Abrigo Padre Manoel Coelho oferece capacitação profissional
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 11th outubro 2016
larFazendo jus aos nomes, o Lar Santo Antônio e o Abrigo Padre Manoel Coelho de Souza, que tem como diretora a Irmã Jardini e Equipe ,continuam possibilitando proteção e inserção social a crianças e adultos que precisam de acolhimento.
O Lar Santo Antônio, criado há 58 anos, permanece com seu trabalho e atende menores carentes do sexo feminino, que tenham entre 0 a 18 anos, a fim de dar apoio e assistência em todas as dimensões de suas vidas, encaminhando-as a formar uma família e ter uma profissão, segundo sua diretoria.
E este também é a meta de trabalho da Irmã Jardini para os adultos que chegam ao Abrigo Padre Manoel Coelho de Souza e que tem na instituição o único local de parada e proteção. Segundo a direção do abrigo, há muito tempo Jardini nutria o desejo de possibilitar uma formação profissional para que os adultos que demonstrarem vontade em aprender, pudessem retornar ao mercado de trabalho, “meu sonho era criar uma fábrica de vassouras e rodos com materiais recicláveis, mas as máquinas para a fabricação desses produtos são caras demais, então pesquisei, fui atrás e com a sugestão de um ex abrigado, adquiri duas máquinas que ajudam na arte da marcenaria”, conta orgulhosa a Irmã Jardini, esse ex abrigado é o Léder , que com seu talento e criatividade recebeu uma proposta para trabalhar em uma organização não governamental em Santa Catarina e foi ensinar marcenaria nesse novo endereço. Mas mesmo com a ida de Léder, o abrigo não ficou sem um marceneiro, já que o pupilo de Léder, Gilmar Aparecido de Souza, aprendeu as técnicas e agora, passa os dias confeccionando peças de escritório, objetos decorativos, entre outros produtos com madeira de reaproveitamento. “Eu observei, pedi para o Léder me ensinar e aprendi a mexer com a madeira. Tomei muito gosto, fico muito feliz em ver o resultado de meu trabalho e mais feliz ainda em passar esse conhecimento a outras pessoas que quiserem aprender”, contou o hoje marceneiro Gilmar . Quem também fica orgulhoso de suas peças, é o tapeceiro Aderval de Lima. Ele, que vive no abrigo há algum tempo, encontrou na confecção e reforma de sofás e cadeiras um bom passatempo e uma forma de resgatar a auto estima, “é precioso poder trabalhar, usar meus dons para algo que vai proporcionar alegria as outras pessoas. Gosto de ver as pessoas gostando do que reformei, dá para deixar as peças ainda mais bonitas e vistosas do que eram originalmente.”
De acordo com Irmã Jardini, as peças confeccionadas em madeira começaram a ser vendidas para lojas de Cambé e Londrina e podem ser encomendadas pelo telefone. E as reformas de cadeiras, estofados e sofás também podem ser solicitadas pelo fone 3254-8746.
Confira algumas peças de marcenaria e estofados pelo facebook do Lar Santo Antônio: //www.facebook.com/larsantoantoniocambe.
Compartilhe nossa Matéria