O Projeto Segurança Social da Polícia Militar, implantado na Vila Osternack, em Curitiba, em novembro de 2008, será apresentado em Londrina, nesta terça-feira (26). A exposição será feita pela equipe de trabalho do projeto – capitão Ronaldo de Abreu, professora Margarete Maria Lemes. Está prevista a participação do coronel Antônio Aurélio Alves Chaves da Conceição, que também é secretário-chefe da Casa Militar.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Luiz Rodrigo Larson Carstens, afirma que o sucesso do projeto se deve a união da PM com a sociedade civil organizada, que apóia a corporação e está presente na comunidade. “Com cidadania as pessoas crescem, melhoram a autoestima e buscam conhecimento, além da profissionalização”.

Segundo ele, o Segurança Social transforma comunidades, que de alguma forma estejam sujeitas às influências da criminalidade, em locais fortalecidos e que se desenvolvam socialmente, independente das influências do crime.

O objetivo do projeto Segurança Social é desenvolver socialmente áreas de risco e já trouxe excelentes resultados para a Vila Osternack, escolhida para a implantação experimental do projeto na capital, por apresentar, naquela época (antes de 2008), alto índice de criminalidade.

“O desenvolvimento da região e a redução visível da criminalidade em até 90% são comprovações de que o projeto, se implantado, contribuirá para a melhoria da segurança pública também em Londrina”, disse o coronel Aurélio.

O Projeto será apresentado em Londrina e em outras regiões do estado, para que se discuta com os comandantes de unidades, autoridades locais e comunidade a possibilidade de implantação do projeto. De acordo com o coronel Aurélio, antes da implantação do projeto na Vila Osternack, o Geoprocessamento da Secretaria de Segurança Pública apontava até 14 homicídios num único fim de semana, o que tornava a região a mais violenta de Curitiba.

O avanço é grande principalmente no campo preventivo da Segurança Pública. Em 2009, logo após o lançamento do projeto, a taxa de homicídios na Vila caiu de 14 para 1 ao mês. Em 2010 foi registrado um declínio e o índice de homicídio no Osternack é de 0,67 ao mês.

A Policia Militar do Paraná propõe a construção da segurança pública fundamentada na prevenção, capacitação, interação e participação da comunidade, e as ações do projeto são monitoradas por parâmetros científicos.

Ações – o projeto Segurança Social conta com a contribuição de importantes parceiros, que se organizam em câmaras técnicas para a implantação de ações que produzem resultados nas áreas de educação, geração de renda, desenvolvimento urbano, segurança pública, segurança alimentar, saúde, religiosa e cidadania, entre outras.

Muitas atividades foram feitas e outras e outras estão previstas. A Vila Osternack tem projetos como Escolas de Música para jovens, cursos profissionalizantes de Corte e Costura, Produção de Alimentos e informática (da Secretaria de Estado do Trabalho), distribuição de alimento quente (tem como parceiros Companhia da Vida, Pastoral da Criança e Associação 23 de Agosto).

A Copel e a Sanepar também estão iniciando ações na Vila, que conta com outras atividades como Feira de Higiene, Feira de Saúde, trabalho de inserção para idosos, Grupo de jovens da Igreja católica (jogos, reflexão, dança) e Escolinha de futebol (Associação Madre Tereza). Também são parceiros a Faceap, o Sebrae, Sesc/Sesi/Senac, clubes de serviço como o Rotary Club, Massonaria, Associações Espíritas, de moradores, a Ceasa/PR e o Mesa Brasil (alimentos), Teatro Guaíra, Banco do Brasil (projeto social), UFPR (geração de renda), Correios e o Provopar Ação Social, além de outras universidades, igrejas e outros segmentos da sociedade civil organizada.

Serviço

Projeto “Segurança Social” da PM em Londrina

Data: 27 de Julho de 2010

Hora: 15 horas

Local: Associação do Comercial e Industrial de Londrina – Rua Minas Gerais, 297, 1° Andar – Edifício Palácio do Comércio, Centro, Londrina.

Informações: Assessoria de Imprensa PMPR – 41 3304 4721

________________________________________________________________
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.