A equipe de testes North American Eagle utilizou os estudos experimentais de seu mentor, Steven Crowley, para enfrentar o desafio de construir uma rede Wi-Fi para um carro que originalmente é orientado para quebrar a barreira da velocidade do som.
O carro que eles projetaram pode alcançar a velocidade máxima de 1287 Km/h, e pode quebrar o atual recorde mundial de velocidade de um veículo terrestre, de 1228 Km/h, estabelecido em 1997 por Andy Green. A North American Eagle, porém, quer ir um passo além e marcar seu nome da história.
Para registrar a nova marca, a equipe vai utilizar drives em estado sólido da Intel integrados em equipamentos de um antigo jato Lockhead F-104. No veículo, sensores serão instalados para coletar dados diversos do registro do recorde, e do comportamento do carro durante o trajeto. Mas o grande desafio é a inclusão de equipamentos Wi-Fi no nariz do modelo, com o objetivo de transmitir as informações dos sensores para torres instaladas na base de controle durante o teste.
São cinco roteadores Tropos 7320 instalados em torres de 8 metros de altura, e um roteador móvel Tropos 4130 instalado no cone do nariz do veículo. Vídeo e dados operacionais serão enviados para a base de operações. A transmissão de dados estimada para o projeto é de 2400-2483 MHz (para dados) e 5725-5850 MHz (para vídeos), e a potência do transmissor será de 30 watts.
Transmitir um sinal de Wi-Fi a uma velocidade tão alta tem se mostrado uma tarefa complicada. Até agora, eles conseguiram realizar a façanha em apenas metade da velocidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.