Reprodução

A depender da Procuradoria Geral da Indonésia o paranaense Rodrigo Gularte, de 42 anos, deve ser fuzilado em fevereiro. O órgão responsável por levar adiante as condenações de morte no país comunicou ao Parlamento que o brasileiro está na lista das 11 pessoas que serão executadas durante o mês.

A família de Gularte tenta – ainda – comprovar através de laudos médicos que ele tem esquizofrenia. A intenção é interná-lo em um hospital psiquiátrico. No entanto, conforme o jornal Folha de São Paulo, a procuradoria não se convenceu e apontou o argumento como um “pretexto”.
Rodrigo Gularte foi preso em 2004 ao tentar entrar com cocaína em Jacarta. Os seis quilos da droga estavam escondidos em pranchas de surfe.

O paranaense pode ser o segundo brasileiro a enfrentar o corredor da morte no exterior. No último dia 17 de janeiro, Marco Acher Moreira foi fuzilado também na Indonésia.

(com informações do jornal Folha de São Paulo)

Reprodução
Reprodução

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.