O dia do patrono das polícias Militar e Civil foi comemorado na manhã deste sábado (21) com solenidade na Praça Tiradentes, no centro de Curitiba. Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, é lembrado, pelas polícias, como referência de postura íntegra e de heroismo.

O comandante-geral da PM em exercício coronel Cesar Alberto Souza, o delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Vinícius Michelotto, o representante da Grande Loja do Oriente do Paraná Francisco César de Lucca Puti e o diretor-geral da Secretaria de Estado da Segurança Pública, Adalberto Alves, depositaram uma coroa de flores na estátua do Mártir da Independência.

“É uma homenagem muito significativa, não só por Tiradentes ser o patrono das polícias, mártir da nação. Ele teve uma vida a nos espelharmos, foi uma pessoa que sacrificou sua vida para que o Brasil fosse hoje o que é, para que pudéssemos exercer todos os atos, sermos livres e soberanos”, disse o coronel Cesar.

“O sonho de liberdade de Tiradentes tem que continuar, e a Polícia Civil e a Polícia Militar, duas instituições muito valorosas, com muita competência lutam por estes ideais”, completou Cesar. Para ele, os policiais militares, que enfrentam situações de perigo para proteger o cidadão são os verdadeiros heróis que seguem a postura de Tiradentes.

O delegado-geral da Polícia Civil defende a integração entre as polícias. “Valores que estavam perdidos, como o patriotismo e o civismo, são resgatados em eventos como este, que une as forças policiais e a comunidade”, afirmou Michelotto. De acordo com ele, a união nos trabalhos das polícias reflete no melhor atendimento à população. “Trocamos informações para uma melhor atuação e compartilhamos dos mesmos pensamentos de avançar na melhoria área de Segurança Pública”.

REDAÇÃO – Durante a solenidade também houve a premiação dos alunos vencedores do concurso de trabalhos artísticos e redações alusivos à data. Foram homenageados Bárbara Carvalho (primeira colocada com redação), Daiana Cerqueira (segunda colocada com redação) e Gislaine de Souza Santos (terceiro lugar com trabalho artístico). As alunas receberam os prêmios (tablets doados por Grandes Orientes Brasil e Paraná) acompanhados pelo diretor da escola professor Dário Zoche.

Alunos do Colégio da Polícia Militar do Paraná, cadetes da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG) e alunos da escola Tiradentes também participaram da solenidade. Também estavam presentes autoridades civis, além de militares do Exército e Aeronáutica, oficiais da Polícia Militar, delegados da Polícia Civil, presidentes de Conselhos de Seguranças, presidentes de entidades maçônicas e população.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.