Governo quer acabar com reajuste anual de tarifas de energia; Reestruturação do setor prevê apenas revisões tarifárias a cada cinco anos – Contrabando: Fiscalização frágil nas fronteiras; Desfalcadas, aduanas gaúchas não impedem entrada ilegal de produtos. – Mão na massa da casa própria; Programas habitacionais e construção de creches terão prioridade no governo. Foi o que prometeu a presidente Dilma Rousseff ao entregar 1.160 apartamentos a famílias de baixa renda de Betim, ontem…

O Globo

Manchete: Desvio de verbas públicas deve levar à condenação de empresas

Comissão de reforma do Código Penal aprova mudança; hoje só pessoa física é punida

A condenação por crimes contra a administração pública, como corrupção e desvio de verbas, poderá ser estendida a empresas. A proposta já foi aprovada pela Comissão de Juristas criada pelo Senado para discutir mudanças no Código Penal e será levada a debate na Casa. Hoje, só pessoas físicas são condenadas por corrupção, e empresas têm apenas penalidades como multas e proibição de firmar novos contratos. “A responsabilidade penal possui um peso, um estigma. É diferente da infração administrativa ou civil”, disse o presidente da comissão, o ministro Gilson Dipp, do Superior Tribunal de Justiça. Ele evitou comentar se a Delta, envolvida no escândalo do bicheiro Cachoeira, se enquadraria na situação caso a regra estivesse em vigor. (Págs. 1 e 3)

Com ou sem aval do Planalto?

Enquanto o Planalto negou ter participado da compra da Delta pela holding J&F e alertou que há risco de a empreiteira ser declarada inidônea, parlamentares da base consideram que a operação não ocorreria sem aval do governo. Um membro da J&F confirmou a consulta prévia ao governo federal. (Págs. 1 e 3)

Espanha apertará bancos por temer calote

Depois de nacionalizar o quarto maior banco do país, o governo conservador espanhol obrigou os grandes bancos a elevarem suas projeções para calote no crédito imobiliário em € 30 bilhões. Além disso, outros € 15 bi poderão sair de ajuda oficial a essas instituições. A notícia derrubou as bolsas europeias, que só se recuperaram no fim do dia. (Págs. 1 e 31)

Brasilprev é usada para agradar à base

Ricardo Flores, que sai do Previ, o fundo de pensão dos funcionários do BB, vai ocupar o comando da Brasilprev. A vaga foi aberta com a saída de Sérgio Rosa. As mudanças na cúpula do BB, da fundação e da seguradora têm como pano de fundo um acerto de Dilma para contemplar partidos da base aliada. (Págs. 1 e 36)

Na Comissão da Verdade, punição será informar

Integrantes da Comissão da Verdade destacaram que o trabalho do grupo será esclarecer crimes da ditadura, sem preocupação em punir responsáveis, protegidos pela Lei da Anistia. “A lei é clara, e ninguém será punido. Mas apontar os responsáveis já será uma forma de punição. A informação pode punir”, afirmou o advogado José Carlos Dias, que foi ministro da Justiça de FH. Entidades de direitos humanos elogiaram a escolha dos nomes. (Págs. 1 e 15)

Brasil dá apoio a plano da ONU para jornalistas

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, disse que o Brasil apoia o plano da ONU que garante a integridade física de jornalistas e o combate à impunidade de crimes contra profissionais. O anúncio foi feito em encontro com a Associação Nacional de Jornais (ANJ). (Págs. 1 e 14)

TV de Chávez vê complô em passatempo

Um veterano autor de palavras cruzadas foi acusado numa emissora de TV estatal da Venezuela de sugerir, em mensagem cifrada numa versão do popular passatempo, um plano para assassinar o irmão do presidente Hugo Chávez. Procurado pela polícia, ele foi liberado após prestar depoimento e negar um complô. (Págs. 1 e 40)

Mãe do PAC superpoderosa

A presidente Dilma ficou em 2° lugar num ranking das 20 mães mais poderosas do mundo, elaborado pela revista “Forbes”. Hillary Clinton, secretária de Estado americana, é a l8. Dilma tem uma filha, Paula. (Págs. 1 e 4)

Eike compra 50% do Rock in Rio

Sociedade com Medina levará festival para EUA e China

O empresário Roberto Medina apresentou ontem seu novo sócio, Eike Batista. O bilionário comprou 50% das ações da Rock World S/A, responsável pelo Rock in Rio, através da IMX Live, braço de esportes e entretenimento da holding EBX em parceria com a americana IMG Worldwide. Com Eike como sócio, o festival será exportado para os mercados dos Estados Unidos e da China. (Págs. 1 e 26)

Prosa & Verso: A nova classe média no Brasil

Livros e estudos analisam impasses da mobilidade social no país, põem em questão o conceito de “nova classe média” e divergem sobre o papel do aumento da renda na formação desse estrato emergente da sociedade. (Pág. 1)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Governo quer acabar com reajuste anual de tarifas de energia

Reestruturação do setor prevê apenas revisões tarifárias a cada cinco anos

A renovação dos contratos de concessão das empresas de energia elétrica deve vir acompanhada de uma mudança radical nas regras do setor. O governo está elaborando o fim dos reajustes anuais das tarifas, baseados nos índices de inflação. A ideia seria, a partir da prorrogação dos contratos, em 2015 e 2017, fazer apenas revisões tarifárias, a exemplo das que ocorrem hoje, em cinco anos. A medida vai na direção dos planos do ministro Guido Mantega (Fazenda), que já manifestou interesse de desindexar a economia. As empresas, porém, poderão pedir revisões extraordinárias a qualquer momento se comprovarem que há desequilíbrio nas contas. (Págs. 1, e Economia, B4)

Delta terá gestor de crises em seu comando

A holding J&F escolheu o executivo Humberto Junqueira de Farias para dirigir a Delta, empreiteira que está no centro do escândalo Cachoeira e é uma das principais parceiras do PAC. O perfil de Farias é o de um gestor de crises cumpridor de metas e conciliador. Integrantes do governo, porém, não acreditam que a venda da Delta vai dar certo, principalmente porque a Controladoria-Geral da União deve declarar a empresa inidônea. (Págs. 1 e Nacional, A6 e A7)

Comissão da Verdade agirá ‘doa a quem doer’, diz Dipp

Escolhido pela presidente Dilma Rousseff para compor a Comissão da Verdade, o ministro do Superior Tribunal de Justiça Gilson Dipp afirmou que o trabalho do colegiado poderá contribuir para a “pacificação nacional” sem nenhum “revanchismo” e que atuará “doa a quem doer”. O grupo inicia os trabalhos oficialmente na quarta-feira. Setores militares ficaram irritados com a escolha da advogada Rosa Maria da Cunha, que defendeu Dilma no período militar, para a Comissão. (Págs. 1 e Nacional, A4)
Chávez ‘some’ e inquieta venezuelanos

O clima de incerteza política cresceu na Venezuela em razão do silêncio oficial sobre o estado de saúde de Hugo Chávez, em Cuba há nove dias para tratamento de um câncer. As aparições do presidente na televisão e na imprensa oficiais rarearam. Seu retorno ao país foi adiado. Analistas e oposição falam em vácuo de poder. (Págs. 1 e Internacional, A12)

Alfonso Marquina – deputado oposicionista

“O problema é que não sabemos neste momento quem governa o país e quanto o presidente está em condições”.

Projeto deve alterar geografia do Tietê (Págs. 1 e Cidades, C1)

Gregos não se acertam e farão nova eleição (Págs. 1 e Economia, B6)

Conselho do Casino decide afastar Abilio (Págs. 1 e Economia, B18)

Planalto pede que hotéis baixem diária na Rio+20

Em meio à crise de hospedagem para a Rio+20, o governo decidiu pressionar os hotéis para que reduzam em mais de 20% o valor das diárias. “É importante para a imagem do País”, disse Flávio Dino (Embratur). (Págs. 1 e Vida, A20)

Romulo Bini Pereira: Lei do silêncio

A palavra dos chefes militares se faz necessária e será um contraponto a possíveis atitudes e ações deletérias. A lei do silêncio deve ser quebrada. (Págs. 1 e Espaço Aberto, A2)

Paul Krugman: Ciência econômica fácil e inútil

A teoria a respeito de um desemprego estrutural nos EUA não envolve o desafio de enfrentar problemas reais; em vez disso, seu objetivo é evitá-los. (Págs. 1 e Economia, B10)

Notas & Informações

Mais sustos na economia global

Diversas más notícias varreram a boa novidade: a previsão de melhora na economia europeia. (Págs. 1 e A3)
————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: TJDF quebra sigilo de Cachoeira e mais sete

A organização criminosa chefiada por Carlinhos Cachoeira sofreu ontem um duplo revés. A pedido do Ministério Público, a Justiça do Distrito Federal decretou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do bicheiro, da Delta Construções e de sete pessoas denunciadas na Operação Saint-Michel, deflagrada em 25 de abril. Além disso, a 5ª Vara Criminal de Brasília determinou nova prisão preventiva de Cachoeira; do contador do grupo, Giovani Pereira da Silva; e do braço direito do bicheiro, Gleyb Ferreira da Cruz. Eles são acusados de formação de quadrilha e tráfico de influência para obter o milionário contrato de bilhetagem eletrônica do transporte público no DF. (Págs.1 e 2)

Até matadores atuavam a serviço do bicheiro

Escutas da PF flagraram comparsas de Cachoeira tramando a contratação de pistoleiro. “É pra arrochar quem?”, pergunta um deles. “Não é para arrochar. É para tomar bênção lá em cima.” (Págs. 1 e 3)

Caução: Hospital exigiu, sim, cheques de idosa

Santa Helena recua e admite o recebimento de dois cheques no valor de R$ 25 mil cada um, para que mulher fosse internada em UTI. Mas alega que não era caução – exigência que vai virar crime –, e sim “antecipação de pagamento”. A polícia investiga o caso. (Págs. 1 e 27)

Uma nova América: Mais apoio ao casamento gay

Recentes pesquisas justificam a posição de Barack Obama em defesa da união entre homossexuais: metade dos americanos já aceita a proposta. (Págs. 1 e 22)

Obra termina, mas embaixada dos EUA mantém puxadinho (Págs. 1 e 34)

Saúde do DF vai fazer concurso para 1.270 vagas (Págs. 1 e 33)

Membro da Comissão da Verdade já pediu pena a torturadores (Págs. 1 e 6)

Prisão no Brasil: 40 anos como pena máxima

A comissão de juristas que avalia a reforma do Código Penal propõe o aumento no tempo que o condenado passará na cadeia. (Págs. 1 e 10)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Justiça beneficia 9,8 mil presos por tráfico em MG

A decisão do Supremo Tribunal Federal de garantir a detidos por venda de drogas, ainda que em flagrante, o direito de responder em liberdade cria jurisprudência e torna quase 10 mil detentos no estado aptos a reivindicar a soltura. O entendimento do STF foi firmado em julgamento do caso de homem apanhado com cinco quilos de cocaína. A decisão sobre o livramento do acusado até que o processo seja julgado passa a ser do juiz. Dados da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) mostram que Minas tem 22.055 presos provisórios, dos quais 9.891 foram enquadrados por tráfico de entorpecentes. Todos eles podem agora requerer o habeas corpus. A deliberação do Supremo gerou críticas de delegados, promotores e autoridades que tratam da criminalidade. Segundo a Seds, o comércio de drogas está por trás do aumento de 11% nos crimes violentos no estado, entre 2010 e 2011. (Págs. 1, 21 e 22)

Mão na massa da casa própria

Programas habitacionais e construção de creches terão prioridade no governo. Foi o que prometeu a presidente Dilma Rousseff ao entregar 1.160 apartamentos a famílias de baixa renda de Betim, ontem. Ao lado da prefeita da cidade, Maria do Carmo Lara (PT), Dilma reconheceu que sem ajuda do poder público a maioria dos brasileiros não tem como comprar um imóvel.

Foto-legenda: Ao lado da presidente, a prefeita Maria do Carmo Lara ressaltou a força da parceria com a União. (Págs. 1 e 3)

Nossa história

Nem sempre o escravo foi humilhado em Minas. (Págs. 1 e 28)

Foxconn: Parceria para atrair indústria

Governo de Minas propõe sociedade, na forma de participação acionária, à empresa taiwanesa que pretende implantar unidade no Brasil para produzir telas de tablets. (Págs. 1 e 14)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Cresce o número de assaltos

Índices de roubos e furtos cresceram 5,6% nos primeiros quatro meses do ano. Das doze modalidades de crimes contabilizados pela Secretaria de Defesa Civil, oito apresentaram elevação. No mesmo período, a taxa de homicídios recuou 12%. (Págs. 1 e Cidades, 8)

Novo flagrante de roubo de água no Sertão (Pág. 1)

JC Negócios: Fernando Castilho

Preços disparam

Efeitos da Copa: uma casa de R$ 60 mil vale R$ 300 mil em Camarajibe. (Págs. 1 e Economia, 2)

Rock in Rio

O megaempresários Eike Batista comprou 50% das ações do festival. (Pág. 1 e Capa Dois)
————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Porto Alegre tem 48% dos casos de roubo de carros do Estado

Com apenas 14,4% da frota gaúcha, Capital tem concentração de ocorrências que a coloca à frente de Rio e São Paulo. Foram 1.374 no 1º trimestre. (Págs. 1 e 36)

Lugar errado, hora errada

Transferido do Salgado Filho para a academia da BM, avião provocou congestionamentos e curiosidade. (Págs. 1 e 31)

Dia das Mães: Eletrônicos desbancam presentes tradicionais

Vendas devem crescer 7% no Estado em relação ao ano passado. Na Capital, o aumento chega a 12%. (Págs. 1 e 18)

Entrevista ZH: “O Brasil vai ser passado a limpo”

Membro da Comissão da Verdade, Gilson Dipp diz que trabalho não será inócuo. (Págs. 1 e 6)

Contrabando: Fiscalização frágil nas fronteiras

Desfalcadas, aduanas gaúchas não impedem entrada ilegal de produtos. (Págs. 1 e 16)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.