do custo de capital na Europa e nos Estados Unidos, na esteira do aumento do risco dos bancos, já se reflete na captação de bancos e empresas brasileiras no exterior, que foi de zero em outubro e de somente US$ 400 milhões em setembro. Em comparação, a média mensal em 2010 e 2011 até agosto é de quase US$ 2,4 bilhões. Esse fechamento do mercado de captação externa, por sua vez, está contribuindo não só para a depreciação do real, que se desvalorizou 11% desde o final de outubro, como também para a forte desaceleração da economia brasileira – por causa da redução do crédito. (Pág. 1 e Economia, B1 e B3)

Aliás

Déjà vu amargo

Para Alfredo Calcagno, economista da ONU, a crise europeia traz à tona um revival do Consenso de Washington.

A dúvida da idade correta

As escolas Waldorf defendem que o ensino fundamental só comece aos 7 anos, e não aos 6, como recomenda o MEC. O Conselho Nacional de Educação (CNE) vai avaliar o pedido. (Pág. 1 e Vida, A29 e A30)

A favor…

Francisco Cordão – Câmara de Educação Básica do CNE

“Os pais têm o direito de optar por uma escola diferenciada para os filhos”

… Contra

Cesar Callegari – Câmara de Educação Básica do CNE

“Se abríssemos uma exceção, fragilizaríamos a orientação nacional”

Projeto foi adulterado no ministério, diz técnico

O analista técnico do Ministério das Cidades Higor Guerra confirmou ao repórter Leandro Colon ter recebido pressão para adulterar projeto de transporte público para a Copa em Cuiabá (MT). Com a fraude, revelada pelo Estado, o custo da obra subirá R$ 700 milhões. (Pág. 1 e Nacional, A4)

Egito vai às urnas amanhã, em meio a protestos

Nove meses após a queda do ditador Hosni Mubarak, o Egito elege amanhã o Parlamento em meio a nova convulsão, relata o enviado especial Lourival Sant’Anna. Para os manifestantes na Praça Tahrir, nada mudou. (Pág. 1 e Internacional, A16)

Seis rodovias de SP terão faixas adicionais (Pág. 1 e Metrópole, C1 e C3)

Clones brasileiros superam sites originais (Pág. 1 e Economia, B18)

Notas & Informações: O governo e a crise dos ricos

Autoridades federais transmitem otimismo, enquanto reconhecem o agravamento externo. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Apagão aéreo ameaça férias de fim de ano

Na última sexta-feira, já era possível ver uma prévia do que pode ocorrer em dezembro. As filas para o check-in ultrapassavam os limites do saguão no terminal de Brasília. (Pág. 1)

Congresso: Os padrinhos da mineração

Políticos aliados têm tratamento diferenciado em órgão do Ministério de Minas e Energia. (Pág. 1, 2 e 3)

Escutas: Críticas à espionagem

Parlamentares pedirão explicações à Mesa Diretora do Senado sobre a compra de equipamentos para detectar grampos. (Págs. 1 e 8)

Brasília, a capital onde se mora de aluguel

Pelo menos 41% dos habitantes do DF vivem em casas ou apartamentos alugados, o maior índice do Brasil, segundo o IBGE. (Pág. 1)

GDF: Na briga pela Universíade

Comitiva liderada pelo governador Agnelo Queiroz desembarca em Bruxelas, onde será anunciada a sede das olimpíadas universitárias de 2017. Brasília está na disputa com Taipé, em Taiwan, como nos conta a enviada especial Lílian Tahan. (Pág. 1 e 32)

Otan ataca o Paquistão

Pelo menos 28 soldados foram mortos no maior bombardeio aéreo aos paquistaneses dos últimos 10 anos. O ataque deflagrou uma crise política entre Islamabad e seus aliados do Ocidente. (Págs. 1 e 26)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Pampulha recebe 150kg de poluentes todo dia

São 4,5 toneladas de esgotos por mês despejados por ligações clandestinas e por oito córregos, que ainda carreiam para a lagoa garrafas, latas, vidros, tampas, roda de bicicleta e toda a espécie de lixo, como constatou a reportagem do Estado de Minas ao percorrer toda a extensão dos cursos d’água. O resultado é a degradação cada vez maior do principal cartão postal de BH, que exala mau cheiro e exibe uma nojenta pasta verde formada por algas e cianobactérias mortas. Além disso, o assoreamento roubou da lagoa mais de 20% de seu espelho d’água nos últimos 20 anos. Especialistas alertam que a represa tem nível crítico de poluição e recomendam medidas urgentes para salvar o ecossistema. (Págs. 1)

Bancada da mineração domina DNPM

Departamento Nacional de Produção Mineral, que decide sobre o direito de lavra de grandes jazidas, é loteado por partidos governistas. Pelo menos 10 parlamentares donos ou parentes de donos de mineradoras têm concessões ativas do órgão para explorar minérios. (Pág. 1, 3 e 4)

FIM DE ANO: 16 milhões de passageiros vão superlotar aeroportos (Pág. 1 e 20)

Engenheiro mineiro é assassinado na África

Marcelo Elísio de Andrade, de 52 anos, diretor de uma subsidiária da Andrade Gutierrez que toca obras em Moçambique, foi encontrado morto em sua casa na capital, Maputo. Há suspeita de assassinato. No local foi apreendido um boné da guarda da residência manchado de sangue. A polícia moçambicana só se pronunciará oficialmente sobre o caso amanhã. (Pág. 1 e 2)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: O retorno do Leão (Pág. 1)

Material escolar sobe bem acima da inflação (Pág. 1)

————————————————————————————

Veja

Manchete: Pequenas empresas – As lições das vencedoras

Seus donos contam como ultrapassaram a barreira dos cinco anos, que derrota seis em cada dez novos empreendedores. (Pág. 1)

Corrupção

Assessores de Lupi cobravam 1 milhão para reconhecer sindicatos. (Pág. 1)

Seguros

Por que os brasileiros não vivem mais sem eles. (Pág. 1)

Argentina

Como Cristina Kirchner falsifica a história. (Pág. 1)

————————————————————————————

Época

Manchete: Exclusivo – Os infiltrados

ÉPOCA abre os arquivos secretos da Marinha e revela quem foram os informantes que fingiam ser militantes da luta armada contra o regime militar. (Pág. 1)

Entrevista

“O modelo do PT vai se exaurir”, diz o senador Aécio Neves. (Pág. 1)

Negócios

10 empresários brasileiros que lucram respeitando a natureza. (Pág. 1)

————————————————————————————

ISTOÉ

Manchete: O risco dos analgésicos

O consumo indiscriminado de remédios contra a dor aumenta e coloca os médicos em alerta. Conheça os perigos dessas drogas, que podem levar à dependência e até à morte. (Pág. 1)

Petróleo

Empresa americana que provocou vazamento estava atrás do pré-sal. (Pág. 1)

Golpe

Ministério Público investiga fraude de R$ 3 bilhões em folha de pagamento da FAB. (Pág. 1)

————————————————————————————

ISTOÉ Dinheiro

Manchete: O caso Chevron

Como o grave vazamento de óleo na costa brasileira muda por completo o tabuleiro do maior negócio do País, a exploração do petróleo na camada pré-sal. Conheça os erros da estratégia do presidente da Chevron, George Buck, que levaram à suspensão das atividades da empresa no Brasil. (Pág .1)

Cerveja

A devassa contábil da Kirin na Schincariol. (Pág .1)

Siderurgia

As novas brigas de Steinbruch. (Pág .1)

Especial

Meganegócios da infraestrutura. (Pág .1)

————————————————————————————

Carta Capital

Manchete: Chevron – Trapaças e mentiras

Quanto mais tenta explicar, mais a Chevron se enrola na história do vazamento no litoral do Rio de Janeiro. (Pág. 1)

Regulação da mídia

Como usar o medo da censura para censurar. (Pág. 1)

Mundo árabe

Do Egito à Síria, a Primavera inacabada. (Pág. 1)

————————————————————————————

EXAME

Manchete: O homem e a máquina

A máquina pública brasileira precisa de um brutal choque de gestão. O empresário Jorge Gerdau foi o homem escolhido para conduzir o processo. Até onde ele consegue ir? (Pág. 1)

Especial

Os rumos da economia mundial, segundo Jamie Dimon, o banqueiro mais respeitado do mundo. (Pág. 1)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Racha do MST ameaça criar grupo radical

Cisão histórica no movimento abre terreno para a formação de célula extremista. (Págs. 1, 22 e 23)

Documentos públicos

Lei de acesso tenta romper a cultura do sigilo no país. (Págs. 1, 12 e 13)

Lição no Rio: Um gaúcho muda a imagem do Brasil

Beltrame recebe ZH na capital fluminense para contar como enfrenta o crime. (Págs. 1 e 4 a 6)

Educação: Especialistas avaliam o novo Ensino Médio

Formação dos professores terá de mudar. (Págs. 1 e 21)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.