A necrópsia no corpo da cantora inglesa Amy Winehouse não será realizada antes da manhã desta segunda-feira (25), informou a polícia de Londres. Segundo a imprensa britânica, o funeral deve ser realizado na terça, assim que a perícia for concluída.

Neste domingo (24), os tabloides ingleses publicaram relatos de que Amy teria comprado grandes quantidades de drogas, incluindo cocaína e ecstasy, às vésperas de sua morte. A polícia, no entanto, avaliou que as especulações sobre as circunstâncias do óbito são “inadequadas”.

O “Daily Mail” traz uma entrevista com a mãe da cantora, Janis, que disse acreditar que a morte da filha era “apenas uma questão de tempo” quando a encontrou, um dia antes de ela morrer.

O superintendente Raj Kohli disse no sábado estar “ciente das informações que sugerem que sua morte é consequência de uma overdose de droga, mas quero destacar que a autópsia ainda não foi realizada e que é impróprio especular sobre a causa do falecimento.”

Policiais carregam corpo de Amy (Foto: AFP)A confirmação sobre a morte de Winehouse foi feita na manhã de sábado [horário de Brasília] por um porta-voz da Polícia Metropolitana.

“A polícia foi chamada pelo serviço de emergência de Londres para o endereço na Camden Square pouco depois das 16h05 de hoje [horário local], sábado, 23 de julho, seguindo relatos de que uma mulher foi achada desacordada”, dizia a primeira nota divulgada pela polícia de Londres.

Segundo o texto, a cantora, de 27 anos, foi declarada morta ainda no local. As investigações, também segundo a nota, estariam em “estágio inicial” e a morte estaria “sendo tratada como não esclarecida.”

O site especializado em celebridades TMZ divulgou que o pai da cantora, que estava em Nova York, estaria retornando a Londres.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.