Um menino de 12 anos morreu após ser agredido em um campinho de futebol em Cruzeiro do Oeste, no noroeste do Paraná, na noite de quinta-feira (1º). Segundo a Polícia Civil, cerca de oito meninos brincavam quando começou a confusão. Um outro garoto, também de 12 anos, segurou Tiago Henrique Teixeira Rezende pelo pescoço, dando uma gravata. Ele caiu no chão desmaiado.

Tiago chegou a ser levado para o hospital, por volta das 20h20, mas morreu antes de ser atendido.
O investigador da Delegacia de Cruzeiro do Oeste, Claudio Rodrigues de Oliveira, disse que o agressor foi encaminhado para o Conselho Tutelar, que o acompanhou em depoimento à polícia na noite de quinta. Ele passou a noite em uma Casa de Custódia e nesta sexta-feira (2), um juiz deve decidir o destino do menor.

Tiago Henrique estudava na 5ª série de um colégio estadual e morava com a avó, Maura Aparecida Teixeira, de 58 anos. Maura contou ao G1 que o neto sempre jogava bola neste local depois de chegar do colégio. Segundo ela, o menino que cometeu a agressão estudava na sala de aula de Tiago.

“O Tiago nunca foi de provocar na escola. Às vezes ele apanhava, mas nunca agredia ninguém”, relatou a avó. Maura também contou que irmão do menino que agrediu Tiago já havia brigado com ele na escola.

A avó ainda comentou sobre o agressor. “Pelas informações das outras crianças esse menino é bem rebelde. Acho que ele deveria ser internado em um colégio, algo assim. Se ele tirou a vida do meu neto, ele pode tirar a vida a de qualquer um”, disse Maura.

O Instituto Médico-Legal (IML) deve liberar o corpo na manhã desta sexta-feira (2) e o velório será na igreja da Comunidade Evangélica, que fica no centro de Cruzeiro do Oeste.

“A gente fica chocada. Com toda a saúde que Deus tá dando para esses moleques… Não tem explicação!”, desabafou a avó.

Fonte: Portal G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.