Inflação para a terceira idade diminui no segundo trimestre

0

Os idosos gastaram menos com a cesta de compras no segundo trimestre do ano, na comparação com os três primeiros meses. O Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i) subiu 0,92% no período, mas ficou bem abaixo dos 2,72% registrados no primeiro trimestre de 2010, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Com o resultado, o índice – que mede a inflação para as pessoas com 60 anos ou mais – acumula em 12 meses alta de 5,10%, superior à taxa de 4,93% observada no período anterior.

De acordo com a FGV, o resultado dos grupos alimentação (de 5,80% para 0,01%), transportes (de 3,87% para –0,62%) e despesas diversas (de 1,88% para 1,12%) teve forte influência para o recuo do IPC-3i em abril, maio e junho deste ano. Os itens que mais se destacaram foram hortaliças e legumes, tarifa de ônibus urbano e mensalidade para TV por assinatura, respectivamente.

Em alta aparecem os grupos saúde e cuidados pessoais (de 0,96% para 2,12%), pressionado pelo reajuste dos preços dos remédios; vestuário (de –0,77% para 3,58%), em função da entrada da coleção outono-inverno; e habitação (de 1,11% para 1,38%), por conta do reajuste das tarifas de energia elétrica residencial.

Edição: Juliana Andrade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Eu Aceito a Política de Privacidade

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.