Manchete dos Jornais desta quinta-feira, 29 de outubro de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 29th outubro 2015

Algemados pelo impeachment
Com autorização do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), um grupo de manifestantes se algemou a uma pilastra do Congresso para pressionar pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Os “acorrrentados” se dizem em greve de fome….
Receita pede quebra de sigilo de ex-chefe de gabinete de Lula
Os investigadores da Operação Zelotes pediram à Justiça a quebra dos sigilos fiscal e bancário de Gilberto Carvalho, ex-chefe de gabinete de Lula e ex-ministro da presidente Dilma Rousseff, e de três filhos dele, Gabriel, Myriam e Samuel Carvalho. A Receita Federal, que atua nas investigações com a PF e o MP, quer também a quebra de sigilo do restaurante Sanfelice, de dois filhos do ex-ministro. Ao todo, foram pedidos dados de 28 pessoas físicas e 21 empresas.


O Globo

Manchete : Aliados de Cunha ameaçam seus opositores no Conselho
Presidente da Câmara usou tempo limite para retardar processo contra ele
Paulinho da Força pediu informações contra Chico Alencar, e Júlio Delgado foi instado a abandonar Conselho de Ética, que recebeu ontem a acusação.
Julgamento só deve ser concluído no ano que vem
Aliados do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, estão intimidando deputados que pediram o seu afastamento ou atuarão no processo contra ele no Conselho de Ética. Um grupo reúne dados que possam constranger opositores. Na terça-feira, Paulinho da Força pediu informações à Diretoria da Câmara sobre investigação, já arquivada, contra Chico Alencar, revela JÚNIA GAMA. Júlio Delgado disse ter sido interpelado por colegas, que sugeriram a ele que deixasse a vaga no Conselho de Ética. Cunha chamou as acusações de maldade. Ontem, o processo de cassação chegou ao Conselho, depois de o deputado usar o tempo limite para retardar o seu início. A conclusão deve ficar para o ano que vem. (Pág. 3)

Projeto de repatriação é rasgado e adiado
Foi retirado da pauta na Câmara projeto do ajuste fiscal do governo que, em meio às investigações da Lava-Jato, foi alterado por deputados para anistiar quem fizer caixa dois ou cometer crime de associação criminosa, permitindo que se possa repatriar dinheiro não declarado. A oposição rasgou o projeto no plenário. (Pág. 8)

Miriam Leitão – Câmara quer lavanderia em época de Lava-Jato (Pág. 22)

Evangélicos e feministas pedem a saída do deputado
Evangélicos divulgaram manifesto assinado por pastores pedindo a renúncia do presidente da Câmara, Eduardo Cunha. No Rio, feministas aderiram ao “Fora Cunha”. A oposição ameaça boicotá-lo caso não abra processo de impeachment contra a presidente Dilma em duas semanas (Pág. 4)

‘É tolice dizer que não é verdade’
Perito no sistema bancário suíço, o sociólogo Jean Ziegler diz que não há como Cunha alegar inocência e dizer que as contas naquele país não são suas (Pág. 4)

Sem-teto e grupo anti-Dilma brigam
Ativistas pró-impeachment e sem teto trocaram agressões em frente ao Congresso. Na Câmara, um grupo se algemou exigindo abertura de ação contra Dilma (Pág. 7)

Dengue já matou 19 no Rio este ano
Dezenove pessoas já morreram no Estado do Rio este ano vítimas da dengue. Em todo o ano passado, foram dez mortes. Até este mês, houve 56.568 casos suspeitos, nove vezes mais que em 2014. Os números preocupam às vésperas de um verão com previsão de falta de água e luz mais cara. (Pág. 10)

Planos terão de ampliar cobertura
A Agência Nacional de Saúde (ANS) incluiu 21 novos tratamentos e remédios na lista de cobertura obrigatória pelos planos de saúde. As novas regras valerão a partir de 2 de janeiro (Pág. 22)

‘Pedaladas’ fiscais – Governo negocia R$ 30 bi do BNDES
O governo está fechando com o BNDES a antecipação do pagamento de R$ 30 bilhões referentes a empréstimos federais ao banco nos últimos anos. Os recursos poderão quitar as “pedaladas” (Pág. 23)

Marin aceita extradição
Ex-presidente da CBF vai ser levado da Suíça para os EUA e tenta prisão domiciliar (Pág. 33)


O Estado de S. Paulo

Manchete : PT enquadra bancada e pede que Cunha não seja ‘prejulgado’
Votos no Conselho de Ética deverão seguir orientação da cúpula, apesar de correntes do partido defenderem cassação
No momento em que a ameaça de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff volta a ganhar força, a cúpula do PT vai enquadrar os deputados do partido no Conselho de Ética, recomendando que não haja “prejulgamento” do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), suspeito de manter contas na Suíça com dinheiro desviado da Petrobrás. A posição será referendada hoje pelo Diretório Nacional, em reunião na qual o ex-presidente Lula cobrará reação contra o que chama de “ação orquestrada” para destruir o partido e o governo. O PT vai deixar claro que a palavra final sobre como proceder com Cunha será da direção. Lula já havia afirmado que o presidente da Câmara tem direito a ampla defesa das acusações. No auge do distanciamento da relação entre Dilma e Lula e sob a pior crise de seus 35 anos, o PT também tentará adotar discurso de unidade em várias frentes, amenizando até mesmo as críticas ao ministro Joaquim Levy (Fazenda). Embora algumas correntes queiram que a sigla defenda desde já a cassação de Cunha, a estratégia combinada com o Planalto é a de ganhar tempo. (Política / Pág. A4)

Mudança do rito
Eduardo Cunha sugeriu a deputados de oposição que pode revogar sua decisão sobre o rito para eventual processo de impeachment de Dilma Rousseff antes de avaliação final do STF. Ele havia dito que até 15 de novembro divulgaria decisão. (Pág. A4)

Receita pede quebra de sigilo de ex-chefe de gabinete de Lula
Os investigadores da Operação Zelotes pediram à Justiça a quebra dos sigilos fiscal e bancário de Gilberto Carvalho, ex-chefe de gabinete de Lula e ex-ministro da presidente Dilma Rousseff, e de três filhos dele, Gabriel, Myriam e Samuel Carvalho. A Receita Federal, que atua nas investigações com a PF e o MP, quer também a quebra de sigilo do restaurante Sanfelice, de dois filhos do ex-ministro. Ao todo, foram pedidos dados de 28 pessoas físicas e 21 empresas. (Política/ Pág. A6)

BNDES dificulta liberações para projetos de logística
O BNDES está dificultando a liberação de R$ 15 bilhões a R$ 17 bilhões dos financiamentos de longo prazo de empresas ou consórcios que arremataram concessões da primeira fase do pacote de investimentos do governo Dilma Rousseff, anunciado em 2012. A postura de cautela do banco, alvo de CPI, pode comprometer o sucesso da nova etapa do Programa de Investimento em Logística (PIL). (Economia / Pág. B1)

Fed indica que pode elevar juros em dezembro
O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) decidiu manter inalterada a taxa de juros nos EUA, mas surpreendeu ao divulgar que analisa a possibilidade de elevar juros em dezembro, se mostra menos preocupado com o cenário externo e vê melhoras importantes na economia interna. Para analistas, a possibilidade de juros subirem aumentou. (Economia / PÁG. B9)

Armar população é ‘escândalo’, diz FHC
Ex-presidente criticou votação em que comissão especial da Câmara revogou o Estatuto do Desarmamento. Ele espera que deputados derrubem texto no plenário. (Metrópole / PÁG. A27)

Escolas fechadas têm bom indicador
Escola Miss Browne, na Pompeia, zona oeste, será desativada em 2016 na reestruturação da rede estadual de ensino promovida pelo governo Alckmin (PSDB). Das 94 escolas que vão ser fechadas, 30 tiveram desempenho superior à média do Estado no Idesp, principal indicador de qualidade da educação paulista. (Metrópole / Pág. A24)
Cai número de locais que realizam aborto legal (Metrópole/Pág. A25)

Marin será extraditado para os EUA
Preso em Zurique há cinco meses, o ex-presidente da CBF José Maria Marin cedeu a aceitou ser extraditado para os EUA para simplificar o processo e “mudar de ambiente”. Marin, de 83 anos, pagará fiança de cerca de R$ 40 milhões. Ele pretende permanecer em prisão domiciliar em Nova York. (Esportes/Pág. A28)

Maduro acusa Obama por desestabilização
O presidente Nicolás Maduro voltou a acusar o governo Barack Obama e a oposição venezuelana de formar aliança para tentar desestabilizar o país (Internacional/Pág. A16)

Eugênio Bucci
‘Esses lixeiros da Imprensa’ – O que empreiteiros e militantes de um bolchevismo que nunca existiu têm em comum? Eles detestam o jornalismo (Espaço Aberto/Pág. A2)

Notas&Informações
Um governo perdido – Ao desastre econômico do primeiro mandato, Dilma Rousseff conseguiu adicionar o fiasco de 2015 (Pág. A3)

É tudo jogo de cena – Parecer sobre impeachment pode ser bem fundamentado, mas é apenas encomenda de Eduardo Cunha (Pág. A3)


Gazeta do Povo

GOVERNO ESTADUAL
Manchete:Corte de 63% na verba do “bolsa família” de Richa atingirá 81 mil famílias
A Lei Orçamentária de 2016 proposta pelo governo prevê uma redução de R$ 25,6 milhões nos sete programas de assistência social geridos pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, na comparação com 2015. O maior corte ocorrerá justamente na principal “vitrine” do governo de Beto Richa (PSDB): o programa Família Paranaense – uma espécie de Bolsa Família estadual – perderá 63% dos recursos e deixará de atender cerca de 81 mil famílias. O aperto contraria promessas do tucano durante a campanha eleitoral, que pregava prioridade para a área social . A oposição anunciou que apresentará emenda para garantir os recursos do Família Paranaense.

MANIFESTAÇÃO
Algemados pelo impeachment
Com autorização do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), um grupo de manifestantes se algemou a uma pilastra do Congresso para pressionar pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Os “acorrrentados” se dizem em greve de fome.

MANOBRAS
Cunha atua para barrar cassação de seu mandato
O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), atua em duas frentes para se manter no cargo. Em uma, age para protelar ao máximo a tramitação do processo de cassação. Em outra, monta a defesa para rebater as acusações de seu envolvimento no petrolão.

LEGISLATIVO
Mudança para porte de armas avança na Câmara
Propostas que flexibilizam o Estatuto do Desarmamento e facilitam o porte de armas foi aprovado ontem por uma comissão especial da Câmara dos Deputados. Para especialistas, o Estatuto contribuiu para frear a quantidade de homicídios cometidos com arma de fogo.

PRÊMIO
Bem Feito no PR destaca 8 casos de superação
Os ganhadores do prêmio Bem Feito no Paraná 2015 foram conhecidos ontem, durante evento na Universidade Positivo, em Curitiba. As empresas premiadas demonstraram que é possível obter bons resultados apesar do ambiente hostil para os negócios.


Zero Hora

Manchete : As manobras de Cunha
Para retardar processos de cassação e manter-se no cargo, presidente da Câmara usa artifícios regimentais e políticos. O mandato do parlamentar está sendo questionado no Conselho Ética e na Corregedoria da Casa (Notícias | 10 e 29)

Marin faz acordo para cumprir pena nos EUA (Esporte | 40 e 41)

ANS amplia lista de coberturas
Teste rápido para dengue está entre 21 novos procedimentos que valerão a partir de janeiro. (Sua Vida | 33)

O que pode mudar no porte de armas
Comissão especial da Câmara aprovou texto que afrouxa regras sobre armas de fogo (Sua Vida | 32)

R$ 139 milhões sob suspeita
Investigação da Polícia Civil na dona de termelétricas no RS aponta indícios de associação criminosa entre funcionários públicos e empresas. (Notícias | 6 e 7)

Prefeituras pagam a conta do transporte escolar
Estudo da Famurs revela que atraso em repasses do Piratini causou prejuízo de R$ 80 milhões em 2014 (Notícias | 20)


Folha de S. Paulo

Manchete : Política econômica atual é um equívoco, diz PMDB
Em documento, partido declara que o PT pratica “luta política fratricida”
O programa de governo que o PMDB apresentará no encontro da fundação da sigla, em 17 de novembro, culpa a “equivocada” política econômica de Dilma Rousseff por “todos os problemas atuais”, informa Paulo Gama, do Painel. O documento também faz o mais duro ataque recente ao PT. O texto ao qual a Folha teve acesso é uma versão preliminar e ampliada, portanto sujeita a alterações, da peça que começa a ser discutida entre dirigentes da sigla nesta quinta-feira (29). Aponta também “erro de estratégia” da oposição, que faz “enfrentamento político no campo do governo”. “É preciso que o PMDB passe a trilhar caminhos próprios, apartando-se, com elegância, do PT”, diz, classificando petistas de fratricidas. Integrante do governo desde o primeiro mandato de Lula, o PMDB reconhece no documento não ter “bandeira, discurso e identidade exclusivamente próprios”. Por isso, diz, tira “pouco proveito” deter o maior número de vereadores, deputados estaduais, prefeitos, governadores e senadores. O texto passou pelas mãos dos principais caciques peemedebistas e teve a participação de economistas ligados ao partido, como Delfim Netto. (Poder a4)

Caçula de Lula mora de graça em bairro nobre de São Paulo
Empresário do marketing esportivo com contratos milionários, Luis Cláudio da Silva, filho de Lula, mora sem pagar aluguel em apartamento de 158m² nos Jardins (bairro nobre de SP), relatam Bela Megale e Graciliano Rocha. O imóvel pertence a familiares do advogado Roberto Teixeira, amigo do ex-presidente. (Poder a6)

EUA mantêm juros, mas dão sinais de alta em dezembro
O Federal Reserve (banco central dos EUA) adiou mais uma vez a elevação da taxa básica de juros, que está em seu menor patamar histórico, entre zero e 0,25% ao ano, desde a crise de 2008. O órgão, porém, deu sinais claros de que o aumento pode ocorrer em sua próxima reunião, em dezembro. O anúncio fez o dólar comercial reagir com alta no Brasil, fechando em R$ 3,922 (0,66%) na venda. (Mercado a17)

Foto-legenda : Multidão
Mulheres protestam diante da Câmara Municipal do Rio contra Eduardo Cunha e projeto que dificulta o aborto legal; Comitê de Ética da Câmara dos Deputados recebeu pedido de cassação do presidente da Casa, que já arma defesa (Poder a5)

Entrevista Marcelo Castro – O que está ruim na Saúde hoje vai piorar ainda mais
O ministro da Saúde, Marcelo Castro, disse em entrevista a Natália Cancian que repasses a ações como o Farmácia Popular devem atrasar em 2015 por falta de verba. “O que hoje está ruim vai piorar.” Segundo ele, a pasta deve ter em 2016 deficit de ao menos R$ 7, 5 bilhões. (Saúde b5)

Ex-chefe da CBF vai ser extraditado da Suíça para os EUA (Esporte B6)

Câmara de SP, sob pressão, ‘blinda’ áreas residenciais
Após pressão de moradores, vereadores de São Paulo devem “blindar” redutos residenciais que, pelos planos da gestão Haddad (PT), dividiriam espaço com comércio e grandes prédios. Ao menos três regiões conseguiram reverter a mudança na proposta de zoneamento que tramita na Câmara. (Cotidiano b3)

Rui Falcão
Lula, 70, resiste a sórdida campanha da elite e da mídia
Aos 70, Lula é o maior líder do país e resiste à mais sórdida campanha que elites e imprensa já desencadearam contra um brasileiro, visando desarticular o campo popular e democrático. (Opinião a3)

Editoriais
Leia “Retrocesso armado”, acerca de projeto que revoga o Estatuto do Desarmamento, e “Confusão escolar”, sobre mudanças na rede pública paulista (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, 29 de Outubro de 2015

 

Compartilhe nossa Matéria