Prefeitura lança programa Cambé Nota Premiada que distribuirá prêmios em dinheiro

0
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

A Prefeitura de Cambé, por meio da Secretaria de Fazenda, lançou nesta sexta-feira, dia 22 de outubro, o Programa Cambé Nota Premiada, que visa regularizar a situação fiscal dos empresários e premiar a população cambeense com valores que vão de R$ 500 a R$10 mil. Os sorteios vão acontecer a cada três meses e o primeiro será em março de 2022: vão ser 13 ganhadores e os prêmios somam R$23 mil. 

Segundo Gabriel Cândido, secretário de Fazenda, a intenção do programa é fomentar a economia local e fazer com que a cidade emita mais notas fiscais eletrônicas, ao mesmo tempo em que permite que a população concorra a prêmios em dinheiro. O programa só é válido para a área da prestação de serviços, ou seja, que empresas que vendem um serviço, como dentistas, médicos, academias, cabeleireiros, mecânicos, dentre outros. O cadastro será liberado e o programa entra em vigor a partir de 1° de novembro.

Para participar do Programa Cambé Nota Premiada, o primeiro passo é fazer o cadastro no site www.cambe.pr.gov.br/fazenda informando os dados pessoais. Após isso, quando contratar algum tipo de prestação de serviço, o cambeense pode solicitar o seu CPF na nota fiscal eletrônica. “Quando você se cadastra, toda a nota fiscal de prestadores de serviços do município, que estejam aptos segundo o regulamento do programa, que você colocar o CPF vai automaticamente para o sistema e vai gerar um cupom a cada R$ 50,00, permitindo já você concorra”, explica Cândido. O programa é destinado para pessoas físicas e os sorteios vão ser realizados pela Loteria Federal.

Gabriel Cândido explica que o objetivo é criar no contribuinte o hábito de pedir notas fiscais quando utilizam algum serviço. “Um dos principais pontos é que vamos fazer com que a população opte por um serviço do município e isso impulsiona a economia local, gerando mais renda, mais empregos e mais dinheiro dentro do município”, ressalta. O secretário também pontuou a importância dos contadores e dos prestadores de serviços. “São eles que vão fazer esse projeto andar”. De acordo com ele, todo o desenvolvimento do programa foi feito pelo Departamento de Tecnologia da Informação e não gerou custos adicionais ao município.

O prefeito Conrado Scheller, que também estava presente na cerimônia, ressaltou que esse é um marco para a cidade e uma alternativa para não sacrificar os trabalhadores. “Nós vamos evitar o aumento de outros impostos da cidade, como o IPTU, e conseguir arrecadar mais, transformando isso em mais saúde, mais educação e mais obras para a nossa cidade”, pontua.

David Garcia, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Cambé (Acic), destacou a parceria harmoniosa e diplomática que a associação tem com a Prefeitura de Cambé. “Essa é a primeira vez que vemos uma ação como essa, na intenção de fomentar a nossa economia e premiar nossos cidadãos. Nós temos confiança em um governo que é destinado para todos”, destaca.

O contador José Carlos da Fonseca afirma que o programa é muito importante e que vai incentivar todos os prestadores de serviço do município a regularizarem a sua situação com a prefeitura. “Ações como essa trazem a transparência necessária que o cidadão quer, fomenta a economia local e premia a população”, pontua.

Alyson Fadel Paprotzki, no ramo contábil há mais de 27 anos, diz que o programa é um avanço para o município e que vai beneficiar a população: “além de fazer com que o empresário se organize perante as novidades que vão surgindo”. Segundo ele, o Cambé Nota Premiada é semelhante ao Nota Paraná: “eu, do ramo contábil, vejo com bons olhos. Em um futuro próximo, todas as cidades vão ter que se adequar para isso, é o que precisamos para fomentar o mercado”.

Via: Assessoria de Imprensa/PMC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.