Trilhas de ciclismo são opções de lazer em Cambé para quem não vai viajar neste fim de ano

0

O mês de dezembro é sempre o escolhido por quem quer viajar, principalmente para quem vai curtir as praias do litoral, seja porque é o mês em que o verão de fato começa ou porque é o mês das festas de Natal e Ano Novo. Para a maioria das pessoas, o que não foi resolvido até novembro fica para o próximo ano, porque dezembro tem cheiro e sabor de férias. Mas está enganado quem pensa que não há opções de lazer para quem vai ficar na cidade: é possível curtir um fim de semana com a família, juntando esporte e cultura.

A cidade de Cambé conta com diversas trilhas para quem curte pedalar e aproveitar o que a natureza tem a oferecer. Hoje nós separamos duas opções: uma para quem já é praticante do esporte e outra para quem quer apenas relaxar e passar um tempo com a família.

Bratislava
A região do Bratislava, em Cambé, é majoritariamente rural e é formada por várias chácaras e áreas de lazer para locação, além de um espaço para a prática de golfe e restaurantes rurais. Para quem quer fazer um passeio com a família, seja de bicicleta ou de carro, esse é o lugar ideal.

O ponto de partida escolhido foi o Parque Histórico Municipal Danziger Hof, o marco zero da colonização da cidade. O município de Cambé recebeu muitos imigrantes vindos de uma cidade alemã chamada Danzig, que se estabeleceram em um hotel que nomearam de Danziger Hof, local onde hoje fica o parque. O espaço conta com casas dos pioneiros alemães, trilhas e um lago e funciona de segunda a sexta-feira das 8h30 às 17h.

Após uma curta pedalada, é possível almoçar em um restaurante com pratos típicos da culinária caipira. Para quem quiser outra opção, mais à frente há um bar e restaurante temático, com estilo rural e também com opções de comida caipira.

Após uma farta refeição, a trilha continua por uma rua que imita um túnel de árvores, sendo um cenário perfeito para fotos. O passeio também passa por diversas chácaras de lazer, uma oportunidade de conhecer espaços para futuras locações.

O último destino desse roteiro é a Igreja do Bratislava, fundada por volta da década de 1940 e um dos principais pontos de referência na região do Bratislava, que ainda preserva a história dos colonizadores e que foi uma das ferramentas utilizadas para aproximar os imigrantes da cultura local.

A trilha não conta com subidas íngremes e seus 25 quilômetros podem ser percorridos em um dia, tanto de carro como de bicicleta e a pé, para os mais aventureiros.

Caramuru
O Patrimônio Caramuru é outra região rural e fica na divisa entre Cambé e Rolândia. A região já é conhecida pelos ciclistas e a cada final de semana, entre sábado e domingo, mais de mil pessoas passam pelas estradas, que são majoritariamente de terra.

A pedalada inicial do percurso é a igreja do Caramuru, que fica na parte de Rolândia da região. A igreja foi fundada há anos e fica próxima de um centro comunitário e das ruínas de uma antiga escolinha, que foi tombada como patrimônio histórico, ambos na parte cambeense.

O trajeto passa por um bar muito famoso entre os ciclistas, que param para se hidratar ou comer algum doce típico dos bares antigos. Após o lanche, o roteiro passa por um campo de futebol e por uma casa temática, que tem uma fachada colorida e é um cenário divertido para fotos.

Quem faz a trilha do Caramuru também pode aproveitar para conhecer dois locais que contam a história da região: o Patrimônio Lorena, formado por uma comunidade de imigrantes japoneses; e o Saltinho, que conta com um campo de futebol, um bar e uma igreja mais moderna.

O fim do percurso é o marco das quatro fronteiras, uma encruzilhada que divide as cidades de Cambé, Londrina, Rolândia e Arapongas. A região conta com uma placa de identificação, e as estradas levam a qualquer uma dessas cidades.

Como o percurso é mais longo que o anterior – cerca de 50 quilômetros -, a trilha é destinada para os ciclistas mais experientes. O trajeto também possui alguns trechos mais íngremes, que podem desafiar até quem já tem prática no esporte. O percurso pode ser feito de carro e bicicleta e completado em um único dia.

Por isso, você aí que não vai viajar, não se sinta desanimado, a sua cidade pode ser mais divertida e ter mais coisas do que você imagina. Dê uma chance para conhecer a história da sua cidade e pratique uma atividade física.

Fotos: Zé Luís Rodrigues/Prefeitura de Cambé

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.