Após três dias internado, a criança não resistiu aos ferimentos. Motociclista que o atropelou teve a prisão preventiva decretada
O menino de 11 anos que foi atropelado por uma motocicleta em um racha, no dia 15 de novembro, em Arapongas, Norte do Paraná, morreu na noite de sexta-feira (18). A informação foi confirmada pela Delegacia de Polícia Civil do município.

O menino assistia a um racha quando um dos motociclistas perdeu o controle e bateu nele. Com a força do impacto, ele foi arremessado a mais 40 metros e sofreu traumatismo craniano. O menino estava internado no Hospital Regional João de Freitas, em Arapongas. Ele teve uma parada cardíaca na noite de sexta e morreu.
Com a morte da vítima, o motociclista, de 21 anos, preso no dia seguinte ao acidente, poderá não responder pelo crime em liberdade. Segundo o delegado Walter Helmut, a juíza da vara criminal de Arapongas determinou a prisão preventiva e cancelou a possibilidade de fiança. Antes disso, ele poderia pagar R$ 2,5 mil e ser liberado da prisão até o julgamento.

Conforme o delegado, o jovem responderá ao crime de lesão corporal seguida de morte com dolo, ou seja, o motociclista “assumiu os riscos de matar alguém” ao disputar um racha.

Helmut informou que um segundo envolvido no racha foi localizado pela polícia e preencheu um termo circunstanciado de direção perigosa. O outro motociclista que também estaria disputando o racha ainda não foi identificado pela polícia.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.