Em reunião na noite de quarta-feira (19) o Sindicato dos Servidores Públicos de Cambé (Sindserv)  aprovou, por unanimidade, em rejeitar a proposta enviada pela prefeitura de reposição salarial em 4,75%. Ficou definido que, a categoria vai aguardar até setembro, única data em que o município poderá fazer o repasse. Os funcionários aprovaram o ESTADO DE GREVE e criaram uma comissão para discutir o assunto com o Executivo.

Segundo o presidente do Sindserv de Cambé, Carlos Mello, o receio é não receber o retroativo a março. O benefício só será concedido “se as contas municipais melhorarem”. O grupo formado pelos servidores pretende negociar o aumento da reposição com a prefeitura. “Enquanto isso, vamos fazer o trabalho de formiguinha, orientando a comunidade sobre as nossas reivindicações e permanecer firme na luta por melhorias”, afirmou o sindicalista.

Os servidores de Cambé também aprovaram a participação na paralisação nacional do dia 28 de abril. Diversas centrais sindicais vão protestar contra as reformas elaborados pelo governo de Michel Temer e que tramitam no Congresso Nacional.

(Com informações do Portal Bonde)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.