O presidente da Associação Brasileira de Televisão Universitária, Cláudio Márcio Magalhães, afirmou hoje, em audiência da Comissão de Educação e Cultura, que a principal reivindicação das emissoras de universidades é a aprovação de leis que assegurem transmissão em sinal aberto.

“Se antes nós tínhamos um problema técnico, de não ter espaço para todas as emissoras de televisão, acreditamos que, hoje, com a tecnologia da TV digital, há esse espaço. E a universidade tem muito o que dizer. Por muito tempo, ela foi taxada de uma torre de marfim, que não se comunicava com a comunidade. O que a gente percebe hoje é que não são dados os canais para que essa universidade possa se comunicar.”

Alternativa de informação
Deputados e representantes das TVs universitárias ressaltaram a importância desses veículos de comunicação como alternativa de informação e entretenimento às emissoras comerciais e como mecanismo para popularizar o conhecimento acadêmico.

Para o deputado Pedro Wilson (PT-GO), integrante da comissão de Educação, essas TVs são uma forma de compartilhar com a comunidade o que é desenvolvido nas salas das universidades. A televisão universitária, segundo ele, pode ser o canal mais importante para fazer com que o conhecimento produzido pela universidade seja “apropriado pela comunidade”.

Parlamentares e representantes das emissoras lembraram que há hoje 150 canais universitários distribuídos por quase todos os estados. O número é sete vezes maior que o registrado em 1995, quando havia apenas 20 TVs universitárias no Brasil.

Novas audiências
Durante a audiência, Cláudio Márcio Magalhães e representantes do Ministério da Cultura, da Associação Brasileira de Universidades Comunitárias e do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras se dispuseram a formar uma comissão para organizar uma nova audiência pública.

Por sugestão do deputado Pedro Wilson, essa comissão deve se reunir novamente até março de 2011 com integrantes das comissões de Educação e Cultura; e de Ciência e Tecnologia para discutir a organização de uma conferência de TVs universitárias.

Da Redação/PCS

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.