A polícia civil de Cambé, equipe do delegado Jorge Barbosa está investigando a morte por espancamento do pedreiro Marcos Rogério dos Santos que tinha 33 anos. Segundo o delegado, ele estava em uma boate na entrada da cidade, no Jardim Ana Rosa, participando de um churrasco com amigos, quando um dos convidados passou a mão nas nádegas de uma mulher. Houve confusão, esse acusado saiu e voltou com mais amigos e bateram em várias pessoas, uma delas o pedreiro, que não resistiu aos espancamentos e acabou morrendo no local no último domingo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.