O Paraná tem 19 atletas entre os 259 que representarão o Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres, que começam nesta semana. Eles disputarão medalhas em 14 modalidades esportivas, individuais e coletivas. Muitos, porém, treinam e vivem fora do Estado.

O secretário do Esporte, Evandro Rogério Roman, disse que o Paraná sempre revelou bons atletas, mas lamentou que o Estado nunca tenha investido para manter os talentos aqui. “Mas estamos trabalhando para mudar este quadro”, destaca ele.

Desde o ano passado, o governo estadual trabalha para estimular a formação e o aperfeiçoamento de atletas por meio do programa Talento Olímpico Paranaense – TOP 2016. Voltado para as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, o programa investirá este ano R$ 7,3 milhões para ofertar mil bolsas para atletas e técnicos de 27 modalidades olímpicas e 10 paraolímpicas do Estado.

“Temos hoje uma proposta de esporte de rendimento para o Estado, mas que começa no esporte escolar, passa pela fase juvenil até chegar no adulto. O programa vislumbra 2016, mas tem atletas beneficiados já disputando as Olimpíadas em Londres. Aos paranaenses que estarão nas olimpíadas, fica a nossa torcida e o desejo de bons resultados”, disse Roman.

ATLETAS – Os bolsistas do TOP 2016 estarão representados em Londres por Athos Schwantes, esgrimista curitibano nascido em 1985. Outros dois paranaenses disputarão medalhas no atletismo: Guilherme Cobbo, que é natural de Uraí, e compete no salto em altura; e a velocista Vanda Ferreira Gomes, nascida em Matelândia, que faz parte do quarteto brasileiro na prova de 4×100 metros.

A equipe brasileira de basquetebol feminino, que sonha reviver os bons tempos de Hortência e Paula, tem duas paranaenses: Franciele Aparecida do Nascimento, de Jacarezinho, e Nádia Gomes Colhado, nascida em Marialva.

Da pequena cidade de Tupãssi vem Gregorly Panizo, que vai disputar a prova de ciclismo de estrada. No futebol de campo, são quatro atletas paranaenses. No feminino, Andreia Suntaque, de Nova Cantu, e Renata Aparecida da Costa, que nasceu em Assai. No futebol masculino, Alexandre Rodrigues da Silva, o Alexandre Pato, natural de Pato Branco, e Leandro Damião da Silva dos Santos, de Jardim Alegre.

A ginástica artística paranaense também terá uma representante. A selecionada é a curitibana Ethiene Franco.

No handebol, o Paraná estará representado por Mayara Fier de Moura, de Arapongas. Na natação, o curitibano Henrique Rodrigues disputa a prova dos 200 metros medley (quatro estilos).

Medalha de bronze em Pequim em 2008, a londrinense Natália Falavigna participa novamente de uma Olimpíada em busca de uma medalha no taekwondo, na categoria de atletas com mais de 67 quilos.

A vela – que está iniciando um grande projeto no Paraná com o Esporte Formador – terá o curitibano Bruno Fontes competindo na classe laser standard.

A seleção brasileira de voleibol masculino tem dois paranaenses: o londrinense Gilberto Amaury de Godoy Filho (Giba), que disputa sua quarta olimpíada e tenta ganhar a terceira medalha; e Sérgio Dutra dos Santos, de Diamante do Norte. O voleibol feminino também tem uma paranaense na seleção: Natália Zilio Pereira, que nasceu em Ponta Grossa.

Por fim, o curitibano Emanuel Fernando Scheffer Rego vai para a sua quinta olimpíada e, em dupla com Alisson, busca a terceira medalha no vôlei de praia. Emanuel ganhou ouro em Atenas e bronze em Pequim.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.