Rapaz é preso por agredir funcionária de posto de saúde do Jardim Novo Bandeirantes em Cambé, dois tabletes e um pé de maconha são apreendidos

O agressor já possui registros policiais quando menor por usuário de drogas, equiparação ao tráfico de entorpecentes e porte de arma de fogo.

1
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

Um rapaz de 24 anos, foi preso nesta segunda-feira (19/08), na Rua Barão do Cerro Azul no Jardim Novo Bandeirantes em Cambé acusado de agressão.

De acordo com as informações, Alexandre Tobias dos Santos foi até a Unidade Básica de Saúde do Jardim Novo Bandeirantes para uma consulta médica. Ao realizar os procedimentos no sistema do SUS, foi solicitado ao rapaz o seu cartão do posto de saúde e o mesmo informou que não estava em posse do referido cartão. Então, a funcionária pediu o documento de identificação, quando Alexandre acabou arremessando o monitor em direção ao rosto da atendente, atingindo a sua face.

O agressor evadiu-se da unidade e na sequência foi acionado a Polícia Militar. A equipe da Rádio-Patrulha dos Soldados Valéria e Paulo Cesar deslocaram até o local para realizar a confecção do boletim de ocorrência.

Os Policiais Civis de Cambé, após receberem informações, dirigiram-se até a residência de Alexandre, onde ele foi abordado e durante as buscas, foi localizado em sua casa, um pé de maconha e dois tabletes da mesma droga.

O agressor já possui registros policiais quando menor por usuário de drogas, equiparação ao tráfico de entorpecentes e porte de arma de fogo.

Diante dos fatos, foi dados a voz de prisão ao rapaz e encaminhado juntamente com o material apreendido à Central de Flagrantes da Delegacia de Polícia de Cambé para os procedimentos adequados.

1 COMENTÁRIO

  1. Não sou a favor da violência, mas quando se depara a esses tipos de elementos noiados. Os atendentes ficam desprotegidos.
    Parabéns ao enfermeiro de Londrina, que sentiu os colegas ameaçados.
    E aqueles que defendem esses tipos de elementos, que os levem para casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.