Sete balões de aproximadamente 6 metros de altura cada um foram apreendidos na madrugada deste domingo (20) por policiais da Força Verde no Boqueirão, zona Sul de Curitiba. Sete pessoas foram detidas. No local, os policiais também recolheram materiais usados para a confecção de balões, como papel seda, parafina e arames.

“A soltura de balões é comum nesta época do ano, devido às festas juninas, e particularmente este ano, por conta da Copa do Mundo”, explica o comandante da Força Verde, tenente-coronel João Alves da Rosa Neto.

A polícia acompanhava as atividades da equipe de baloeiros, que se autodenominava Art Stilo, há três meses. “O grupo tinha os balões prontos para comemorar o jogo da seleção brasileira contra a Costa do Marfim”, diz o tenente Cléber Piovesan, que participou da ação.

De acordo com o policial dois balões estavam esticados no quintal da residência, prontos para soltura. Os outros estavam dentro da casa, junto com os materiais para confecção de balões. A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, para onde foram encaminhados os detidos, lavrou sete autos de infração, que devem gerar multas de até R$ 10 mil por balão.

A soltura de balões é crime, pois pode provocar acidentes e destruição do meio ambiente. “Eles colocam em risco aeronaves, fios elétricos, residências, veículos, postos de combustíveis, além de matas e campos”, explica o tenente.

A Força Verde coloca o número 0800 643 0304 à disposição da população. O telefone pode ser usado para denúncias de soltura de balões, bem como de qualquer outro crime ambiental. A ligação é gratuita, e a denúncia, anônima.

A Força Verde discute periodicamente ações de combate à soltura de balões com outros órgãos públicos – Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, Defesa Civil Estadual, secretarias de Meio Ambiente e da Agricultura, Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Copel, Sanepar, Infraero.

“Temos um objetivo comum e, por isso, trabalhamos em conjunto, sempre em prol da população”, afirma Rosa Neto. Para combater a ação de baloeiros, utiliza-se inclusive monitoramento via internet.

INCÊNDIO – Na madrugada deste domingo, um grave incêndio causado por um balão destruiu o Parque da Catacumba e o Morro dos Cabritos, na Lagoa Rodrigo de Freitas, área de preservação situada em zona nobre do Rio de Janeiro. Segundo os bombeiros, que ainda trabalham no local, o incêndio está controlado desde às 3 horas da manhã, mas por causa dos fortes ventos, há possibilidade do fogo retornar.

Com informações da Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.