TRABALHADORES EM COOPERATIVAS PODEM ENTRAR EM GREVE NO PARANÁ

No próximo domingo (24/07) os trabalhadores em cooperativa no Estado do Paraná realizam assembleia geral da categoria para definir os rumos da campanha salarial 2022

0

Semana decisiva para as cooperativas da base de representação da Fenatracoop – federação Nacional dos Trabalhadores Celetistas nas Cooperativas no Brasil e dos sindicatos Sintracoop – Sindicato dos Trabalhadores em Cooperativas Agrícolas, Agropecuárias e Agroindustriais no Estado do Paraná e Sintrascoopa – Sindicato dos Trabalhadores em Cooperativas Agrícolas, Agropecuárias e Agroindustriais de Palotina e região no estado. A data-base da categoria é no mês de junho e desde março as entidades sindicais vem trabalhando para firmar Convenção Coletiva de Trabalho com o sindicato patronal, a Ocepar – Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná. Porém, a entidade patronal vem adiando as negociações e após muita pressão dos trabalhadores ofereceu uma proposta de reajuste muito aquém das expectativas dos trabalhadores. “Em um período em que a inflação oficial chegou a quase 12%, a OCEPAR não traz para os trabalhadores nenhuma proposta de reajuste . Nunca as cooperativas estiveram tão bem, lucrando ano a ano, mas não querem dividir os louros com quem realmente movimenta a cooperativas, que são os trabalhadores. Se até domingo, a proposta não for melhorada provavelmente os trabalhadores optarão pela greve”, afirmou o presidente Mauri Viana Pereira.

Nesta semana, os dirigentes sindicais estão rodando as cooperativas da base e convocando os trabalhadores a participarem da assembleia e exercerem seu direito de discutir, analisar e votar pela aprovação ou não da Convenção Coletiva de Trabalho. “Estamos nessas negociações há 30 anos e todos os anos é a mesma coisa, não querem oferecer nada aos trabalhadores e sabemos que eles podem. Nossos trabalhadores confiam no sindicato e são muito ativos com relação a atuação sindical, por isso aguardamos mais de 10 mil trabalhadores na nossa assembleia de domingo e democraticamente decidirão os rumos da nossa negociação”, explicou Mauri.

As cooperativas que já firmaram Acordo Coletivo de Trabalho com o sindicato não entrarão no indicativo de greve, caso ele seja aprovado. Apenas as cooperativas que decidirem por aguardar as negociações com a Ocepar serão paralisadas. “Caso aprovado o indicativo de greve temos 72 horas para iniciar o movimento. Pediremos aos trabalhadores que fiquem em casa e não venham para os portões da cooperativa pois estarão fechados. Os trabalhadores em cooperativas merecem respeito, o que o sindicato patronal não vem fazendo, mas nunca deixamos de lutar e não será agora que iremos”, encerrou o presidente.

A assembleia acontecerá no próximo domingo a partir de 09 da manhã de forma virtual, e a votação de forma digital para os trabalhadores cadastrados no site www.assembleia.fenatracoop.com.br , no dia da assembleia é necessário acessar o mesmo link, onde o trabalhador poderá ingressar através de login e senha disponibilizados no dia do cadastro. Somente os trabalhadores cadastrados terão direito a voto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Eu Aceito a Política de Privacidade

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.