Thiago Ricieri
Carlos A. Serpeloni

CARGOS COMISSIONADOS DO PAVINATO E DO ADELINO

Muito se falou que o Prefeito Pavinato cortou em 50% o número de cargos comissionados (cargos de confiança) da Prefeitura ou melhor, a metade do que tinha na gestão passada, do ex-prefeito Adelino Margonar. Ocorre que não é bem assim. O que foi diminuído foram as possíveis vagas para nomeação e não o número de cargos nomeados. A comparação é a seguinte: Em outubro de 2008, por exemplo, existiam no PCCS (Plano de Cargos Carreira e Salários) da Prefeitura, 268 vagas e eram ocupadas 178. Hoje existem 134, mas são ocupadas 131. Portanto, atualmente, não foram cortados 50% de Cargos Comissionados nomeados em relação à gestão anterior, pois metade de 178 é 89 e hoje a Prefeitura conta com 131. Isso sem contarmos os mais 117 servidores que recebem gratificação de desempenho de função o que, para muitos, também é considerado como Cargo Comissionado. Se somarmos todos os nomeados pelo prefeito Pavinato, chegamos a 248, numero este muito maior do que o existente no passado. Resumindo: cortou-se a unha e não o dedo, né, Pinóquio?

E NA APMI …

Além desses inúmeros cargos comissionados que estão nomeados na Prefeitura, ainda existem os da APMI – Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Cambé. Dizem que lá a nomeação de parentes de secretários e políticos é uma festa. É uma verdadeira “Caixa Preta”, onde ninguém, com exceção de quem nomeia os funcionários e mais uma meia dúzia de pessoas, sabe quem lá trabalha. Vários pedidos já foram feitos por alguns vereadores para que a direção da APMI encaminhe para a Câmara a lista com os nomes desse pessoal, mas até hoje não a receberam, apesar da insistência. A desculpa que se tem dado é que a APMI é um organismo privado e que, portanto, só deve prestar contas à Prefeitura, cujo prefeito é marido da presidente da entidade. Pelo jeito, parece que essa lista tá mais escondida que cabelo de freira. Muito se prega pela administração a moralidade e a transparência, mas será que isso é transparente? Porque não esclarecer tudo e colocar essa questão em “pratos limpos”? Afinal, aquela entidade recebe mais de R$ 9 milhões por ano dos cofres públicos, dos quais, pelo que se sabe, 98% desse dinheiro é destinado para o pagamento de pessoal. O que será que há por trás disso? Com a palavra os “responsáveis”!!!

CPI DO INSTITUTO ATLÂNTICO

Nos últimos dias, uma verdadeira “fila” de pessoas, a maioria ligada à administração municipal se formou na Câmara Municipal, para prestarem esclarecimentos aos Vereadores que compõem a CPI que investiga o Instituto Atlântico, em virtude do contrato com a Prefeitura Municipal. Houve depoente que se escondeu atrás do direito de permanecer calado, e nada disse. Outros falaram e apresentaram suas versões, nem sempre convincentes, para os vereadores. As investigações continuam e em breve será apresentado o relatório final sobre esse assunto, que muita “dor de barriga” tem dado para algumas pessoas, e olha que isso está acontecendo aqui em Cambé, não é em Brasília não !!!

ENTREVERO

Após o depoimento do Secretário de Governo da Prefeitura Municipal, Luiz Cesar Lázari, à Comissão de Vereadores que investiga possíveis irregularidades no contrato entre o Instituto Atlântico e a Prefeitura Municipal, houve o início de um “entrevero” entre o referido depoente e o dono do Jornal Comunitário, do Jardim Ana Rosa, Silvio Vidotti, que tentava tirar fotos do Luiz Cesar para seu jornal. Ocorreram trocas de palavrões e insultos que, segundo quem assistiu a cena, foi até “bonito” de ver a muvuca entre os dois. Segundo Silvio, Luiz Cesar até lhe deu uma “pançada” para poder sair do corredor da Câmara, onde o incidente aconteceu. Vidotti registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia da Policia Civil da nossa Cidade. Teve gente que ficou mais brabo que fêmea de Pitbull no cio!

RODOVIÁRIA

Várias são as reclamações de usuários e freqüentadores das instalações da Rodoviária Gregório Wladeck, na Vila Brasil, quanto à sujeira, o mau cheiro e os equipamentos quebrados nos sanitários daquele local. Há também muitas reivindicações para que o horário de funcionamento do guichê de venda de passagens seja ampliado, pois lá o expediente é encerrado às 20 horas, prejudicando muitos usuários. Vale lembrar que quem administra aquele prédio é a Prefeitura Municipal. Então tá explicado o porquê que está assim!!!

OUVIDORIA

Recentemente foram inauguradas as novas instalações da Ouvidoria Municipal. Teve gente que festejou a novidade e até a colocou no rol de obras realizadas pela atual administração. Será que esse pessoal da Prefeitura não percebe que isso é ruim e que a coisa tá feia? Se há o aumento de reclamações é porque pouco está se fazendo e a comunidade está cada vez menos atendida. Só se amplia uma estrutura, um prédio ou um serviço, se a demanda aumenta. Pois é exatamente isso que vem ocorrendo. É cada vez maior o número de reclamações da comunidade quanto aos serviços públicos ou a falta deles em nossa cidade. O pior é que parece que o “ouvido” daquela ouvidoria tá surdo, pois a resolução dos problemas apresentados tem sido muito pequena diante de tantas reclamações.

DESLEIXO

Na esquina da Av. Inglaterra com a Rua Estados Unidos, nas proximidades do Hotel Solarium, está uma bagunça, em virtude da demolição de uma antiga casa lá existente. Entulhos, pedras , montes de terras e calçadas quebradas estão atrapalhando o trafego de pedestres naquele local. Ao passarem por lá as pessoas são obrigadas a entrar na rua, correndo o riso de serem atropeladas, por causa do problema. Pelo que se sabe, aquele terreno é de propriedade de um político da cidade. Que coisa, hein? E a Prefeitura, não faz nada?

FALA COMUNIDADE I

Senhor Serpeloni. A Igreja Adventista do Sétimo Dia realizou uma passeata no último dia 27 , saindo da ginásio João de Deus Almeida até o calçadão, do centro da cidade, intitulada Quebrando o Silêncio, tendo como tema central o “bullyng”. Foi um sucesso, mas poderia ser melhor se o Prefeito João Pavinato não tivesse nos negado ajuda. Não quis contribuir em nada. Ano que vem tem mais, quem sabe ele ajuda, pois será ano eleitoral. Obrigado pela atenção. Cidinha Lopes – Diretora do Ministério da Mulher

FALA COMUNIDADE II

Prezado Serpeloni. Estou indignado pelo descaso do Poder Público em nosso município. Depois de várias caminhadas até a Secretaria de Obras, sem resultado algum, fizemos um requerimento ao Prefeito (Processo 2902/2011, de 24/03/11) para asfaltar e iluminar um lado do quarteirão, de aproximadamente 100 metros, da Rua Pe. Manoel da Nóbrega, que fica apenas a 200 metros do centro do Santo Amaro (Av. Gabriel F. de Miranda x Av. José Afonso dos Santos), mas não fomos atendidos, sequer obtivemos uma resposta. Apesar de colocarmos placas de “proibido jogar lixo e entulhos”, em razão de esse trecho estar totalmente abandonado pelos Órgãos da Prefeitura, não foi o suficiente. Determinados indivíduos, não respeitam e não tem consciência de que podem disseminar focos de Dengue. Nessa Rua temos empresas, pedestres e crianças que passam para irem à escola. Quando faz sol é muita poeira, quando chove fica intransitável e o barro se espalha pelos asfaltos vizinhos. Será que a Prefeitura pouco se importa com os moradores da região do Parque Manela e São Jorge ou não sabe onde fica essa Rua? Atenciosamente. José Scheller

FALA COMUNIDADE III

Serpeloni, aqui na Rua Belo Horizonte, onde tenho um comércio, não estamos tendo condições de trabalhar devido ao enorme barulho que uma empresa de cadeados está fazendo. Eles deixam um motor ligado, com a porta aberta para a rua e não temos nem condições de conversar. A vizinhança toda está braba. Já pedimos ajuda para a Prefeitura, reclamamos na ouvidoria, mas até agora nada foi feito. Alguém tem que dar um jeito nisso. Obrigado. Tite Bernardi

PERGUNTINHAS:

Será que fazer remendo e pintar prédio público pode ser considerado como obra?

Será que vai ser preciso a Cidinha Pascueto assumir a prefeitura novamente prá que o cemitério volte a ser limpo? Muita gente acha que sim!

Fonte: http://jornalnossacidade.com.br/news/index.php?noticia=1625

30 COMENTÁRIOS

  1. o prefeito deveria chamar os aprovado do comcurso publico do ano 26/04/2010 eu sou um dos aprovado e ate hoje nada mais um dia ele vai ter que pedir voto me sinto roubado pelo prefeito por passar um domingo inteiro e ele ainda fais isso eu paguei nao foi de grasa obrigado

  2. Atenção senhores vereadores, o povo de Cambé merece respeito e sua atenção!
    Vamos todos lutar pela criação de mais uma Vara Cível aqui em Cambé.

    VARA CÍVEL URGENTE – VAMOS AJUDAR CAMBÉ A CRESCER
    VARA CÍVEL JÁ

  3. Bom dia Sr. Vereador Mario Som e Sr. Alceu, gostaria de saber se os Senhores irão continuar com nossa luta pela nova VARA CÍVEL?
    O povo de Cambé poderá contar com o seu apoio para o desenvolvimento desta Cidade querida?

    VARA CÍVEL JÁ – CAMBÉ PRECISA CRESCER – O POVO DE CAMBÉ MERECE RESPEITO

    • MEU AMIGO VC DEVE ESTA SONHANDO O NOBRE VEREADOR NAO SABE OQUE E VARA CIVEL NEM CRECHE TEM UM POSTO DE SAUDE NA PORTA DELE E ELE NAO VIU AS INFILTRAÇOIS AXA QUE VAI VER VARA MAIS FALTA POUCO PARA CAMBE SE LIVRA DESES VEREADORES MAL PREPARADO

    • Bom dia, Zé Povinho!
      Em nome do vereador Mário Som, digo que é com grande satisfação que acolhemos suas sugestões, que serão de muita utilidade para nós podermos dar o ponta pé inicial nesta luta. Pode confiar e ter certeza, amigo, que o Mário Som vai abraçar essa causa, sim.
      Conversei com ele e o mesmo afirmou que o documento já está protocolado e será apresentado na sessão da câmara no dia 19/09 (no dia 12 houve alguns contratempos e não foi possível ler o documento, porém o requerimento já está protocolado). Inclusive, se for possível de sua parte comparecer na sessão para que possamos entregar-lhe uma cópia do referido documento seria ótimo.
      Eu mesmo já estou trabalhando na confecção dos abaixo-assinados para começar a distribuir o quanto antes nos lugares e para as pessoas que você nos sugeriu.
      Após esse primeiro passo, iremos elaborar um ofício formal destinado ao Tribunal de Justiça, aliás, já está sendo elaborado juntamente com o abaixo-assinado.
      Quanto às entidades e pessoas ligadas às mesmas, (líderes religiosos, líderes comunitários, etc.) já estamos entrando em contato com todos eles, só estamos esperando finalizar o recolhimento de assinaturas para a sinalização da PR-445 e de Academias ao Ar Livre para outros bairros, e então, logo passaremos o da Vara Cível para que comecem a angariar assinaturas.
      O vereador Mário Som afirmou que vai abraçar essa causa assim como ele se empenhou na luta para a reabertura do Hospital Regional 24 Horas cujo problema também se agoniza por anos e que foi necessário a elaboração de abaixo assinado (juntamente com o empenho do vereador Conrado Scheller) com mais de 600 assinaturas e que foi enviado para Curitiba.
      Quanto à divulgação na mídia no intuito de conscientizar a população para a necessidade de assinar o documento em prol desta causa, já estou trabalhando na edição de “releases” para dois jornais locais e já está postado no blog do vereador um texto onde você mesmo pode acessar para simples conferência. O link é este: http://vereadormariosom.blogspot.com/2011/09/vereador-mario-som-pede-mais-uma-vara.html
      Não obstante, outros meios de comunicação também serão utilizados.
      Qualquer sugestão entre em contato conosco. O telefone é: 3174-1810 ou venha fazer-nos uma visita para explanarmos mais sobre esse assunto. Garanto que será bem recebido.
      Enfim, caro amigo Zé Povinho, já “engatamos a primeira marcha”! Contamos com a colaboração da comunidade, afinal, é como o Sr. mesmo disse: é para o bem do nosso povo e do progresso de nosso município.

      P.S.: Quero aproveitar o ensejo e destacar aqui outra importante luta do nobre edil no tocante à questão da jurisdição.
      Refere-se à implantação da Vara Maria da Penha no Fórum de Cambé que dará celeridade ao andamento e soluções aos processos que envolva violência contra a mulher cambeense.
      Vale a pena acessar a matéria no blog: http://vereadormariosom.blogspot.com/2011/06/conselho-municipal-da-mulher.html

    • Pois é Benê essa lei tá de rosca pra ser cumprida no município. Poderíamos abrir um espaço para discutir esse assunto que muito interessa a população. Significa qualidade no atendimento aos usuários, possibilidade de capacitação técnica fora do horário de trabalho, já que no estatuto não estão previstas as capacitações tão necessárias para atualização profissional, dentre outros benefícios já comprovados nos documentos apresentados pelo conselho da categoria.

      • oi Sany

        Parece que tá de rosca mesmo. A profissão de Assistente Social não é valorizada na prefeitura de Cambé, nem pelos próprios Assistentes Sociais mais antigos, pois perderam a noção entre teoria e prática e acabam fazendo política ao invés de garantir direitos, negligenciando seus próprios direitos. Mas tudo bem, de qualquer forma a lei será oficializada com o tempo. É uma pena não ser nesta gestão, momento em que a desmotivação profissional afeta todo o quadro de funcionários estatutários (fora os comissionados, é claro!). Se não há um bom atendimento hoje, como afirma o “Pedro”, é porque ele não sabe das péssimas condições de trabalho e da precariedade em que se encontra o serviço público.
        Manoela

        • Oi Manoela, você disse tudo!!!
          O pior é que enquanto isso o município vai perdendo excelentes profissionais para outros municípios, que estão bem avançados nas políticas públicas.
          Valeu Benê e Serpeloni, aguardarei ansiosa a próxima edição do JNC.

    • Ohhh Sany que conversa fiada heimmm pela sua lógica então todo mundo ter que trabalhar 30 horas ou vc acham que são melhores que os outros. Qualquer pessoa que saiba ler e escrever e tenha uma vivencia em comunidade é melhor doque a maioria dos assistentes socias que conheço que inclusive não pode nem chegar perto de pobre como deve ser op seu caso. Duvido que a pordução dos assistente ira aumentar como o proprio nome diz vcs são assssssiiiiiisssstentesssss. Outra coisa a poupulação ta se lixando pra isso viuuuuu.

      • Olá Pedro
        Antes de dar sua opinião sobre a profissão de Assistente Social, você precisa saber o que é a profissão. O Serviço Social é uma profissão que estuda as relações sociais e como ela se dá numa sociedade e como ela reflete num determinado município, buscando melhorar as condições de vida e de trabalho dos indivíduos, levando até eles informações necessárias quanto aos seus direitos e deveres. Portanto não somos apenas assssiissstenntess, como você disse, mas um profissional que atua nas políticas públicas e que para isso, absorve um pouco de cada profissão para entender o ser humano, o que não é o seu caso. Seu conceito sobre a profissão é baseada no senso comum (caso saiba o que é senso comum). Ah! não julgue toda categoria apenas porque conhecue 01 ou 02 profissinais que estão insatisfeito com a profissão. Nós queremos os nossos direitos, senão, como vamos garantir os direitos dos nossos usuários.
        Manoela

        • ai pegou o manual e copiou no blog meu Deussss. e a tal da sany e tão profissional que começa o assunto de forma tão vulgar quanto deve ser o trabalho dela. E o melhor é a desculpa das 30 horas ohhh tão trabalhando muitoooooo.

          • Oi Pedro, tudo bem?
            Podemos conversar de forma civilizada e sem ofensas?
            Que eu saiba, este espaço é destinado a discussões sobre assuntos pertinentes aos interesses comuns de internautas do município. Portanto, vamos manter o bom nível. Ok?

          • Sr. Pedro

            Acabou de assinar seu atestado de ignorante, ou melhor de, burrice, pois ignorante é aquele que desconhece informação, a burrice é genética.
            Manoela

  4. Engraçado o Serpeloni chamar o Luiz Cesar de pançudo. Eu me lembro muito bem da época que o Serpeloni era um PANÇUDO sei tbem que depois deixou de ser pançudo e hoje tem essa aparecencia palida diferente das demais pessoas. Sei tbem que deixou de ser pançudo porque ficou doente muito doente não sei ce hoje esta curado. Então penso que antes de falar dos outros deveria dar uma olhada denovo nos seus prontuários médicos. Talvez isso sirva de reflexão para ele o SERPELONI entender que ce ele quer criticar faça a critica mais não entra no problemas pessoais pois cada um tem a cruz que merece carregar.

  5. Serpeloni, a alguns dias solicitei junto a ouvidoria municipal que verificasse junto ao orgão competente que continuassem a sinalização que foi feita na Rua Curitiba nas proximidades da transposição da linha férrea, levando até a Travessa Carlito Carteiro, tendo em vista que esse trecho em determinados horários tem um transito de pedestres (principalmente estudantes) e automóveis muito intenso, e a sinalização para pedestres e automóveis simplesmente não existe e naquele local já presencei alguns acidentes felizmente sem gravidade, mas o trecho é muito perigoso, pois motoristas irresponsáveis usam aquele local desenvolvendo alta velocidade. Já tentei o apoio de alguns vereadores mas nada conseguimos, então gostaria de pedir sua ajuda para que se fizesse um alerta junto as autoridades competente.

  6. Ops deixa eu contribuir com assunto né já que tão ce falando no serpeloni ce fechar a Prefeitura a família dele morre de fome. Senão vejamos: A sobrinha trabalha com a mãe (fatima irmã dele). O sobrinho foi funiconário do psf endemias é aqueles institutos, A irmã é Assitente Social concursada, O cunhado é Administrativo nossa quanto parente né Serpeloni. Por que será que você reclama tanto o que vc ta querendo heimm será que é o mesmo que o Adelino vetou. A não esquece nessa conta do que já foi falado pelo colega que a irmã e emil haulky tbem tem cargo comissionado. Já deu uns 6 ou 7 nossaaaaaaaaaaaaaaa

  7. Oxente ce o serpeloni é tão contra assim os cargos comissionados porque ele não pede pra imã e pro cunhado que são cargos comissionados e neposticos para sairem ai diminui a conta hahahahaha e ai o prefeito começa a chegar perto do numeros prometidos. Esse serpeloni ce é mesmo um cara de pau ou como diria um cara de pinóquio;

  8. gostei da coluna eleborada pelo serpeloni e fiquei admirado de estar aparecendo ja tanta coisa assim mais pode esperar sabemos que tem muito mais, a senhora da igreja adventista que não teve apoio da prefeitura quero dizer que isso aconteceu para agradecer os 60 por cento de evangelicos que deram seu voto ao prefeito será que vão repetir em 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.