Alugar um carro é uma das melhores opções pra quem quer contar com mobilidade fora da sua cidade ou até mesmo para fazer uma viagem com mais liberdade. Mas, mesmo que a prática seja comum e usada por muita gente, algumas pessoas ainda têm dúvidas sobre o que é mito ou verdade na hora de alugar um carro.

Pois bem, no artigo de hoje, vamos falar junto com a Localiza Rent a Car das dúvidas mais comuns para deixar você bem informado e saber exatamente o que lhe espera na hora de alugar um veículo. De fato, muitas vezes, deixamos de contar com esse serviço pelo fato de ter algumas incertezas sobre as obrigações e processos relacionados, hora de esclarecer os principais pontos.

Mitos e Verdades na hora de alugar um carro

#01 Tenho que pagar todos os custos se o carro for roubado

Não necessariamente funciona dessa forma. De fato, a maioria das locadoras oferece a possibilidade de contratar um seguro específico para casos de furto. Entre a cobertura disponível, também podem ser incluídos os acidentes ou danos. Assim, o contratante do serviço precisaria pagar unicamente a franquia do seguro, e nada mais.

Por isso, na hora de alugar, fique atento às opções. Sair com o carro se a cobertura apropriada pode sair mais barato, mas abre espaço para um prejuízo muito, mas muito maior. Mesmo assim, com seguro ou não, para qualquer inconveniente sempre vale a pena fazer um boletim de ocorrência e entrar imediatamente em contato com a locadora.

#02 Alugar um carro é muito caro

Se pararmos para pensar nos gastos relacionados a ter um veículo próprio, essa afirmação perde toda a força. Manutenção, seguro, gasolina, garagem, IPVA e etc já configuram um montante de contas que pesam no bolso de qualquer pessoa. Quando alugamos um carro, só pagamos a diária, os seguros e a gasolina.

Além disso, é um custo que você pode escolher quando quer ter, e só gasta quando for necessário ou mais conveniente. Seja para usar na cidade ou para deslocamentos mais longos, como no caso de viagens, ainda dá pra diluir os custos com mais pessoas. Coloque no papel e você vai ver como vale a pena.

#03 A burocracia é complicada

Aproveitando o gancho do ponto anterior, burocracia é ter um veículo próprio. Naturalmente, há alguns processos e trâmites envolvidos no aluguel de carros, como o contrato de locação e apresentação de documentos solicitados, mesmo assim, é muito mais simples do que se comenta e grande parte do processo pode ser feito on-line, do conforto do seu lar.

Somente nos casos nos quais menores de 21 queiram alugar, há algumas considerações extras, mas não chegam a conformar novos trâmites. Ou seja, é preciso ter uma carteira definitiva de dois anos, e nada mais. Isso acontece porque a maioria das infrações são cometidas pela faixa etária que vai dos 18 aos 21 anos.

#04 O carro entregue é sempre o mesmo escolhido

Neste caso, o que as locadoras fazem é criar categorias de carros, com modelos similares, com qualidades equivalente e dimensões parecidas. Ou seja, se você escolheu um Volkswagen Move Up, pode ser que a locadora lhe ofereça um Fiat Mobi Drive um Chevrolet Jade Spark, como para dar um exemplo concreto.

Quando não exista nenhum automóvel pelo valor da sua reserva, não é raro encontrar casos nos quais a locadora oferece um modelo ligeiramente acima da categoria escolhida para que você possa contar com um veículo e não ter que recorrer à outra empresa na hora de alugar um automóvel.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.