Uma moradora do Residencial Antônio Euthymio Casaroto, em Cambé, levou um grande susto nesta quarta-feira (1). Ao acordar pela manhã, ela se deparou com uma cobra na sala de casa. “Eram 6 horas mais ou menor quando levantei e ao passar pela sala vi que tinha algo se mexendo atrás do sofá, fui olhar direito e vi que era uma cobra”, contou a Sandra Quintino.

Ela chamou o marido e eles começaram uma ‘peregrinação’ na tentativa de encontrar algum órgão competente que pudesse resgatar a cobra, mas acabou que o animal foi morto. “Aparentemente é uma cobra coral, não sabemos se é ou não venenosa”, diz, “Ligamos no Corpo de Bombeiros e eles disseram que não podiam vir porque estavam atendendo um incêndio. Eles nos orientaram a chamar a Força Verde”, acrescenta.

Mais uma ligação e mais uma negativa. “Ligamos na Força Verde e fomos informados que eles também não tinham equipe porque estavam em atendimento a uma situação e pesca ilegal”, relata.

Com isso, e diante do medo de que a cobra fosse venenosa ela foi morta.

Sandra acredita que a cobra tenha vindo de um terreno em frente à sua casa. É uma área que divide o bairro que mora com o bairro Cambé III.  Ela conta que desde o ano passado o local não passa por roçada e a presença de aranhas, lagartos e agora cobra, tem sido frequente. “É uma área da prefeitura, o presidente do bairro já protocolou pedido para providencia, mas até agora nada”, destaca. “Tem muita criança pequena aqui na vizinhança. Nós temos animais de estimação, é muito perigoso”.

Fonte: MassaNews

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.