Fotos do momento da compra dos medicamentos em uma farmácia do centro de Cambé

Um caso revoltante ocorreu na UPA de Cambé na tarde deste domingo (19), uma criança de 12 anos compareceu na unidade para fazer uma consulta com o pediatra com sintomas de diarreia e vômito, no local devido a falta do pediatra o atendimento foi realizado por um clinico geral, o que é normal e não afeta a qualidade do antedimento.

O fato inusitado ocorreu quando o pai do menino foi até a farmácia do UPA para pegar os remédios receitados pelo médico, e mesmo com a receita do UPA e o catão do SUS em mãos, foi informado que somente seria possível entregar os remédios com o numero do prontuario fornecidos pelo Posto de Saúde, e que deveria ir até uma unidade de saúde na segunda-feira, ai sim com o numero em mãos, voltar até ao UPA para retirar o remédio.

Que a saúde de Cambé já anda um caos sabemos a muito tempo, agora os governantes criarem dificuldades para que a população retire remédios mesmo com a receita do UPA e cartão do SUS em mãos é um descaso com a saúde de quem precisa, como deixar de medicar uma criança de 12 anos que esta com diarreia e vômito?

Os remédios foram comprados em uma farmácia de Cambé, mas deixamos aqui uma pergunta: Seria justo deixar a criança sem medicamentos se os familiares não tivessem condições de comprar?

Em contato com o vice-prefeito o mesmo informou que trabalhará a informação internamente

 

10 COMENTÁRIOS

  1. Concordo que a realidade do atendimento do UPA não é satisfatória. Mas, a exigência do cartão do posto se faz necessário por uma questão. Infelizmente alguns usuários pegavam remédios no UPA e com a mesma receita pegavam remédios no posto. Com o número do cartão isso fica impossível de se fazer, pois fica registrando a retirada dos medicamentos. Não quero generalizar a todos. Se a população fosse honesta isso não aconteceria.

    • Mas a criança estava com o cartão do SUS e a receita emitida pelo próprio UPA, você não acha que o bom senso deve prevalecer?
      Ou deixar uma criança sem o remédio por mais de 24h não agravaria seu quadro de saúde?

  2. É realmente uma vergonha, mas eu também estou tendo problemas com a saúde em Cambe. Tenho pólipos no estômago e no intestino e já fazem mais ou menos 03anos que aguardo um agendamento para realizar uma colonoscopia sendo que o médico me disse que eu teria que fazer pra tirar pólipos todo ano . Também estou com um nódulo no pescoço e também aguardo uma avaliação com endócrino para fazer exames e uma provável punção mas até agora nenhuma resposta do setor de agendamento. Quando procuro saber como está o agendamento só me dizem que não tem previsão, acho que esperam a pessoa morrer pra depois dizer que foi agendado mas que infelizmente não deu tempo de fazer. Ou esperam que vire alguma coisa pior pra encaminhar pro ICL e se livrar do problema”.

  3. E o prefeito faz o que?
    Ele não está nem ai afinal tem plano de saúde! Não precisa enfrentar fila em hospital público fica lá o dia todo e ainda ir embora sem atendimento que já aconteceu comigo que levei meu filho passando mal voltamos embora sem atendimento.

  4. Toda vez que vai entrar pra atendimento nesse upa tem q levar cartao sus identidade e cartao do posto e fazer uma ficha enorme toda vez todas msm . Palhacada e so nesse upa q e assim . Porcaria de regra municipal q inventaram ate pra pegar o remedio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.