Os agentes penitenciários realizaram a operação bate grade nesta segunda-feira (21/01), na Delegacia de Cambé.

Segundo o Delegado Roberto Fernandes, após duas tentativas de fuga pelo teto em dez dias, foi comunicado o Sub-Chefe de Cadeia para que fosse acionado o SOE (Seção de Operações Especiais) à realizarem a contenção dos presos e posteriormente os agentes de cadeia executarem a revista e localizarem os materiais utilizados nas tentativas de fuga.

A cadeia de Cambé, que possui duas alas com quatro celas cada uma, conta com um espaço para uma média de 50 presos, mas tem atualmente cerca de 150 detentos.

De acordo com a Polícia Civil, foram apreendidos armas improvisadas, estoques, celulares, papéis com anotações das informações do tráfico de drogas, equipamentos eletrônicos, brocas, e até objetos, como motor de ventiladores utilizados para cavarem os buracos.

No ano passado, aconteceram tentativas de fuga, fugas efetivas e rebelião. A população pede exaustivamente por construções de presídios.

O que chama também a atenção, é que a cadeia de Cambé está situada na região central da cidade, o que causa muito receio aos moradores das proximidades, pois a qualquer momento, como se fosse uma “bomba-relógio”, os detentos podem fugir.

Fotos: Eliandro Piva

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.