O Programa de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Cambé teve que estender por mais dias o serviço de coleta de materiais que podem acumular água.O mutirão que faz parte das ações de combate ao mosquito transmissor da dengue foi realizado em cerca de 60 bairros das regiões central, do Cambé 2, do Ana Rosa e Guarani. O serviço estava programado para sábado, dia 29 de outubro, mas nesta segunda-feira, dia 31 de outubro, os caminhões das secretarias municipais envolvidas na campanha ainda faziam a coleta devido a grande quantidade de materiais.
No final da tarde, o Programa de Endemias apurou que foram coletados de sábado até o início da semana 38 caminhões de materiais que podem acumular água. Segundo a coordenadora Célia Koyama, o número é apenas dos veículos que coletaram materiais como pratos de vasos descartados, sacos plásticos, garrafas, latas e até pneus. Ela avalia que outros cinco caminhões tiveram que atender os bairros incluídos no mutirão na coleta de outros tipos de materiais.
Etapa anterior realizada uma semana antes em cerca de 30 bairros das regiões do Novo Bandeirantes, São Paulo, Silvino e Santo Amaro coletou 32 caminhões de objetos que podem acumular água, incluindo vasos de plantas descartados, pratinhos de vasos, plásticos e até pneus. Outras ações no trabalho de combate a dengue estão programadas para este mês de novembro. Durante o feriado de Finados a Secretaria de Saúde estará com equipes no Cemitério Municipal Pe. Symphoriano Kopf para orientar os visitantes sobre os procedimentos corretos no local. O objetivo é não recomendar o uso de flores e vasos que possam acumular água.
No dia 12 de novembro, das 9 às 12 horas, será realizada uma blitz educativa em parceria com a Polícia Militar na Avenida Gabriel Freceiro de Miranda, no Jardim Santo Amaro, com orientação e distribuição de material informativo sobre a prevenção a dengue. A blitz educativa será realizada também na região central, no dia 19 de novembro. Será nas proximidades do Colégio Estadual Olavo Bilac, das 9 às 12 horas.
Também funcionará no Calçadão da Avenida Brasil um estande com o atedimento da equipe de educação da Secretaria de Saúde. “Este estande complementa o trabalho que é feito diariamente pela equipe em escolas, empresas e entidades, com informações e orientações de como combater a dengue”, informa a coordenadora do Programa de Endemias.
Ainda em novembro a saúde participa do Dia D de combate a dengue na Escola Municipal Hilda Soares, junto com a instalação do Programa Prefeitura em Ação que será realizado no dia 26. No período de 21 a 25 de novembro, será realizado no município o levantamento de índice de infestação do mosquito transmissor, o Lira’s.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.