Denarc apreende mais de seis toneladas de droga avaliada em R$ 5 milhões em caminhão tanque

622

Cerca de 6,1 toneladas de maconha, localizada no fundo falso de um caminhão tanque de piche, foram apreendidas, na manhã de quinta-feira (09/11), pela Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc). O caminhão foi abordado na Avenida Amambai, próximo ao trevo de acesso a BR-165, na cidade de Navirai, Estado do Mato Grosso do Sul (MS). A droga está avaliada em R$ 5 milhões.

Três pessoas, de idades entre 32 e 57 anos, envolvidas no transporte do entorpecente foram presas em flagrante. O caminhão com a droga e carro que fazia o papel de “batedor” foram apreendidos.

O trabalho é resultado de seis meses de investigações realizadas pela Denarc. Embora o caminhão apreendido continha um adesivo como prestador de serviço a empresa Romanelli (fabricante de maquinario na região de Cambé), o caminhão não pertence a empresa e também não há indicativo que preste serviço a mesma.

O caminhão tanque foi apreendido primeiro resultando na prisão do condutor do veículo, um homem, de 32 anos. Ao ser questionado sobre a carga ilícita, o motorista disse à policia que receberia o valor de R$ 5 mil pelo transporte da droga.

Outros dois homens, de 40 e 57 anos, que estavam em um Fiat/Uno utilizado como batedor do caminhão foram presos em flagrante. Os suspeitos retornam para saber o que teria acontecido com o caminhão, momento em que foram surpreendidos pela polícia.

De acordo com investigações, a quadrilha comercializava grande parte da droga nos Estados do Paraná e Mato Grosso do Sul, distribuindo os entorpecentes também para os Estados de São Paulo (SP) e Goiás (GO). Investigações apuraram que o entorpecente saiu da cidade de Itaquirai/MS, fronteira com o Paraguai, com destino a GO.

“Tivemos o conhecimento que integrantes deste bando fariam um grande transporte de drogas para MS. Seguimos diligências até o estado vizinho e acabamos obtendo sucesso na apreensão da maconha, bem como na prisão dos três suspeitos”, comenta o delegado-titular da Denarc de Maringá, Gustavo de Pinho Alves.

Os dois veículos apreendidos serão periciados. O trio responderá pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Todos permanecem à disposição do Poder Judiciário.

A ação policial contou com o apoio da Polícia Civil de Navirai (MS), além de policiais militares de Itaqueriai (MS).

As investigações seguem para identificar e prender outras pessoas envolvidas na associação criminosa. “A união entre as polícias é de grande importância, pois nos fortalece no combate a criminalidade”, concluí.



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *