Os índices de umidade relativa do ar estão alarmantes em várias regiões do Paraná nesta quarta-feira (25). Em  Cambé,  os índices chegaram a ficar abaixo dos 20%.
O ideal, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) seria entre 30% e 60%, abaixo ou acima a qualidade do ar pode começar a causar problemas respiratórios.
Dentre os principais sintomas causados pela baixa umidade estão a tosse seca, cansaço, ardor nos olhos, nariz e garganta e ainda falta de ar e respiração ofegante.

Segue abaixo algumas recomendações para um maior conforto.

– Tome bastante líquido, de preferência água, para hidratar o corpo;
– Mantenha a higiene doméstica, evitando o acúmulo de poeira, que desencadeia diversos problemas alérgicos;
– Durma em local arejado e umedecido. Pode-se utilizar umidificadores de ar, toalhas molhadas ou reservatórios com água nos quartos;
– Planeje as atividades físicas para o período da manhã (até as 10h) ou para o fim da tarde (depois das 17h);
– Proteja-se da exposição ao sol no período das 10h às 17 horas;
– Use roupas leves, principalmente quando a temperatura estiver acima de 28°C;
– Evite banhos com água muito quente, que provocam ressecamento da pele;
– Use soro fisiológico para olhos e narinas, em caso de irritação;
– Evite exposição prolongada a ambientes com ar condicionado;
– Pacientes com antecedentes de doenças alérgicas respiratórias, como bronquite e rinite, costumam ter crises com a baixa umidade do ar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.