A discussão envolvendo o Sindicato dos Servidores Municipais de Cambé (Sindserv) e o prefeito da cidade, José do Carmo Garcia (PTB), sobre a reposição salarial da categoria, que se arrasta desde o início do ano, vai ganhar novos capítulos. Durante assembleia realizada na noite da última quarta-feira (12), os funcionários decidiram aguardar uma posição da administração municipal e deliberar sobre o tema em uma nova reunião, agendada para o próximo dia 19.

De acordo com o presidente do Sindserv de Cambé, Carlos Mello, a expectativa é conseguir a reposição de até 4,75%. O secretário de Planejamento do município, Conrado Scheller, garantiu que o repasse será feito somente em setembro. Ele, através da assessoria de imprensa, informou que “este é o único período em que a prefeitura poderá conceder o benefício por conta das dificuldades no caixa”.

O secretário reconheceu que o limite de gastos com pessoal na receita corrente líquida, hoje em 54%, está acima do permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Para afrouxar o aperto finaneiro, Scheller disse que “cargos comissionados já foram cortados, assim como alguns contratos” e ainda de que “não haverá perda salarial para ninguém”.

Além da reposição, o Sindserv pleiteou o retroativo ao mês de março. No entanto, o secretário de Planejamento afirmou que a medida só será concedida “se a receita do munícípio aumentar”. Atualmente, Cambé possui cerca de três mil servidores

Fonte: Portal Bonde

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

3 Comentários

  1. Vergonha,Conrado na administração passada ficou do lado dos professores, agora ele faz uma palhaçada dessa, políticos são todos iguais mesmo

  2. Cada um tem o prefeito q merece,e mais se ninguém fizer nada vai piorar, o Zé do Carmo não gosta do servidor publico,só pode ser isto….o salario minimo já aumentou ,ou seja tudo subiu de preço,logo em setembro tudo já terá subido novamente..e este sindicato è uma vergonha.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.