A ocorrência foi registrada na tarde de quinta-feira (9), na Travessa Siqueira Campos, Jardim Bancários.

O confronto aconteceu dentro de uma casa. Os marginais reagiram na chegada dos policiais do Choque e morreram durante o confronto.

A dupla estava armada com pistolas. Um deles estava com uma ponto 40 roubada da Polícia Civil. Dois coletes balísticos foram encontrados na residência.

Um dos marginais já foi identificado. Trata-se de Paulo César Sales Candido, 27. O segundo indivíduo ainda está sem identificação.

De acordo com denúncias anônimas, havia um carro suspeito estacionado no local. Na chegada da equipe, um Audi Sedan de cor preta fugiu dos policiais. Outros dois veículos foram encontrados estacionados na rua, um Gol com alerta de roubo e uma Hilux sem alerta.

Dentro do Gol foram encontrados uma espingarda calibre 12 carregada, três malotes dos correios de Andirá, mais dois coletes balísticos.

Na Hilux, para a surpresa dos policiais, havia uma grande quantidade de explosivos na carroceria. Dentro da camionete os policiais encontraram uma metralhadora, uma espingarda calibre 12, detonadores, fitas de amarração e cartuchos de emulsão.

As chaves dos dois veículos foram localizadas na casa onde houve o confronto com os indivíduos.

O esquadrão anti-bombas de Curitiba foi acionado para remover os artefatos com segurança e o local foi isolado.

Durante a noite um homem foi preso por um equipe do Choque Motos ao informar nome o falso. Hugo Aparecido da Silva foi detido no Jardim Aragarça. A suspeita é que ele faça parte do grupo criminoso.

Durante a operação foram apreendidos os seguintes materiais: 398 munições de calibre 9mm, 193 de calibre 12, 10 de calibre .40, 80 munições de calibre 556, duas espingarda calibre 12, uma metralhadora 9mm, 1 pistola Jericho 9mm, 1 pistola Taurus Calibre .40 da Polícia Civil proveniente de furto/roubo e quatro coletes balísticos roubados de empresas de vigilância que prestam serviços em bancos.

Acredita-se que esses marginais façam parte da organização criminosa que explodiu agências bancárias em Andirá na última terça-feira (7) e seja especializada em explosões de bancos e caixas eletrônicos, a mesma que vem agindo em várias cidades do Paraná.

O trabalho policial continua com o objetivo de desarticular totalmente esse grupo criminoso.

Por: Guilheeme Spanguemberg e
1º Ten. Emerson Castro

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.